hugh jackman

6 coisas que Hugh Jackman fez para desenvolver o shape do Wolverine

Dar vida a um personagem como Wolverine exige muita dedicação também na academia. Veja algumas coisas que Hugh Jackman fez para chegar lá!

Na pele de Wolverine desde 2000, Hugh Jackman sofreu inúmeras transformações no seu corpo para dar vida ao personagem.

Gigante, trincado, sarado, rasgado… todos esses podem ser adjetivos para definir o corpo que o ator sustenta no auge dos seus quase 50 anos para fazer o personagem dos X-Men.

Ao todo, foram mais de 15 anos de treinos pesados e dietas restritas, para exibir sempre um físico impecável nas telonas. E por mais que ele mantenha uma vida saudável, é na hora da preparação para o papel que Hugh Jackman leva seu corpo até o limite afim de alcançar seus objetivos.

Por trás de todo shape insano existe muito trabalho árduo e dedicação, e com a estreia de “Logan” – último filme da saga – não foi diferente.

É claro que tudo com a ajuda de muitos profissionais que o acompanham de perto, e o auxiliam com o que precisa.

Se você tem curiosidade de conhecer algumas coisas que fizeram parte da rotina de treino e dieta de Jackman para obter o corpo digno de um “super-herói”, confira essa lista que a gente descobriu!

Parte das informações vem de uma entrevista de seu treinador David Kingsbury ao site Bodybuilding, parte dos sites Screen Rant e Movie Pilot

Se liga:

6 coisas que Hugh Jackman fez para desenvolver o shape do Wolverine

 1- 100 flexões

E não era qualquer flexão: o cara fazia séries de 100 flexões batendo palma a cada sessão de treino. 

A habilidade para chegar nesse número mostra não só que ele construiu uma força incrível, mas também que estava empenhado em fazer o que fosse preciso para se preparar para o filme.

É claro que ele não atingiu essa marca de primeira – foram longos anos de preparação para chegar onde chegou.

O que você leva de aprendizado para o seu treino? Que tudo é uma questão de paciência e força de vontade. Só assim você consegue alcançar todas as suas metas!

LEIA MAIS: 5 exercícios que podem melhorar sua capacidade de fazer flexões 
LEIA MAIS: 10 vídeos com algumas das flexões mais insanas que você já viu

hugh jackman - wolverine

2- Jejum intermitente

O jejum intermitente é uma das técnicas mais polêmicas da nutrição esportiva. Independente disso, o fato é que Hugh Jackman utilizou o método para secar em um curto espaço de tempo.

Com o acompanhamento de um profissional especializado, ele estava restrito a comer dentro de uma janela de 8 horas, normalmente das 10h às 18h.

Além disso, ele continuou com a sua rotina de treinos e gravações, o que significa que costumava queimar mais calorias do que consumia ao longo do dia.

3- Clube dos 500

Entre as várias coisas incríveis que Hugh Jackman conquistou para chegar ao shape perfeito para viver o Wolverine está sua presença no “Clube dos 500kg”. A denominação faz referência ao fato de ele levar um total de 500kg em uma única sessão.

No caso do ator, os 500kg vieram em séries de agachamento (175kg), supino (125kg) e levantamento terra (200kg). 

Atingir essa marca não é fácil, e mostra o quanto o cara estava dedicado e comprometido com o treino e com seus objetivos – e, claro, também o quanto ele já estava forte.

hugh jackman - deadlift

4- Treino de 3 horas por dia

Três horas é muito tempo pra fazer qualquer coisa, mas esse é exatamente o tempo que Jackman dedicava aos treinos todos os dias.

Enquanto para a maioria das pessoas uma hora de academia é o suficiente, para o protagonista de Logan isso era só o início de todo seu preparo físico.

Esse tipo de compromisso significa que ele trabalhou frequentemente várias séries de músculos ao longo de um único dia, e certamente levou seu corpo até o ponto de exaustão.

É claro que esse ar de cansaço do ator pôde contribuir para o personagem, especialmente em filmes como Logan, onde Wolverine parece estar esgotado pela vida.

5- Dietas calibradas

Além de praticar o jejum intermitente, Hugh Jackman teve que seguir uma dieta bastante restrita. Afinal, não é porque o cara está treinando que nem monstro que estava liberado a comer de tudo.

Sua dieta foi cuidadosamente controlada e composta por alimentos ricos em proteínas, e baixo em gorduras.

Naturalmente, isso significa que Jackman pôde desfrutar de toda a carne do mundo, desde que fossem cozidas e sem quaisquer condimentos ou outros aditivos.

Esta dieta também o forçou a reduzir a quantidade de carboidratos, fazendo-o ingerir refeições ricas em carboidratos nos dias em que estava trabalhando, e em pratos Low Carb nos dias de descanso.

Apesar de ser um regime bem rigoroso, Hugh Jackman seguiu com louvor para ver os resultados no seu corpo rapidamente.

6- Uso de suplementos

Jackman também investiu pesado no uso de suplementos para construir o tipo de músculo que seu personagem precisava.

Para isso usou suplementos pré-treino, creatina e muito whey protein, que ajudaram seu corpo a obter a energia necessária para construir músculos grandes e saudáveis.

Os dois suplementos aumentaram a produtividade dos seus exercícios e permitiram que alcançasse um shape incrível mesmo com prazos apertados.

Isso porque ele precisou gravar um dos filmes da série X-Men logo depois de seu papel no filme “Os Miseráveis”, onde seu corpo não precisava estar tão gigante e definido.

A força e resiliência necessária para conquistar um corpo de ferro dizem muito sobre o modo como Jackman se preparou para interpretar Wolverine.

hugh jackman - wolverine

 

Tá vendo como não é por acaso que o cara conseguiu exibir um shape insano nos filmes da série X-Men por exatos 17 anos? Ele se dedicou por inteiro e fez um trabalho duro para atingir o resultado necessário.

Seu treinador, David Kingsbury, comentou sobre isso em entrevista:

“Em termos de treinamento, ele é muito motivado e dedicado. Eu não precisava ficar de babá. Nós treinávamos juntos, e eu sempre o levava até o limite. Treinávamos sempre muito cedo, logo pela manhã, e trabalhávamos por longos dias. Alguns dias, ficávamos limitados a 5-6 horas de sono por noite. E Jackman nunca sequer reclamou!”

Fica aí a inspiração para você se motivar cada dia mais em busca de seus objetivos.

O que você já tem feito para chegar lá?

Comentários