calor

Cuidados com a prática de exercícios físicos no calor

No calor é normal todo mundo se animar mais para praticar exercícios, principalmente ao ar livre. Mas há alguns cuidados que precisam de atenção!

No calor, muita gente acaba trocando a academia pela prática de alguns exercícios e esportes ao ar livre. Corrida no parque, vôlei na praia, o que não falta são opções de atividades físicas para aproveitar o verão. E essa é uma ótima ideia… só exige alguns cuidados!

No verão, as temperaturas sobem e, alguns lugares do Brasil, podem chegar a marcar até 40 graus. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para que você não passe mal ou sinta fraqueza durante a execução dos exercícios.

Confira tudo o que você deve e não deve fazer para que o calor em excesso não atrapalhe seus treinos!

Cuidados com a prática de exercícios físicos no calor

1-  Evitar fazer atividades em horários que o sol está muito forte

Atividades físicas ao ar livre não podem ser feitas em qualquer horário, devido ao calor. Os melhores horários para praticá-las são no início da manhã até às 10h e após às 16h.

Todo organismo possui um mecanismo capaz de manter os principais órgãos do corpo em uma temperatura estável.

Quando em repouso, os músculos produzem pouco calor, comparado ao coração, por exemplo.

Porém, quando um músculo é trabalhado por meio de uma atividade física, pode produzir 50 vezes mais calor que o resto dos órgãos juntos.

Esse calor interior é liberado para fora através do suor, como um processo de resfriamento do organismo.

Quanto maior a temperatura corporal, maior a quantidade de calor que você vai produzir, o que pode acabar ocasionando, entre outras coisas, a desidratação.

Se a temperatura do seu corpo aumentar muito, pode ainda causar desmaios e choque térmico.

2- Mantenha-se o tempo todo hidratado

Falando em desidratação, vale lembrar: beba água com mais frequência do que o normal.

Quando se faz atividade física, você perde muita água através do suor. Se você não repor a quantidade suficiente que seu corpo precisa para funcionar corretamente, acaba ficando desidratado.

Muita gente está cansado de ouvir falar sobre isso, e mesmo assim não da o devido valor ao consumo de água, principalmente no verão.

E ela pode ser bem mais séria do que você pensa, a desidratação pode causar desde tonturas e vômitos até a perda da consciência.

Então, no calor, dobre seu consumo de água, ou até isotônicos, que além de matar sua sede, ainda devolvem minerais e nutrientes que seu corpo perde com o suor.

3- Use filtro solar

Parece bobagem, mas filtro solar deve se tornar um hábito!

Ele é a arma mais poderosa contra o câncer de pele, e não pense você que isso é bobagem de mulher.

O ator Hugh Jackman, que interpreta o Wolverine nos cinemas, foi diagnosticado com câncer de pele já faz um tempo, e vive fazendo tratamentos para amenizar os quadros da doença.

O próprio levanta a bandeira da importância do filtro solar, e do quanto ficar exposto muito tempo ao sol pode trazer riscos à saúde.

Então antes de caminhar pela praia, ou correr no seu parque favorito, use filtro solar!

4- Invista numa alimentação mais leve

Se no inverno nosso corpo sente uma necessidade maior de comer alimentos mais calóricos graças ao frio.

A boa notícia é que no verão a gente acaba preferindo investir em alimentos mais “frescos” como saladas, frutas, vitaminas.

O que é ótimo, porque além de ajudar a manter a sua dieta, os alimentos mais leves auxiliam na sua digestão, evitando que você fique estufado, ou ainda que isso atrapalhe a execução dos seus exercícios.

O ideal antes de ir treinar é comer uma fruta, e ingerir menores quantidades de comida durante todo o dia.

Agora sim você tá pronto para aproveitar o verão ao máximo!

LEIA MAIS: Frutose e saúde: consumir muita fruta por dia pode fazer mal?
LEIA MAIS: 7 motivos que levam à total falta de energia e disposição no dia a dia

 

Comentários