Suplementos pré-treino

Como deve ser o pré-treino para quem treina de manhã?

O horário que você treina interfere nos seus hábitos, nos cuidados que você deve ter e em vários aspectos da sua rotina. Saiba mais a respeito!

Já falamos diversas vezes aqui no portal sobre a alimentação pré-treino.

Neste post, por exemplo, fala-se sobre 8 alimentos que podem maximizar seus ganhos na musculação.

Entretanto, algumas pessoas que treinam de manhã têm dúvida do que podem comer, pois tem um curto espaço de tempo entre o horário que acordam e o treino.

A refeição pré-treino realizada de manhã, logo após acordar, é semelhante às refeições que antecedem o treino em outros horários.

A maior particularidade dela é a aceitação e a tolerabilidade dos alimentos pelas pessoas.

Além disso, durante a manhã, fica mais fácil de realizar a atividade em jejum.

Visto que se você fizer uma alimentação equilibrada no dia anterior, pode garantir os estoque de glicogênio para um bom rendimento físico.

Este post irá abordar a recomendação para duas diferentes atividades físicas: musculação e aeróbico.

Como deve ser o pré-treino para quem treina de manhã?

Musculação

phoenix bcaa 3000

Assim como em qualquer outro horário de treino, a alimentação pré-treino geralmente deve conter uma fonte de carboidrato e uma fonte de proteína.

O ideal é que as fontes destes nutrientes sejam de rápida absorção.

Uma opção, por exemplo, é a utilização de suplementos, como o Whey Protein e a Maltodextrina, fontes de proteína e carboidratos de rápida absorção, respectivamente.

Conforme a intensidade, duração, nível de atividade física e outras individualidades, essas recomendações podem mudar.

Por exemplo, para uma pessoa de treino avançado, também pode ser indicado um BCAA e/ou uma Glutamina.

Os suplementos são uma boa opção também, pois são rapidamente digeridos e, por isso, previnem desconfortos gastrointestinais.

Alimentos mais pesados ou ricos em fibra alimentar, quando consumido antes do treino, pode provocar alguns desconfortos.

Estes desconfortos podem até prejudicar o rendimento físico, ainda mais quando são consumidos em curto período de tempo antes do treino.

Avaliar a sua tolerância em relação aos alimentos ou suplementos consumidos antes do treino que vai determinar os melhores alimentos para o seu pré-treino.

Aeróbico

aerobico em jejum vale a pena

A recomendação é similar ao treino de musculação, respeitando sempre a intensidade e duração do treino, bem como outras individualidades.

O consumo da proteína e do carboidrato de rápida absorção garantem uma melhora do rendimento físico durante os treino e uma boa recuperação.

Se a atividade for de longa duração, o consumo de um carboidrato de digestão e absorção mais lenta pode ser mais vantajoso.

Porque aí ele pode garantir um aporte correto de energia durante todo o treino.

Quando o objetivo é queimar gordura corporal e a pessoa não é um iniciante, as pessoas podem se beneficiar do aeróbico em jejum.

Lembrando que esta recomendação leva em conta somente o objetivo de queima de gordura.

A prática do aeróbio em jejum deve ser acompanhada por um nutricionista.

Ele quem vai adequar a sua dieta de acordo com o seu objetivo.

Além de planejar as refeições do dia anterior para garantir um bom rendimento durante o treino.

Outra boa recomendação é a utilização de BCAA, que vai prevenir a perda de massa muscular durante o treino.

Nestes casos, a sua primeira refeição do dia ou o seu café da manhã será efetuado apenas depois do treino.

Mas ele também deve respeitar suas necessidades e as recomendações pós-treino de acordo com os seus objetivos.

Vale lembrar também que não existe uma recomendação que atende à todos.

A alimentação deve ser balanceada e ajustada de acordo com as necessidades, objetivos e individualidades de cada pessoa.

Por isso, não busque por receitas mágicas na internet ou coisas do tipo.

Procure um especialista, explique seu objetivo para ele e siga as recomendações.

 

LEIA MAIS: Bodybuilder supera a síndrome de down através da musculação
LEIA MAIS: Dieta para hipertrofia: tudo o que você precisa saber para ter mais ganhos
LEIA MAIS: Óleo de coco: os benefícios desse pré-treino na queima de gordura

Comentários