brócolis

6 motivos para colocar brócolis no cardápio de quem treina

O brócolis é um vegetal comum, barato e versátil. Só isso já seria o suficiente para você colocar na sua lista de compras. Mas tem muito mais!

O brócolis é um vegetal comum, barato e versátil – pode ser comido puro ou em milhares de receitas e formas. Só isso já seria o suficiente para você colocar na sua lista de compras. Mas tem muito mais.

Como todos os vegetais, o brócolis é nutritivo e cheio de benefícios para a saúde de quem o consome. E ainda mais para quem treina.

Quer saber os maiores benefícios de consumir esse alimento e como ele pode te ajudar? Então se liga:

6 motivos para colocar brócolis no cardápio de quem treina

1- Nutritivo

brócolis

A maioria dos alimentos de origem vegetal são muito nutritivos, ricos em vitaminas e minerais, e com o brócolis não é diferente.

100g de brócolis cozido contêm aproximadamente 36 calorias, 3g de proteínas, 5,5g de carboidrato, 0,3 de gordura e 3,4g de fibra alimentar.

Além disso, o brócolis apresenta uma boa quantidade de Cálcio, Ácido Fólico e outras vitaminas e minerais essenciais para a saúde.

Ele é um aliado de quem treina, devido sua boa quantidade de proteína por porção em relação à outros alimentos vegetais e a baixa quantidade de carboidrato e calorias por porção.

2- Atividade física

Além de possuir um perfil nutricional equilibrado para quem pratica atividade física, o brócolis é uma das hortaliças com maior concentração de ferro, nutriente essencial para a síntese das células vermelhas do sangue.

As células vermelhas são responsáveis por transportar oxigênio para todas as células do corpo. Para quem treina é ainda mais importante porque durante a atividade física há um maior consumo de oxigênio e são estas células que transportam o oxigênio dos pulmões para os músculos, produz enzimas nas células musculares e confere uma boa energia para o corpo durante os exercícios físicos.

Este é um fato muito importante porque a dieta do brasileiro, em geral, é bastante pobre nesse mineral.

3- Prevenção de câncer

brócolis

Este alimento contém quantidades significativas de substâncias chamadas glucosinolato, que são cientificamente reconhecidos por conter propriedades anticancerígenas.

O consumo de alimentos funcionais, como o brócolis, é uma medida para o combate ao câncer, pois estes alimentos possuem compostos bioativos, responsáveis por modulações fisiológicas que irão resultar em benefícios ao nosso organismo.

Além disso, o brócolis é rico em antioxidantes, como isotiocianatos, flavonoides, carotenoides e, principalmente, sulforafano. O sulforafano é alvo de diversos estudos por ter grande eficácia na prevenção e no tratamento de tumores.

Uma dessas pesquisas foi publicada na revista Molecular Nutrition & Food Research e aponta que o sulforafano consegue destruir apenas as células cancerígenas, deixando intactas as demais células saudáveis do órgão afetado pelo tumor.

Os pesquisadores usaram como base homens que apresentavam câncer de próstata e constataram que, após o consumo do vegetal, esses participantes tinham uma inibição da enzima HDAC – algo que é conseguido com medicamentos para tratar o câncer. 

Isso significa que se entupir de brócolis vai impedir que você tenha câncer? Claro que não. Mas pode ajudar a prevenir a doença e a diminuir os riscos de desenvolvê-la.

4- Prevenção da obesidade

Cada substância atua em diferentes fases do desenvolvimento das células do tecido adiposo (gordura), como na inibição da diferenciação de pré-adipócitos, estímulo da lipólise, indução da apoptose de adipócitos existentes, etc.

Alguns fitoquímicos encontrados no brócolis atuam na inibição da adiposidade e, consequentemente, podem auxiliar na redução e evitar o acúmulo de gordura corporal.

5- Menos complicações do diabetes

Especialistas dizem que o sulforafano, substância que falamos anteriormente neste post, participa da produção de enzimas que protegem os vasos e de moléculas capazes de reduzir danos causados às células pelo excesso de açúcar.

Além disso, um estudo mostrou que o sulforafano inibe a produção de glicose e melhora a tolerância à glicose em roedores em dietas com alto teor de gordura ou alta frutose. E, em um ensaio clínico, o extrato de broto de brócolis contendo sulforafano foi bem tolerado e apresentou melhora da glicemia de jejum em pacientes humanos com obesidade e diabetes de tipo 2. 

6- Prevenção e combate de artrite

Artrite é uma inflamação nas articulações, causada pela quebra e/ou desgaste da cartilagem que as protegem.

Especialistas da Universidade de East Angliaum, incentivam o consumo de brócolis para ajudar a prevenir e tratar esse problema, uma vez que o sulforafano pode diminuir essa destruição da cartilagem.

Um estudo publicado em 2015 concluiu que o sulforafano bloqueia a inflamação para proteger contra a destruição da cartilagem in vitro e in vivo. 

Qual a melhor forma de consumir?

Para preservar os nutrientes dos brócolis, prefira prepará-lo cozido ou no vapor.

O vegetal pode ser consumido puro ou em preparações, como quiches, tortas, molhos, sopas, suflês, entre outros.

E aí, você já come brócolis com frequência?

LEIA MAIS: 4 estratégias nutricionais capazes de prevenir lesões 
LEIA MAIS: 9 receitas insanas para dar um ‘up’ na sua dieta hipertrófica

Comentários