academia construída com lixo

Homem constrói academia pública com lixo retirado das praias

Sabe aquelas histórias capazes de fazer acreditar que o esporte realmente pode fazer do mundo um lugar melhor? A do Alcindo é uma dessas.

Sabe aquelas histórias capazes de fazer acreditar que o esporte realmente pode fazer do mundo um lugar melhor? Então, a do Alcindo Soares é uma dessas – e é sensacional.

O cara nasceu em Santa Maria, ilha do Cabo Verde, na costa oeste da África, e usa o lixo que encontra nas praias para construir uma academia.

Alcindo não fez isso apenas para ele, porque a academia é pública. Sua ideia, além de poder usar a academia que construiu, é oferecer a oportunidade de todos os cabo-verdianos de Santa Maria terem um lugar pra treinar, e ainda ajudar a manter as praias limpas.

Cabo Verde, apesar de paradisíaco, é um país pobre e, como tal, tem suas dificuldades. Oferecer opções de lazer gratuitas para a população e incentivar o esporte são duas delas. A outra opção – pagar mensalidade para treinar em um espaço privado – também é inviável para muitos cabo-verdianos.

E aí entra a dedicação e a força de Alcindo, um homem que poderia (ou deveria) ser um embaixador mundial da musculação, porque é a personificação do melhor que esse esporte pode oferecer.

Assista o sensacional vídeo com a história do cara e veja se ele não é digno de aplausos!

A história do homem que construiu uma academia pública com lixo retirado das praias

“Treinar depois de um banho de mar? O dia está completo”. 

Fé na humanidade: restaurada.

LEIA MAIS: Heróis da Quebrada: os brasileiros que dão show de força na periferia 
LEIA MAIS: Conheça o gigante ganês que treina numa academia improvisada 
LEIA MAIS: A bodybuilder mais velha do mundo vai fazer você repensar sua vida 
LEIA MAIS: Treino em casa: 2 equipamentos para construir com menos de R$100

Comentários