Kai Greene - FLX - JasonBreeze

Como Kai Greene superou adversidades e virou um gigante

Veja como Kai Greene virou um gigante. Assista vídeos dos seus treinos e conheça sua história de superação para ser um dos maiores bodybuilders do mundo

Kai Green é treta. Aos 40 anos, continua dando trabalho e é um dos maiores nomes do fisiculturismo mundial.

Em 2016, foi campeão do Arnold Classic e do Arnold Classic Brasil, títulos que junta aos três vice-campeonatos do Mr. Olympia que ele tem na carreira.

O que ele fez para ser um monstro do bodybuilding? Não foi só treino e dieta, não. Greene é um gigante do mindset também – seu controle mental é impressionante.

kai greene 2

Kai Greene nasceu em julho de 1975, em Nova York (EUA), e aos 6 anos de idade teve sua custódia transferida ao Estado, devido ao ambiente conturbado de sua família. Passou por várias instituições para menores durante a infância e a adolescência, e encontrou refúgio no fisiculturismo.

“Meu crescimento exponencial chamou atenção do meu professor de Inglês da 7ª série. Minha conduta escolar sempre foi muito abaixo das expectativas toleradas pela instalação que me abrigou, então fui apresentado à ideia de competir na adolescência. A musculação se tornou a ferramenta de modificação do meu comportamento, que impediria que eu me tornasse parte da chamada ‘estatística'”, contou Greene.

A juventude complicada poderia ser um problema, como para a maioria dos garotos na mesma situação, mas para Greene foi a solução. A vida difícil fez com que o atleta se tornasse um monstro não só física, mas mentalmente.

MInotauro - Pré treino

Disciplina, resiliência, foco, motivação e dedicação se tornaram suas armas – e fizeram dele um vencedor.

Kai Greene é a prova viva do que um treino (e uma dieta) de hipertrofia podem fazer fazer no corpo humano em termo de ganho de massa e definição musculares.

Para se manter no topo – o que não é tarefa fácil, ainda mais na sua idade – Kai faz treinos clássicos, em sua maioria exercícios de pirâmide decrescente – por exemplo, 4 séries, sendo a primeira com 20 repetições, a segunda com 15, a terceira com 12 e a quarta com 10 reps.

Quer saber mais sobre os treinos deste gigante? Veja alguns deles nos vídeos abaixo.

Como Kai Greene superou adversidades e virou um monstro

Costas – Treino completo

Peitoral e braços

Braços e ombros

Pernas

BÔNUS: Força mental (em inglês)

 

Comentários