remada invertida

5 variações para deixar a remada invertida ainda mais desafiadora

A remada invertida é um exercício incrível, e pode ficar ainda mais completa e desafiadora com alguns ajustes fáceis e simples.

Quando se fala em exercícios de peso corporal que todo mundo deveria fazer, os únicos citados, em geral, são as flexões e puxadas na barra fixa. Só que existe um outro exercício que deveria estar em todos os treinos: a remada invertida.

Você provavelmente conhece a remada curvada, certo? Aquela em que você dobra o tronco sobre uma barra posicionada no solo e a puxa em direção ao peito. É um ótimo exercício, mas se mal executado tem um altíssimo risco de lesão.

A remada invertida é a solução para este problema. Como você usa o seu peso corporal como carga, não existe o estresse excessivo nas costas e nem o risco de lesões. 

remada invertida

 

Trata-se de um exercício completo, que trabalha vários grandes grupos musculares, como costas, bíceps, trapézio e todos os músculos estabilizadores no meio do caminho.

Se você já faz flexões e supino, é importante fazer o mesmo trabalho para as costas, para manter o equilíbrio físico e evitar lesões. Para completar, ainda é um exercício que vai mudar sua capacidade de fazer barras – pra melhor, claro.

Só que tem muita gente que acha que a remada invertida é um exercício fácil e pouco desafiador. E é esse problema que vamos resolver aqui, com algumas variações que vão deixar a remada invertida muito mais difícil e pesada. Se liga:

5 variações para deixar a remada invertida ainda mais desafiadora

1- Calcanhares na bola suíça

remada invertida - bola suíça

A instabilidade proporcionada pela bola vai fazer com que seus músculos do abdômen, das costas e do antebraço tenham trabalho redobrado.

2- Com uma perna só

remada invertida - uma perna só

Fazer a remada invertida com apenas um dos pés apoiado no chão também é uma forma de trabalhar o core intensamente e fortalecer a pegada – principalmente se você fizer cada repetição com velocidade controlada.

3- Isometria

remada invertida isométrica

Fazer uma remada invertida isométrica – ou seja, ficar parado na posição da remada invertida – é um teste da pesada para o antebraço e para o bíceps, e uma ótima forma de fortalecer e aumentar a resistência desses músculos.

4- Com apenas uma mão

remada invertida com uma mão

Essa é uma boa forma de testar a sua estabilidade e a força dos seus braços. A ideia é fazer quantas repetições você conseguir usando apenas uma mão, e então trocar as mãos, sem intervalo.

5- Pegada mista

remada invertida pegada mista

É uma forma de variar a ativação nos músculos do braço e testar a força da pegada. Para valer a pena, você precisa fazer duas séries, cada uma com a mão numa posição.

LEIA MAIS: 3 passos para sair do zero e chegar a 25 repetições na barra fixa 
LEIA MAIS: 7 formas de deixar a flexão muito mais desafiadora e eficiente

Comentários