Os horrores de treinar no primeiro dia útil do ano

Segunda, 2 de janeiro de 2017, e seu despertador toca no horário de sempre. É hora do primeiro treino do ano. Mas que ca%#$&@ aconteceu nessa academia?

Você fez tudo certo até agora. Disse pra sua mâe “NÃO, MÃE! EU NÃO VOU COMER A CEIA PORQUE EU TROUXE MINHA MARMITA!“. Assim, gritando mesmo.

Você olhou pro seu pai e deu dicas de como o deltoide posterior dele precisa de mais atenção ou ele nunca vai ser monstrão. E em seguida soltou “FRANGO NESSA FAMILIA, NÃO!“.

Tudo lindo até aqui. Você sobreviveu às festas.

É segunda-feira, 2 de janeiro de 2017, e seu despertador toca no horário de sempre. Umas 6:00, 7:00. Por aí. É o primeiro treino de 2017 e você está pronto pra destruir em um dia todas as metas que você colocou pro ano todo. E aí você chega na academia…

Exatamente, senhoras e senhores. É o primeiro dia útil do ano e você está em uma academia. É hoje, agora, no SEU horário e justamente na sua academia que o mundo decidiu pagar promessa de ano novo.

Pra todo canto da academia que você olha, existe alguém entusiasmado fazendo um exercício que não apenas não existe como, se existisse, estaria sendo feito errado. Se é que é possível isso. E adivinha? Você precisa usar a estação do supino.

– Fala, champs. Faltam quantas séries?
– 12 séries de 48 repetições.

Você:

É difícil, mas não o bastante pra travar seu treino. Você é uma maquina predestinada a alcançar o status de montanha mais alta e bolada do mundo.

Você já pensou no nome #MaIoRqEvErEsT e pegou a conta no Instagram, mas aquela tia se equilibrando na bola com o dedão da mão enquanto faz polichinelo e levantamento olímpico na outra (?) está usando toda a área dos pesos livres.

Ela claramente não sabe o quanto você leva seu treino a sério. Ela claramente não sabe do #MaIoRqEvErEsT.

Mas agora tudo muda. Você vai fazer os isolados pra espremer o que ainda resta dos braços. É só uma questão de pegar um banco vazio e…

Bom, parece que hoje você vai terminar o resto do treino em casa.

Comentários