pular corda

5 razões para você começar a pular corda no treino de cardio

Você não tem muita paciência pro cardio? Já está meio de saco cheio da esteira, do elíptico e da ergométrica? Que tal começar a pular corda?

Você é daqueles que não tem muita paciência pro treino de cardio? Já está meio de saco cheio da esteira, do elíptico e da ergométrica? Que tal começar a pular corda?

Se você acha corda é coisa só de boxeador ou da criançada na hora do recreio, está completamente enganado. Pular corda é uma atividade que todo maromba que se preze deveria fazer!

“Masterizar” esse exercício não é tão simples quanto parece – e esse desafio é ótimo – mas, mais do que isso, ele ainda oferece incontáveis benefícios para qualquer atleta.

Deixe de lado o preconceito e todas as ideias prontas que você tem na cabeça a respeito da corda, veja alguns de seus benefícios e, se você tiver alguma coisa dentro dessa cachola, vai entender que é uma atividade que pode te ajudar. Se liga só:

5 razões para você começar a pular corda no treino de cardio

pular corda 1

1- Queima acelerada de gordura

De nada adianta ganhar uma tonelada de músculos e deixá-los escondidos atrás de uma capa de gordura. Você tem que queimar gordura.

Milhares de atletas pelo mundo concordam pular corda é uma das melhores formas de queimar gordura – principalmente quando é feito um circuito de alta intensidade (HIIT) ou quando há peso na corda.

Para um treino HIIT ser eficiente, é preciso alternar diferentes níveis de intensidade rapidamente – e nada é melhor que a corda para fazer isso!

Se você precisa de um cardio eficiente e que não tome muito seu tempo (ou sua paciência), pegue a corda e aproveite!

2- Bom para o corpo todo

Diferente de outros exercícios cardiorrespiratórios que trabalham apenas pernas – como bicicleta ou corrida – a corda é boa para diversos grupos musculares.

Na parte superior do corpo, você trabalha os braços, claro, mas também exercita ombros, antebraço, bíceps, tríceps e dorsais. Na parte inferior, trabalha panturrilhas, isquiotibiais e glúteos.

E ainda tem mais: como exige equilíbrio, pular corda exige muito do core – você vai trabalhar abdominais, lombar e quadril.

Difícil pensar em um outro cardio que faça tudo isso por você, né?!

pular corda 2

3- Ajuda a prevenir e recuperar lesões

Fazer sempre o mesmo cardio pode resultar em lesões por repetição de esforço – como dores nas canelas ou tendinite.

A repetição impõe um grande estresse nas articulações, ligamentos, músculos e tendões, e é por isso que você precisa variar o estímulo e aliviar essa tensão.

Alternando os exercícios cardio – por exemplo, adicionando alguns dias de corda entre os de corrida -, você evita as lesões por repetição.

Se você variar a intensidade do exercício, ainda vai aumentar o fluxo de sangue e a entrega de nutrientes para os músculos tensos, ajudando-os a se recuperar em muito menos tempo.

4- Sem monotonia

Não dá pra negar: a maioria das pessoas que vai à academia em busca de um shape insano não tem muita paciência pra cardio. Mas com a corda isso pode mudar – pelo menos um pouco.

Se você ficar com preguiça só de pensar em ficar meia hora correndo numa esteira, pular corda, por ser uma atividade muito mais dinâmica pode resolver esse problema.

Pular corda é um exercício muito mais “movimentado”. Primeiro porque você tem o desafio de melhorar e desenvolver sua técnica a todo instante – o que não acontece na esteira.

Além disso, você tem o mesmo benefício em menos tempo de exercício e pode até misturar ou intercalar a corda com outros exercícios (como a própria corrida), o que evita que você fique de saco cheio da atividade.

pular corda 3

5- Dá pra treinar em qualquer lugar

Você pode levar sua corda onde quiser, e treinar praticamente em qualquer lugar. Não precisa de academia nem de equipamentos caros ou difíceis de transportar.

Dá pra treinar quando está viajando, dá pra treinar em casa, dá pra treinar em lugares fechados ou ao ar livre. E, no caso da academia, você não precisa esperar vagar uma esteira pra fazer seu exercício.

Ok, você também pode correr sem uma esteira e pode fazer isso em qualquer lugar. Mas primeiro: muita gente não curte correr. Segundo: pode estar chovendo ou fazendo frio.

Não tem muito como discutir: a corda é mais prática do que qualquer outro equipamento.

E aí, pronto pra sair pulando?

O começo pode ser um pouco difícil, mas com apenas algumas sessões de prática você já vai estar chamando atenção com sua velocidade, intensidade e habilidade na corda.

E sua rotina de cardio nunca mais será a mesma!

Kimera - Termogênico

Comentários