Hoda

Um treino ‘full body’ para quem gosta de pegar pesado na academia

Aprenda o treino ‘full body’ de Hoda Hajirnia e tente ficar em pé quando terminar, pois não não é mole não e é preciso muita disposição.

Separe o seu Minotauro, porque você vai precisar de muita energia e disposição para esse treino, hein.

Ele é feito pela bodybuilder Hoda Hajirnia, famosa pelo reality show Real Estate Wars, que já teve distúrbios alimentares.

A história dela é mais ou menos parecida com a de Sophia Ellis, que venceu a bulimia e anorexia para se tornar uma powerlifter.

A doença surgiu após passar por alguns problemas familiares. Ela chegou a pesar 39 kg, quando tinha em torno de 17 anos.

Hoje, ela tenta inspirar as pessoas para que não passem pelos problemas que ela passou e encontrem nos esportes, o caminho para a paz de espírito.

E nada melhor para se inspirar, do que fazer o treino que ela mesma faz. Trata-se de um treino full body, ou seja, trabalha o corpo todo.

Exercícios insanos que não são para qualquer um, é preciso tomar cuidado na hora de executá-los.

Peça ajuda para um especialista em caso de dúvida. Evite lesões!

Aprenda o treino de Hoda Hajirnia e conheça mais sobre sua vida.

Se liga:

Um treino ‘full body’ para quem gosta de pegar pesado na academia

O Treino

1. Agachamento Livre

Séries: 5 / Repetições: 5

Como já foi falado diversas vezes aqui no blog sobre o agachamento, para não ficar repetitivo, não será necessário explicar o exercício.

Entretanto, lembre-se de agachar com a coluna ereta, tome muito cuidado com a lombar.

E aproveite para ver as dicas que o Laercio tem para dar quando você for executar o agachamento livre.

2. Levantamento Terra

Séries: 4 / Repetições: 8

Ah, o levantamento terra, um dos exercícios mais insanos que alguém pode fazer. E se é insano, é pra quem é Feito de Iridium!

Não tenha medo em executá-lo, tenha cautela. Do contrário, você pode se lesionar gravemente, e ninguém quer isso.

3. Elevação de Quadril com Barra

Séries: 4 / Repetições: 12

Para realizar a elevação de quadril com barra, você precisará de um banco e, óbvio, uma barra.

Deite na altura do peitoral no banco, deixando os quadris ‘soltos’. Forme uma espécie de ponte, flexionando os joelhos.

Coloque a barra em cima do seu quadril. Afunde o quadril e erga-o até seu formar uma ponte.

Use o máximo de peso que der para fazer 12 repetições.

4. Supino Reto na barra

Séries: 5 / Repetições: 5

Outro exercício muito comum nas academias, que não precisa de muita explicação.

Desça a barra até encostar no peito. Cuidado para não forçar os ombros. Lembre-se: você quer trabalhar o peitoral.

Atente-se para as dicas do Laercio sobre erros perigosos que as pessoas cometem no supino.

5. Arnold Press

Séries: 4 / Repetições: 10

Finalmente um exercício que use halteres e não barra!

É mais comum que as pessoas façam o Arnold Press sentadas, mas dá para fazer em pé. E a única diferença é isso mesmo.

O movimento é o mesmo. Comece com os halteres na altura dos ombros, numa pegada supinada. Com os cotovelos flexionados.

Então, estenda os braços num movimento como se estivesse fazendo desenvolvimento. Estenda os braços até que os halteres se encostem.

6. Remada Cavalinho na Barra

Séries: 4 / Repetições: 12

 

Para realizar a remada, primeiro você precisará ter um suporte no chão para que possa encostar a barra.

Além disso, será necessário um triângulo para que você possa fazer a puxada, se não não tem como fazer este exercício.

Com todas as ferramentas necessárias, agora é hora de executar. Incline sua coluna, mantendo-a ereta.

Coloque um peso considerável para que você realize o exercício sem prejudicar o movimento.

Agora puxe a barra trazendo-a em direção à sua barriga.

*Obs: descanse 45 segundos entre cada série.

Um pouco sobre Hoda Hajirnia

 

Bom, como foi dito lá em cima, Hoda começou a sofrer de distúrbios alimentares após passar por problemas familiares.

É que sua mãe estava doente, e seu irmão mais velho estava na faculdade, e a irmã mais nova era recém-nascida.

Ou seja, ela se sentiu na responsabilidade de cuidar da família, e isso acabou a consumindo.

Ela começou a se controlar para comer e acabou virando anoréxica. Ela tentava esconder, mas todos percebiam.

Foi então que piorou. Ela acabou se tornando bulímica. Ela enganava os pais, comendo, mas depois vomitava.

“Eu fazia meus pais felizes, mas por dentro eu estava chorando, me sentia repugnante”, disse em entrevista.

Tudo mudou em 2012, quando já estava formada em jornalismo, com um namorado novo e tratando-se com médicos especialistas.

Desde então, ela tenta inspirar e ajudar outras pessoas por meio das mídias tradicionais e sociais.

“Eu finalmente sinto que estou onde deveria estar, que sou quem deveria me tornar”, completa.

Portanto, todos têm uma oportunidade de recomeçar, de dar um novo sentido à vida. Dar a volta por cima.

A musculação pode ser o começo de tudo. Bora treinar!

Comentários