7 erros que você deve corrigir para melhorar seu desempenho nos treinos

Foco no treino é uma das peças fundamentais para se ter um bom rendimento e para a obtenção dos melhores resultados possíveis. 

É preciso ter atenção durante o exercício – observar se está executando da maneira correta, se não está roubando, se carga e volume estão adequados, se a técnica está perfeita o tempo todo, etc. Todos os mínimos detalhes são importantes para o seu treino.

Só que é óbvio que muita gente não faz nada disso, e acha que treinar no “automático” vai garantir o máximo de ganhos. Não vai.

Perder um pouco da concentração é normal, todo mundo pode e vai passar por isso em algum momento, mas é preciso atenção para não perder totalmente o foco.

Para te ajudar nessa missão, listamos alguns dos erros básicos que as pessoas cometem durante o treino e que acabam prejudicando os resultados. Se liga:

7 erros que você deve corrigir para melhorar seu desempenho nos treinos

Homem Pensando Academia

1- Não ter suporte

Veja bem, não estamos falando para você ter uma babá ou um personal do seu lado. Não é isso. Mas há determinados momentos e exercícios que você precisa sim de alguém do lado para auxiliá-lo.

Quer um exemplo? O supino. 

A gente já falou bastante sobre a importância de ter um spotter, principalmente quando você vai levantar cargas elevadas – se você não está convencido, leia o post clicando aqui

Sem o spotter, você corre sério risco de se lesionar, então é preciso ficar esperto.

Na verdade, essa dica vale para qualquer exercício realizado com cargas elevadas, mas ter suporte de um especialista também é fundamental para exercícios cuja execução é complexa, para garantir que você realize o movimento com a melhor forma possível.

Se você acha que ter apoio de alguém é frescura, deixe o preconceito de lado, faça o teste e veja como seu desempenho e seus ganhos vão melhorar.

2- Técnica ruim

Academia Scott Biceps

Colocar mais peso e realizar o exercícios “sem problemas” não quer dizer que você está treinando corretamente.

Balançar o corpo, empurrá-lo, o famoso “roubo” no exercício não está nem um pouco correto. O correto é manter a tensão no músculo, e não sair aumentando a carga sem nenhum critério ou propósito útil.

Tudo bem que às vezes você pode fazer isso porque você está na pegada e quer aumentar o peso, mas não é correto e nem aconselhável fazer disso uma rotina. É um profissional de Educação Física a pessoa mais indicada para decidir a hora de aumentar a carga.

3- Esperar por um aparelho livre

Não faça isso, porque você perde todo o ritmo do seu treino.

Se você precisa fazer determinado aparelho e ele está ocupado, veja se não encontra algum semelhante ou simplesmente pule para outro exercício e depois volte.

Caso seja o último do treino, peça para revezar ou então faça outro exercício do mesmo grupo muscular. Apenas neste dia, que foi uma exceção. Mas jamais fique parado esperando a outra pessoa acabar o exercício.

4- Perder o foco durante o treino

Homem pensando academia

Todos têm problemas e responsabilidades, e isso pode acabar afetando o seu desempenho durante seu treino. Isso acontece muito nos intervalos entre as séries.

Às vezes você para atender uma ligação do trabalho ou simplesmente permanece sentado, parado, pensando na vida, no que tem que fazer ou deixou de fazer. Também não faça isso!

Durante o treino o foco deve ser somente o treino. Mente e músculo devem estar em perfeita harmonia e conexão. Isso é cientificamente provado.

Foque na execução do exercício, no intervalo entre as séries. Não deixe a peteca cair. Converse com seu músculo durante o treino, fadigue o músculo e você estará construindo o seu corpo ideal.

5- Comer na academia

Comer durante ou logo antes do treino não são boas opções – mesmo a alimentação pré-treino deve respeitar um intervalo considerável até a atividade física.

Tentar se alimentar logo antes ou durante o treino vai fazer com que seu corpo tente digerir a comida, levando o sangue para o estômago e não para os músculos e prejudicando todo o seu treino e seus ganhos.

Além disso, você ainda poderá ter uma congestão ou um desconforto estomacal, que pode causar náuseas e até vômitos.

6- Socializar na academia

São figuras carimbadas de toda academias. Sabe aquelas pessoas que conversam em volta do aparelho por pelo menos 15 minutos? Então, não seja como eles.

Lembre-se, durante o treino é preciso ter foco e exigir o máximo de seus músculos – dentro de seus limites – para que você alcance os resultados desejados.

Claro que ninguém está falando para você ser antissocial, fechar a cara e não dar nem um “oi” para as pessoas que se encontram no mesmo ambiente, porém, não é para fazer da academia sua sala de estar.

Você vai acabar ficando mal visto na academia e vai prejudicar o seu treino e os dos outros. Deixe para conversar depois do treino.

Pessoas Conversando No Celular

7- Ficar no celular durante o treino

Isso é tão ruim quanto ficar conversando e ocupando um aparelho ou equipamento da academia.

Com a chegada dos smartphones algumas pessoas acabaram ficando com o vício incontrolável de mexer no celular durante o treino, principalmente nos intervalos das séries. Isso acaba prolongando o treino e prejudicando a eficiência dele, já que os músculos não estarão sendo exigidos da maneira correta.

Deixe o celular para depois. Foque no seu treino. 

Academia é onde você pode relaxar e liberar todo o stress acumulado. Use isso a seu favor e você só tem a ganhar.

LEIA MAIS: Dicas do Laercio: 7 erros que podem colocar sua coluna em risco no treino
LEIA MAIS: Dicas do Laércio: 5 erros que podem ser perigosos no supino
LEIA MAIS: 4 erros que você deve evitar para obter um abdômen insano! 

Comentários