lebron james nba

[VÍDEO] Os treinos físicos dos craques da NBA: LeBron, Curry e Durant

Para chegar na NBA, um jogador de basquete tem que trabalhar muito, e não só dentro da quadra. Veja o treino físicos de três estrelas do esporte

A NBA – liga norte-americana de basquete – reúne os melhores jogadores do mundo. Mas, além da questão técnica, você já reparou como os atletas da liga são fisicamente superiores aos de qualquer outro país? Não é pouco que esses caras trabalham para chegar a um nível tão alto, não!

A temporada 2015-2016 da NBA está chegando ao fim, com uma disputa entre Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors – os atuais campeões – na disputa pelo caneco. E, depois de quase 8 meses jogando dia sim, dia não, dá para imaginar como um bom condicionamento físico é importante.

E, além do preparo para aguentar a maratona de jogos, ainda tem a força e explosões necessários para cada jogo – LeBron James, por exemplo, que usa muito o corpo, é um exemplo disso.

Jogadores como ele precisam ter muita explosão – para arrancar num drible, por exemplo -, agilidade – para fazer uma finta ou pegar uma bola na lateral -, controle de movimento – para poder efetuar um arremesso mesmo sendo tocado e desequilibrado – e, claro, força para aguentar o jogo de corpo. Acredite: o basquete é um esporte muito mais físico do que, por exemplo, o futebol.

Para matar a curiosidade sobre como esses atletas se preparam, separamos alguns vídeos que mostram treinos específicos das maiores estrelas da NBA: LeBron, do Cavaliers, Curry, do Warriors, e Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder, que acabou eliminado nas finais de conferência – as semifinais gerais da temporada.

Não são os treinos físicos completos, que eles realizam com todos os outros jogadores dos seus times, mas trabalhos individuais específicos, que mostram uma parte das atividades físicas que eles precisam fazer quando não estão em quadra – ou descansando. Confira!

[VÍDEO] Oos treinos físicos dos craques da NBA: LeBron, Curry e Durant

Lebron James e Kevin Durant

Dá para notar que, apesar de importante, o treino de força não é o principal para esses caras – se focarem demais neste tipo de treino, perdem agilidade e velocidade. Claro que eles não deixam isso de lado – no começo do vídeo, é possível ver exercícios de força.

Como precisam ser rápidos, treinar muita hipertrofia pode atrapalhar esses caras. A ênfase do trabalho aqui é em condicionamento cardiovascular e trabalho de explosão, além de exercitar a capacidade coordenativa, sempre focando exercícios multiarticulares e com pesos livres, com corpo todo sendo trabalhado.

Por fim, os atletas passam para o treinamento com bola, e na quadra fazem o trabalho técnico e mais especifico de arremessos e fintas, treinando agilidade e situações reais de jogo.

Stephen Curry

Grande nome do basquete mundial atualmente e MVP (Jogador Mais Valioso) da temporada, Stephen Curry mostra alguns de seus segredos neste vídeo.

O atleta conta que sua meta é transferir para a quadra os movimento e exercícios realizados nos treinos. Além disso, ainda conta sobre seus pontos fracos – vale a pena conferir, mas o áudio está em inglês e as legendas do YouTube não são lá grandes coisas.

Para ter uma noção da capacidade técnica do atleta, e também da dificuldade do treino, Curry trabalha exercícios de coordenação com uma bola de tênis – é imperdível ver a habilidade dele nesse exercicio.

No fim, Curry treina arremessos – seu ponto forte nas quadras – e faz mais de 200 repetições.

Kevin Durant

Durant fala que quer melhor todos os dias. Treinar pesado na academia, dia após dia, certamente o fará chegar mais perto desta meta.

O objetivo do treinador é fazer com que Kevin Durant, que tem 2,06m, consiga se movimentar melhor na quadra – no vídeo, é possível ver o treinador fazendo-o trabalhar exercícios fundamentais: estabilidade, equilíbrio e coordenação, que o ajudam a maximizar sua performance.

Durant treina três vezes por dia, e faz atividades na academia por uma hora e quinze, geralmente pela manhã. No período da tarde, faz trabalhos na quadra e à noite volta para arremessar. “Ele é faminto e apaixonado pelo esporte e ainda esta em pleno desenvolvimento”, diz o treinador.

Tá vendo como a vida de jogador de basquete não é só bater bola e arremessar? Dos melhores, pelo menos. ?

MInotauro - Pré treino

Comentários