Pós-treino

Saiba os nutrientes necessários para você ganhar massa muscular!

A refeição pós-treino é fundamental para quem quer ganhar massa muscular, pois nela você deve ingerir os nutrientes de maneira rápida para que o que foi gasto no treino seja reposto.

A dieta de praticantes de atividade física ou atletas que desejam ganhar massa muscular deve ser dividida em 5 à 7 refeições por dia.

De maneira que todas as refeições são de extrema importância para manter o anabolismo e evitar a perda de massa muscular.

Porém, há uma refeição que merece mais atenção por parte dos atletas: a refeição pós-treino. Seu objetivo principal é fornecer os nutrientes importantes para essa fase de forma rápida.

Estes nutrientes são: o aminoácido e a glicose. Então fique esperto para você entender a importância de cada um deles.

Se liga:

Veja os nutrientes necessários para você ganhar massa muscular!

Aminoácidos

Os estudos mostram que uma refeição pós-treino deve conter 3,5g de Leucina, aminoácido capaz de ativar a proteína sinalizadora mTOR, considerada o “gatilho” da síntese proteica.

Ou seja, o consumo das proteínas ricas nesses aminoácidos permite que eles entrem nos músculos para ativar a síntese proteica (formação de proteína) que é essencial para a reconstrução e aumento de massa muscular.

Os alimentos mais ricos neste aminoácido são as proteínas de fonte animal e, principalmente, as proteínas do soro do leite (Whey Protein) ou então as proteínas isoladas do arroz.

Por isso, o Whey Protein é indicado e muito consumido no pós-treino.

Eles contêm altas quantidades de Leucina, bem como outros componentes importantes para o crescimento muscular, como Valina, Isoleucina, Creatina, etc.

O Iridium Whey Isolado, por exemplo, apresenta 4g de Leucina por dose.

Carboidratos

O papel do carboidrato na refeição pós-treino tem relação com a reposição de glicogênio muscular e também pela ação da insulina.

Quando você consome carboidrato, ocorre a liberação de insulina, que por sua vez permite uma entrada maior de nutrientes no tecido muscular, principalmente da glicose e dos aminoácidos.

Como o seu objetivo é ganhar massa muscular, não deve se preocupar muito com a quantidade de carboidrato consumido e você pode se beneficiar da ação dele no ganho de massa muscular.

Mas é claro que você deve respeitar suas necessidades.

As principais fontes de carboidratos são as batatas, o arroz, os pães e os suplementos, como a dextrose, maltodextrina, waxy maize.

Cada carboidrato possui um tempo de absorção específico e você pode fazer uma mistura deles para modificar o tempo de absorção e o pico de insulina.

Outra possibilidade no pós-treino, que não inclui os carboidratos, é a utilização do TCM.

O TCM é uma opção para aumentar o valor calórico e ter um menor pico de insulina e maximizar a queima de gordura muscular. Porém, essa é uma indicação mais individual.

Vale lembrar que o efeito do treino de força pode aumentar a síntese de proteínas durante 2 dias. Portanto, não adianta suplementar no pós treino e no dia seguinte não realizar de 5-6 refeições de qualidade

Além disso, a alimentação e a dieta de forma geral devem ser sempre feitas de acordo com o seu objetivo e de forma saudável.

LEIA MAIS: 4 alimentos que ajudam a reduzir a dor muscular pós-treino
LEIA MAIS: Pós-treino: 5 dicas essenciais para acelerar o ganho de músculos

Comentários