prancha

Prancha: 3 erros para evitar na hora de executar o exercício

A prancha é um exercício animal para definir a musculatura do abdômen, e é mais difícil de executá-la do que parece. Saiba como praticar da maneira certa!

A prancha é um dos exercícios mais completos para trabalhar a região do core.

Além de ser também um dos exercícios que mais define seu abdômen, e por isso ela está sempre presente em seus treinos.

Apesar de aparentemente ser um exercício fácil de ser executado, a prancha exige muita técnica, e muita força. Não é pra qualquer um!

Se feita de maneira errada pode causar lesões em sua lombar, e você será obrigado a tirar umas férias da academia.

Por isso, antes de executar qualquer exercício, em especial a prancha, é necessário conhecer a maneira correta de praticá-la, evitando ao máximo cometer erros que podem influenciar nos seus resultados.

Confira alguns dos erros mais comuns na hora de fazer a prancha, e saiba como deve evitá-los:

Prancha: 3 erros para evitar na hora de executar o exercício

1- Arquear a costas

A prancha é um exercício isométrico que usa o peso do seu próprio corpo para trabalhar os músculos.

Por isso, quando você apoia seu corpo sobre os cotovelos, depois de um tempo isso começa a pesar, fazendo com que você instintivamente arqueie suas costas.

Esse é um dos erros mais comuns cometidos na execução deste exercício, e deve ser evitado para não causar lesões.

Lembre-se sempre de deixar seu corpo reto para atingir os melhores resultados.

2- Inclinar o quadril

Uma das coisas mais importantes na hora da execução da prancha é manter os quadris alinhados com os ombros.

Por isso, um dos erros que acontece muito é a inclinação do seu quadril para o chão, como se seu corpo estivesse cedendo ao peso.

Isso compromete muito os resultados do seu treino.

3- Levantar a cabeça

A posição da sua cabeça durante este exercício também é fundamental para executá-lo com perfeição.

Assim como o resto do corpo, sua cabeça também deve se manter alinhada com a coluna. 

Muitas pessoas cometem o erro de ficarem com a cabeça erguida, e isso não só prejudica seu treino como também pode causar fortes dores no seu pescoço.

Tente manter seus olhos baixos e o queixo levemente abaixado durante todo o tempo que estiver na prancha. 

Com essas 3 dicas sua performance na hora da prancha será muito melhor, e seu resultados ainda mais assertivos. 

E lembre-se de não exagerar muito no tempo, é de pouco em pouco que você vai conseguir aquele abdômen trincado que sempre quis!

LEIA MAIS: Core: 3 exercícios que você deveria fazer para fortalecer o abdômen
LEIA MAIS: 5 exercícios que podem melhorar sua capacidade de fazer flexões

 

 

Comentários