insuficiência de vitamina D

Insuficiência de vitamina D: por que é tão comum?

Você sabia que as pessoas que treinam estão mais suscetíveis à insuficiência de Vitamina D? Isso acontece por uma série de fatores, mas fique tranquilo: a solução é relativamente simples!

A insuficiência de vitamina D é cada vez mais comum. Mas será que isso só tem a ver com a alimentação?

Quais hábitos influenciam a produção de vitamina D no organismo? Qual a importância dela para o nosso corpo? Quais as consequências que a insuficiência de vitamina D pode trazer?

É muito importante entender os benefícios que a vitamina D nos traz e quais os riscos corremos caso ela esteja em falta.

Aqui, vamos falar sobre tudo isso e ainda dar dicas de como aumentar os índices de vitamina D no seu corpo. Confira!

Quais as principais funções da vitamina D no nosso corpo?

A estrutura óssea do nosso corpo está diretamente associada à função da vitamina D. Ela é responsável pela absorção do cálcio em nosso organismo, e essa função é ativada com os nutrientes fosfato e magnésio.

Cientistas também já comprovaram a atuação da vitamina D no coração, cérebro, músculos esqueléticos e no sistema imunológico. Dessa maneira, a vitamina auxilia funções vitais do nosso corpo e tem grande importância na prevenção de doenças.

Entre elas estão as doenças respiratórias, depressão, osteoporose, fraqueza muscular, insônia e câncer de próstata e mama. Além de prevenir doenças, a vitamina D diminui os efeitos de quadros como diabetes e obesidade.

Quais os principais fatores que influenciam a insuficiência de vitamina D?

A nossa rotina mudou muito nos últimos tempos. Nosso trabalho, meio de transporte e hábitos alimentares são bem diferentes de 30 anos atrás.

Ficamos mais tempo dentro de escritórios trabalhando, perdemos boa parte do nosso dia dentro de carros e ônibus, passamos pouco tempo expostos ao sol e a nossa dieta está consideravelmente pior.

Esses são os principais fatores que fazem a insuficiência de vitamina D ser muito comum nos dias de hoje, mas pequenas mudanças de hábito são o suficiente para normalizar os seus níveis no nosso corpo.

Como descobrir se tenho insuficiência de vitamina D?

A insuficiência de vitamina D no organismo pode ser descoberta por meio de um exame de sangue pedido pelo seu médico, ou com kits caseiros.

Quais os problemas que a insuficiência de vitamina D pode causar?

A hipovitaminose é grave e pode trazer vários problemas para o nosso corpo.

Como já vimos, a vitamina D tem importantes funções para os ossos, portanto, a enfermidade mais comum causada pela insuficiência é a osteoporose. Nas crianças, a falta de vitamina D pode trazer má formação dos ossos.

Os idosos são o grupo que mais tem insuficiência dessa vitamina, um quadro que atinge até 85% da população acima dos 60 anos. Isso é decorrente das mudanças fisiológicas e dos hábitos dessas pessoas, que sofrem bastante com a fraqueza óssea e muscular.

Quando o corpo está produzindo pouca vitamina D, também podem se desenvolver várias doenças respiratórias ou o agravamento de outras condições, como citamos no tópico anterior.

Por que as pessoas que treinam podem ter hipovitaminose D?

Os principais fatores que influenciam a insuficiência de vitamina D na maioria das pessoas que treinam são: baixa exposição ao sol e uma dieta com poucos alimentos ricos em vitamina D.

Treinar em academias com ambiente completamente fechado atrapalha a produção de vitamina D, mas isso pode ser contornado com a adoção de alguns exercícios realizados ao ar livre.

Ao montarmos a nossa dieta para obtermos melhores resultados, muitas vezes focamos nas proteínas e carboidratos e nos esquecemos das vitaminas.

Portanto, vale a pena buscar orientação profissional para suplementação de vitaminas, que vai te ajudar a diminuir os riscos de uma hipovitaminose.

Quais alimentos são ricos em vitamina D?

Alguns peixes como a sardinha, o salmão e os seus óleos de fígado, ostras, leites e derivados, ovos, cereais e cogumelos são alimentos ricos em vitamina D — mas ela também pode ser consumida por meio de suplementos.

Porém, a dieta tem que ser balanceada com alimentos fontes de outras vitaminas e outros nutrientes, pois a vitamina D não é uma vitamina autônoma, ou seja, ela precisa de outros elementos para executar suas funções.

No entanto, no caso de insuficiência, apenas a alimentação não é suficiente para oferecer tudo o que o nosso corpo precisa de vitamina D – isso mesmo sabendo que o nosso organismo também produz a substância.

Como nosso corpo produz a vitamina D?

A vitamina D é produzida pelo nosso organismo com a exposição aos raios ultravioletas do sol. Mas para surtir efeito são necessários, pelo menos, de 10 a 15 minutos por dia.

Há grupos de pessoas que têm dificuldade de produzir ou absorver a vitamina D, como os idosos por exemplo. Para esses casos, a suplementação se faz necessária.

Como reverter um quadro de insuficiência de vitamina D?

Procure um médico e um nutricionista para te auxiliarem e instruírem nessa tarefa. Mas saiba que o tratamento parte principalmente de uma mudança de hábitos da sua parte.

Primeiramente, é preciso focar na alteração dos hábitos alimentares. É preciso manter uma dieta rica nos alimentos fontes de vitamina D, já mencionados anteriormente.

Porém, nos casos de hipovitaminose, a pessoa não vai conseguir atingir os níveis de vitamina apenas com a dieta e será necessário o uso de suplementos.

Além dos hábitos alimentares, é preciso promover uma mudança na rotina da pessoa, que terá que passar mais tempo exposta ao sol.

Aqui, vale uma ressalva: os raios ultravioletas, que ativam a produção da vitamina D, não ultrapassam o vidro. Então, não adianta nada tomar sol dentro do carro, ônibus ou escritório, hein?

É preciso deixar expostos os braços, pernas e tronco, por um período de 10 a 15 minutos. Assim, a pessoa que tem insuficiência precisa encaixar esse momento na sua rotina diária.

Lembre-se de que o tratamento não tem efeito imediato. O corpo precisa se readequar à produção de vitamina D. Ou seja, você deve seguir as recomendações passadas pelo médico e ter disciplina e paciência para atingir os resultados esperados.

Uma mudança de hábitos com o objetivo de prevenir a insuficiência de vitamina D vai te trazer resultados em médio e longo prazo.

Ainda tem dúvidas sobre a suplementação e como evitar a insuficiência de vitamina D? Aproveite para conferir nosso artigo sobre os benefícios do cogumelo, um dos alimentos mais ricos nessa vitamina!

Comentários

 

Comments are closed.