armand poureaux

Quando nem a paralisia cerebral impede alguém de puxar ferro

Armand Poreaux nasceu com paralisia cerebral e foi impedido de praticar esportes quando criança, mas viu no CrossFit uma oportunidade de seguir seu sonho.

Qual o seu limite? O que te impede de fazer exercícios? Pois é, o crossfiter Armand Poreaux poderia dar essas desculpas, mas optou por seguir outro caminho.

Armand nasceu com paralisia cerebral, mas isso não o impediu de ingressar no mundo do CrossFit, graças a um amigo.

Se você gosta do esporte, vai se inspirar com Armand fazendo os exercícios e se superando!

Mas se você é da turma que não gosta do CrossFit, sem problemas, gosto é gosto. Porém, a história de Armand lhe dará mais motivos para treinar com garra e valorizar o que tem.

Se liga:

Quando nem a paralisia cerebral impede alguém de puxar ferro

 

Convivendo com a paralisia

Nem sempre a vida sorriu como agora para Armand. Por ser uma doença que afeta o sistema nervoso, a paralisia prejudicava e muito as funções motoras do atleta.

Ou seja, ele não consegue ter controle absoluto do corpo, coorderná-lo da devida maneira.

Mas ele não desistiu. Quando criança, praticou atletismo, judô, tênis, até motocross.

Mas ele se viu forçado a fazer uma pausa nisso tudo por conta de um problema nas costas causado pela má postura e exagero nas atividades físicas.

Conhecendo o CrossFit

 

A relação entre Armand Poreaux e o esporte começou entre junho e julho de 2017. Quem apresentou a ele o CrossFit foi seu amigo, Adrien Petrel.

Mas esse amor por puxar ferro vinha desde a musculação, conforme ele disse em entrevista.

“Faz dois anos que faço musculação, mas não me sinto motivado. Mas aí acabou surgindo um espaço de CrossFit perto da casa de Adrien, e acabei me interessando”.

Ele ainda que seu exercício favorito é o Snatch, pois trabalha o corpo todo.

“Ele exige muita técnica. Eu não consigo praticá-lo por completo, mas estou trabalhando para poder fazê-lo”.

Para completar, ele ainda falou sobre o quão o CrossFit tem feito bem à sua saúde.

“Eu sou um pouco impaciente, ansioso, mas o CrossFit é um esporte que exige muita paciência, determinação e vontade. Está me ensinando a ser paciente e não deixar nada para trás”, conta.

Viralizando nas Redes Sociais

 

Armand trabalhava duro para melhorar no Power Clean, foi aí que seu treinador, Alex Richard, divulgou um vídeo de Armand treinando.

Acabou que o vídeo repercutiu mais do que imaginavam, e pessoas espalhadas pelo mundo todo se impressionaram com a dedicação e força de Armand.

“Eu fiquei surpreso com a reação das pessoas e mensagens de apoio recebidas. Se humilde vídeo pode inspirar tanta gente, fico muito orgulhoso”.

Ele ainda prometeu fazer novos vídeos em seu Facebook e Instagram e, como você pode ter percebido ao longo do texto, ele cumpriu com a promessa.

Até onde vai sua vontade?

 

É difícil entender porque as pessoas não praticam atividades físicas. Tá, tudo bem, a maioria tem preguiça.

Mas será que a preguiça é tanta assim? Ninguém está falando para fazer CrossFit, musculação.

Tem futebol, natação, atletismo, diversos esportes a serem praticados e que farão bem à saúde de qualquer indivíduo.

Mas mesmo assim as pessoas preferem não fazer nada. Dão desculpas falando que não tem tempo, que não gostam.

O que estas pessoas diriam para Armand Poureaux? Que ele não seria capaz? Pois é, mas ele é.

E não só ele. Você já deve ter visto a história de Vince Brasco, o ‘Mini Hulk’, que superou o nanismo e virou bodybuilder.

Como se não bastasse, tem também o indiano Mohit Kumar, que mesmo sem uma perna, virou fisiculturista.

Falta de vontade é uma coisa que afeta a pessoa em diversos aspectos de sua vida, não só apenas aqui.

Portanto, reveja seus conceitos, inspire-se nestas histórias e de outras, e encontre aquilo que você gosta de praticar!

  

LEIA MAIS: Garota supera a anorexia para se tornar uma powerlifter insana
LEIA MAIS: Dmytro Khaladzhi, o strongman mais insano e bizarro que você já viu

Comentários