Kimberly Blankenship

Mulher de 52 anos largou vida pacata para ser campeã no bodybuilding

Kimberly Blankenship começou a competir aos 45 anos e então tomou gosto, se dedicou até conquistar seu primeiro aos 50. Hoje ela é referência e uma musa do bodybuilding!

Muitas mulheres podem pensar que tem uma vida pacata. Bom, se isso acontece com você, seja mulher ou não, inspire-se em Kimberly Blankenship.

Ela tinha uma vida ‘normal’ até seus 45 anos de idade, quando começou a pegar pesado nos treinos e a competir.

Bom, atualmente ela está com 52 e também é campeã IFBB de Bodybuilding.

Muita gente acha que o auge está entre os 20 e 30 anos. Bom, essas pessoas se enganam, não é mesmo?

Vocês mesmos viram aqui o ‘vovô’ bodybuilder mais velho do mundo.

Alguém teria coragem de dizer que existe, realmente, uma idade para fazer algo?

Nunca é tarde para entrar no bodybuilding. Conheça agora mais sobre a musa campeã Kimberly Blankenship.

Se liga:

Mulher de 52 anos largou vida pacata para ser campeã no bodybuilding

 

Largando a vida pacata

Como foi dito acima, ela levava uma vida normal. Não era uma atleta. Cuidava de sua saúde fazendo ‘o básico’.

Mas ela sabia que não estava em forma. Não na forma que gostaria de estar…

Sua relação com o fisiculturismo é antiga, apesar de ter se aventurado nela há pouco tempo.

Antes de começar a competir, gostava de assistir a competições de bodybuilding.

Kimberly tinha vontade de se aprofundar, mas não tinha conhecimento em nutrição, nem em treinos para começar a fazer academia.

Foi então que, em 2009, aos 44 anos de idade, ela contratou um personal trainer.

Ela tinha o objetivo de começar treinar, pegar firme, para que no ano seguinte começasse a treinar.

E começou. Com 45 anos estava competindo. Ela aprendeu a ser mais disciplinada, cuidar da dieta.

Não demorou para ela notar os benefícios que isso traria ao seu corpo.

“Aprendi que uma dieta ‘limpa’ é a chave para alcançar o físico que tanto deseja. Foi uma dieta rica em proteína e pouco carboidrato”, conta.

Ela fez isso por 12 semanas para poder conseguir participar de sua primeira competição.

Seu primeiro título

 

Todos sabem que nunca é fácil alcançar o sucesso logo de cara, não importa a área. Leva tempo, paciência, dedicação.

E outra, é aprendizado, é preciso competir com frequência para ganhar experiência e, assim, conseguir chegar ao título.

Foi o que rolou com Kimberly. Ela conquistou sua primeira competição de bodybuilding, em 2015, ganhando o IFBB Pro Card.

“Eu comecei a participar de duas a três competição por ano, e fui conquistar o IFBB aos 50”.

Kimberly considera estar no melhor momento de sua vida, atualmente.

“Estou vivendo a melhor fase e acredito que um estilo de vida saudável de boa alimentação e exercício físico é a chave para sentir-se mais jovem”.

Fonte de inspiração e admiração

 

A atleta encontra-se com 52 anos, mas esbanja saúde e beleza, tanto que é considerada, corretamente, uma das musas do bodybuilding.

Nunca é tarde para começar uma atividade, algo que você realmente gosta. Está aí mais uma prova.

Claro que é tudo mais difícil, pois o metabolismo não é mais acelerado, as dores parecem mais intensas.

Mas tudo funciona da maneira correta treinando da maneira certa, basta ter ao seu lado o profissional adequado.

“Eu sempre digo que nunca é tarde para começar um programa de dieta e treinamento, tem que definir metas realistas”, finalizou em entrevista ao Daily Mail.

Se você ainda quiser mais inspiração, não se esqueça da história de Mohit Kumar, que virou fisiculturista mesmo sem ter uma perna.

Ou então, a de Sophia Ellis, que venceu a anorexia para se tornar uma powerlifter.

  
 

Comentários