Homem entra para Guinness após nadar 2864 km ao redor da Grã-Bretanha

Ross Edgley passou 5 meses longe de casa nadando por todo o mar da Grã-Bretanha em um percurso de 2864 km, entrando para o Guinness

Para uns pode parecer loucura, para outros, um exemplo. A verdade é que Ross Edgley surpreendeu a todos ao nadar 2864 km do mar da Grã-Bretanha.

Ele nadou por toda a região em um percurso que durou 5 meses.

Isso mesmo: CINCO MESES nadando! Não ininterruptamente, é claro, mas numa média bizarra de 19km por dia.

Com isso, ele entrou para o Guinness Book como o maior nado escalonado já feito.

Só que essa não foi a única “loucura” já feita por ele.

Quer saber mais?

Saca só:

Homem entra para Guinness após nadar 2864 km ao redor da Grã-Bretanha

O recorde

 

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Ross Edgley (@rossedgley) em

 

Ross Edgley aceitou este desafio não por ego ou algo do tipo, mas para “inspirar pessoas a fazer o que amam, e não se preocupar com estética corporal”, disse.

Ele teve essa ideia após nadar por 48 horas no mar do Reino Unido. Ele foi bem, nadando 126 km.

Então, um fuzileiro seu amigo deu a ideia dele nadar toda a costa da Grã-Bretanha, e ele disse “por que não?” e topou o desafio.

Então, em 157 dias, cerca de 5 meses, ele completou o nado que atingiu 2864 km.

Ross nadou o equivalente a nadar o Canal da Mancha todos os dias!

Pouca coisa, né?

Ele começou no dia 1 de junho e acabou no dia 3 de novembro.

Ross revelou que nadava de 6 a 12 horas por dia. Mas ele não estava sozinho.

Ele tinha um barco de apoio em sua retaguarda, para que pudesse dormir, comer e, claro, registrar seu feito.

E ele precisou comer muito, pois ele gastava 15 mil calorias por dia. Haja comida.

Assim, tendo completado o desafio, ele entrou para o Guinness Book como o maior nado marítimo escalonado já realizado.

E não foi nada fácil…

ross edgleyross edgley

 

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Ross Edgley (@rossedgley) em

Ross Edgley passou por diversos contratempos. Um deles foi cruzar com um montão de águas-vivas. Pensa só na situação.

Além disso, ele teve de enfrentar temperaturas sinistras, afinal, a água lá para aqueles lados não é nem um pouco quentinha.

No início, seus pés e mãos ficaram bisonhamente ressecados. Só que podia ficar pior.

Como vocês podem ver na imagem acima, seus pés estavam pretos, como se estivessem necrosando.

Isso porque os músculos, tendões e ligamentos dos seus pés estavam atrofiados.

Pra piorar, por vestir uma roupa de mergulho por meses, ele acabou desenvolvendo várias feridas ao longo do corpo.

Mas essa não é a primeira vez de Ross

Em 2017, Ross Edgley tentou fazer outra ‘maluquice’

 

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Ross Edgley (@rossedgley) em

 

Ele tentou nadar da Martinica para Santa Lúcia com uma árvore que pesava cerca de 100kg em suas costas.

“Meu objetivo era nadar 40km pelo Canal do Caribe, de ponta a ponta, mas a corrente estava contra mim e me puxava pra trás”, revela.

Por isso, ele diz que nadou mais de 100 km no fim das contas. Tenso.

Planos para o futuro

Ross já tem novos desafios em mente, porém, não os revelou.

Aliás, quando ele terminou este último, ao ser questionado sobre esses planos, ele foi bem sincero.

“Na verdade, primeiro eu preciso reaprender a andar”.

Quem é Ross Edgley?

Ross era um atleta de polo-aquático. Então, saiu dessa profissão para se dedicas aos estudos na Escola de Esporte e Ciências do Exercício na Universidade de Loughborough.
 
Ele é um nutricionista de força, condicionamento físico e desempenho. Além disso, é co-fundador da The Protein Works, empresa de nutrição esportiva.

 

LEIA MAIS: Construa um shape seco e definido para o verão com estas 14 dicas
LEIA MAIS: Veja quais são os possíveis sinais de deficiência de vitaminas e minerais

Comentários