Vitamina D: qual sua relação com o ganho de peso?

A vitamina D traz diversos benefícios ao organismo, como melhora no sistema imunológico, mas a falta dela pode ocasionar alguns fatores nada agradáveis

Todas as vitaminas são importantes para a manutenção da saúde de forma geral.

Algumas delas possuem efeitos específicos para quem treina.

Principalmente, para atletas e praticantes de atividades físicas, e a vitamina D é uma dessas vitaminas!

Diversos estudos já mostraram seus efeitos positivos para quem treina. A deficiência da vitamina pode, por exemplo, prejudicar a força e a performance física.

E, novas evidências têm sugerido uma relação entre a carência da vitamina com a obesidade e gordura abdominal.

Que evidências são estas? Você descobrirá agora.

Saca só:

Vitamina D: qual sua relação com o ganho de peso?

cintura, vitamina dcintura, vitamina dcintura, vitamina d

Vitamina D x gordura abdominal

Um estudo realizado neste ano, mostrou que níveis elevados de gordura abdominal estão associados a níveis mais baixos de vitamina D.

O estudo ainda analisou e comparou a deficiência da vitamina em relação à algumas gorduras.

Foram elas: a quantidade de gordura total e a abdominal, separadamente, e em relação ao gênero.

Alguns influenciados foram ajustados, como doença crônica, ingestão de álcool e níveis de atividade física, fizeram as seguintes análises:

As quantidades de gordura corporal total e abdominal estavam associadas a níveis mais baixos de vitamina D em mulheres, e com maior impacto para a gordura abdominal.

Já nos homens, níveis mais baixos foram associados, principalmente, à gordura abdominal e à gordura do fígado.

Dessa forma, pode-se perceber que em todos os casos há uma relação entre os níveis baixos de vitamina D com uma maior quantidade de gordura abdominal (na barriga).

O estudo indica ainda que pessoas acima do peso e com circunferência da cintura aumentada maiores devem controlar os níveis de vitamina D.

Para evitar doenças relacionadas ao excesso de peso e outros problemas relacionados a carência da vitamina.

Como saúde óssea prejudicada, queda da imunidade, doenças cardiovasculares, etc.

Lembre-se: não é uma certeza absoluta

Porém, mais estudos devem ser elaborados para concluir a relação da deficiência de vitamina D e o excesso de peso.

Uma vez que ainda não se sabe ao certo se a falta de vitamina D está predispondo os indivíduos a armazenar mais gordura ou se o aumento dos níveis de gordura está diminuindo os níveis de vitamina D.

Mesmo sem essa comprovação, pesquisadores sugerem um possível papel da vitamina D no armazenamento de gordura abdominal.

Portanto, o acompanhamento dos níveis de vitamina D são essenciais para uma boa saúde, principalmente, de quem treina.

Além disso, pode ajudar a prevenir o acúmulo de gordura corporal.

Deficiência 

sol, vitamina d

A deficiência da vitamina D é bem comum, devido à baixa exposição solar, já que os raios UVB são responsáveis pela síntese desta vitamina.

A exposição solar diária por 15 minutos, em média, pode prevenir a deficiência da vitamina.

Alguns fatores também influenciam os níveis de vitamina D no sangue, como a hora do dia em que há exposição ao sol, estação do ano, uso ou não de proteção solar, idade, entre outros.

Mas, isso não quer dizer que não deve utilizar protetor solar. Você pode utilizar horários e regiões do corpo estratégia para aumentar a síntese da vitamina.

Além disso, consumir alimentos ricos na vitamina D, pode ajudar na prevenção da deficiência.

Alimentos que possuem a vitamina

Após ler todo o texto, se você resolveu se conscientizar, agora é a hora de descobrir quais são os alimentos fontes desta vitamina.

Afinal, ninguém quer sofrer deficiência de vitamina alguma, não é mesmo?

Peixes como a sardinha, o salmão, óleo de fígado de bacalhau, ostras e frutos do mar são boas opções.

Agora, se você não é muito fã de alimentos que vem do mar, pode optar por leites, gema de ovos, cogumelos, etc.

E para complementar toda esta alimentação, diversos suplementos alimentares possuem a vitamina D em sua composição, como o Zeus Extreme.

 

LEIA MAIS: 6 métodos para combater dores musculares sem precisar ir à farmácia
LEIA MAIS: 5 dicas essenciais para te ajudar a cortar o açúcar

Comentários