hipercalorico

Hipercalórico ou whey protein: descubra qual a melhor opção para você

Tirar só dos alimentos todas as calorias ou proteínas que seu corpo precisa para crescer não é fácil. Mas aí vem a dúvida: tomar hipercalórico ou whey protein?

Quando o objetivo é a hipertrofia, quase sempre bate a dúvida entre os dois suplementos mais importantes para esse objetivo: hipercalórico ou whey protein?

Saber qual dos dois deve ser consumido é uma grande dúvida para a maioria das pessoas que quer crescer.

São dois tipos de suplemento que favorecem e potencializam o ganho muscular se utilizados corretamente, mas que atuam de maneiras completamente diferentes.

Quer saber qual dos dois é o ideal para você? Saiba tudo sobre hipercalórico e whey protein e descubra! Se liga:

Hipercalórico ou whey protein: descubra qual a melhor opção para você

como tomar whey protein proteína

Quando o assunto é a hipertrofia, dois aspectos da alimentação são fundamentais:

  • Aumentar a ingestão calórica
  • Aumentar a ingestão de proteínas

Na maioria dos casos, é preciso fazer essas duas coisas – mas isso não significa que você precisa dos dois suplementos.

Tudo depende dos seus hábitos e das suas características individuais!

Por exemplo, se você não tiver dificuldade em elevar sua ingestão calórica para garantir o ganho de massa muscular, você não precisa de um hipercalórico.

Ou, ao mesmo tempo, se você consome a quantidade adequada de proteína para a hipertrofia sem nenhum suplemento, o whey protein não é para você – saiba quanto de proteína você precisa por dia clicando aqui.

Ao mesmo tempo, se você tiver dificuldades com essas duas coisas, talvez precise dos dois.

Mas para saber exatamente qual o seu caso – e sua necessidade – é preciso saber mais sobre os produtos, como eles atuam e quais seus benefícios.

E é isso que você pode ver aí embaixo.

O que são os suplementos hipercalóricos

Os hipercalóricos são suplementos com alta quantidade de calorias, proteínas, carboidratos e/ou gorduras, que garantem um aumento do consumo calórico e dos nutrientes que você precisa para o ganho de peso e massa muscular.

Eles são muito utilizados por pessoas que buscam ganhar mais massa corporal (magra ou gorda) rapidamente e que têm dificuldade de conseguir isso só com a alimentação – seja por possuir metabolismo acelerado ou qualquer outra característica que dificulte o ganho de peso.

whey protein ou hipercalórico

Do que é feito um hipercalórico? Quais os seus benefícios?

Os suplementos hipercalóricos são composto por proteínas de alto valor biológico, lipídios (como ômega-3 e ômega-6), vitaminas e, em alguns casos, sais minerais.

O componente principal dos hipercalóricos, no entanto, é o carboidrato.

Sejam os simples, os complexos ou ambos, eles sempre estão presentes em grande quantidade.

Entre as suas várias vantagens, podemos destacar:

  • Aumento do peso graças ao ganho de gordura e de massa magra;
  • Melhoria no balanço energético da dieta;
  • Auxílio no ganho e na reconstrução da massa muscular;
  • Melhoria no desempenho durante os treinos.
  • Qual a melhor maneira de tomar hipercalórico?
  • Normalmente comercializado na forma de pó e consumido junto com água, suco, shakes ou vitaminas de frutas, o suplemento hipercalórico pode ser ingerido antes e depois do treino de musculação.

Não existe um consenso entre os profissionais sobre o melhor momento para consumo. Entretanto, a recomendação é de que ele seja consumido com algum alimento que não tenha alto valor nutricional ou que é incapaz de oferecer o suporte necessário para os treinos do dia a dia.

sahek hipercalórico

Para quem o hipercalórico é indicado?

  • Ectomorfos
  • Atletas de resistência
  • Atletas de atividades muito intensas

Os hipercalóricos são uma boa para quem pratica atividades de longa duração ou que são intensivas, pois, além de te ajudar a recuperar as calorias gastas, nesses casos, atua como um potente energizante.

Se o seu tipo físico pode ser classificado como ectomorfo (caracterizado pelo baixo peso e por dificuldades de ganhar massa muscular), o hipercalórico também é indicado. Principalmente, se você é iniciante e está com dificuldade em consumir o que precisa para garantir um aporte calórico positivo (ingestão de calorias maior que o gasto).

Ele auxilia também as pessoas com um metabolismo muito rápido e que realizam a queima de calorias com mais intensidade.

Dessa forma, mesmo que o seu corpo “não colabore” com a busca pelos músculos dos sonhos, o suplemento hipercalórico dará o suporte necessário.

Contraindicações e efeitos colaterais dos hipercalóricos

É sempre importante lembrar que, assim como outros suplementos, o uso dos hipercalóricos deve ser feito apenas após a consulta com um nutricionista.

Ele saberá indicar qual a quantidade ideal de calorias que o seu corpo precisa de acordo com a sua rotina de treinos.

Como cada fabricante tem uma quantidade própria de calorias e nutrientes, ingerir uma quantidade incorreta irá prejudicar os seus resultados.

Além disso, a grande quantidade de calorias pode levar a um grande aumento de gordura corporal, quando consumo de forma errada. Com isso, pode levar a outros problemas de saúde.

Além disso, os carboidratos em excesso podem causar o chamado “efeito rebote” e hipoglicemia, que podem causar queda de rendimento durante os treinos, mal-estar e até desmaios.

O consumo incorreto dos hipercalóricos também pode causar náuseas, vômitos e diarreia.

Portanto, saber como consumir e quais os riscos a serem prevenidos permite que o atleta possa efetuar a sua rotina de treinos sem medo de enfrentar algum problema ou imprevisto.

guia-de-suplementos-- hipercalorico ou whey protein

Whey Protein: a melhor maneira para aumentar os músculos

O whey protein é o suplemento mais famoso e mais completo que existe.

Pode ser utilizado por quem quer melhorar a performance durante os treinos, melhorar a definição corporal e ter uma vida mais saudável – mas é na hipertrofia que ele se destaca.

Whey Protein é um suplemento feito a partir da proteína do soro do leite, que contém todos os aminoácidos essenciais, sendo considerada, portanto, uma proteína de alto valor biológico e uma excelente fonte do nutriente.

Existem basicamente 3 tipos de whey protein presentes no mercado: isolado, hidrolisado e concentrado.

O que determina o tipo dele é seu processo de filtração. Assim, apresentam concentração de proteína e tempo de absorção dos aminoácidos diferentes.

Além dos 3 principais, atualmente também existem o whey 3W, que combina os três tipos de whey, e os blends de proteína, que podem combinar diversas fontes de proteína, com whey ou não.

Entenda melhor cada um deles – ou saiba tudo a respeito de cada um deles neste outro post:

Os diferentes tipos de whey

Whey protein concentrado

Esse tipo de suplemento possui o mínimo de processamento. Em função disso, ele normalmente é o mais barato..

O processo de filtragem, conhecido como micro e ultra-filtragem, possui um grau de pureza que varia entre 60% e 80%.

Esse processo retém uma série de partículas que atuam no corpo como antioxidantes e melhoram a capacidade imunológica do corpo humano.

SAIBA MAIS: Iridium Whey Concentrado, o melhor custo-benefícios do mercado!

Iridium Whey Concentrado

Whey protein isolado

Feito por meio de longos processos de filtragem e métodos especiais de processamento que geram uma pureza de até 95%.

Essa é uma boa escolha para pessoas que não querem ganhar gorduras graças ao seu baixo teor de carboidratos e açúcares.

O whey isolado também é perfeito para ingestão após o treino, já que a sua digestão é feita rapidamente. 

SAIBA MAIS: tudo sobre o poderoso Iridium Whey Isolado

Whey protein hidrolisado

Essa é a versão mais processada entre os três tipos de whey, logo, a mais cara.
A sua produção é feita a partir de um processo de hidrólise onde as cadeias de proteínas são quebradas em pequenos fragmentos.

Basicamente, a hidrólise faz uma “pré-digestão” da proteína, o que torna a sua absorção pelo corpo humano muito mais simples.

Como as cadeias já estão previamente quebradas e processadas, a sua digestão é feita com muito mais rapidez, o que torna o hidrolisado ideal para ser utilizada durante os treinos.

Whey Protein 3W

Os fabricantes de whey protein também disponibilizam produtos que combinam os três tipos – como o Iridium Whey 3W.

O Iridium Whey 3W oferece os benefícios gerados por cada um dos processos de criação da proteína, sem o alto custo do hidrolisado ou o baixo grau de pureza do concentrado.

Para quem busca um bom custo-benefício, ótima qualidade e o máximo de benefícios, é sem dúvidas a melhor opção.

SAIBA MAIS: Tudo sobre o Iridium Whey 3W, a melhor combinção de whey que existe!

Iridium Whey 3W

Blend de proteína

Os blends de proteína combinam fontes diferentes de proteína, para oferecer o produto com a melhor concentração de nutrientes e a velocidade de absorção de proteína que você precisa.

Iridium Whey Woman combina o whey concentrado, a proteína isolada da soja e o peptídeo de colágeno BODYBALANCE™.

Contém 32g de proteína, baixíssima quantidade de carboidrato (1,8 g por dose) e zero açúcar.

Além disso, o BODYBALANCE™ é uma matéria-prima que possui teste de eficácia com resultado positivo para o ganho de massa muscular e redução de gordura corporal.

Assim, é uma excelente opção para as mulheres que querem ganhar massa muscular e reduzir gordura corporal ao mesmo tempo.

As principais vantagens do whey protein

O whey pode auxiliar pessoas a estimular melhor os seus músculos durante exercícios de musculação como nenhum outro produto.

Assim, é possível ganhar rapidamente músculos maiores e mais fortes rapidamente.

Whey é o alimento à base de proteína que o homem pode comprar que mais rápido é absorvido pelo corpo humano.

Uma vez consumido, a proteína do suplemento é quebrada e transformada em aminoácidos rapidamente e passa a circular dentro do seu sangue. Lembrando que na forma hidrolisada, essa quebra já aconteceu e ela é absorvida imediatamente.

Em alguns minutos, portanto, o sangue os leva para o tecido muscular, onde os aminoácidos vão potencializar a síntese de proteína.

Dessa forma, esses nutrientes auxiliarão no crescimento da massa muscular e na recuperação do corpo após um treino.

iridium whey

Como consumir whey protein

Existem dois momentos cruciais para qualquer pessoa consumir whey: antes e/ou após o treino.

Normalmente, a ingestão é recomendada entre 15 minutos e 30 minutos antes e/ou após o início dos exercícios.

A taxa pode variar para mais ou para menos conforme o tempo que o seu corpo irá gastar para digerir o produto. E consumir logo após o treino, pode favorecer a entrada dos aminoácidos no tecido muscular, melhorando seu papel na recuperação e desenvolvimento muscular.

Garantir que o seu corpo tenha um fluxo constante de aminoácidos antes, durante e após uma atividade de alta resistência proporciona o máximo de ganho de massa muscular.

O consumo do suplemento também pode ser útil antes de dormir e entre refeições.

Assim, ele ajuda a melhorar a recuperação e crescimento dos músculos, já que mantém o estado anabólico do organismo.

São todas as possibilidades que fazem necessária uma boa conversa com um nutricionista antes de simplesmente sair tomando, para ver o que é ideal para você.

Afinal, qual é melhor: hipercalórico ou whey protein?

Como mostrado acima, cada suplemento é indicado em determinadas situações ou pessoas – podendo, em alguns casos, serem recomendados juntos.

O hipercalórico é mais indicado nos seguintes casos:

  • Pessoas com dificuldade em ganhar massa muscular e que precisam consumir uma maior quantidade de calorias e não conseguem apenas com a alimentação.
  • Pessoas que treinam duas vezes por dia (ou mais), pois, por conter uma grande quantidade de carboidrato, esse suplemento ajuda na ressíntese de glicogênio (estoque de carboidrato do organismo).
  • Pessoas que têm um gasto calórico muito alto por causa da prática de atividades físicas intensas como maratonas e várias outras e, por isso, precisam consumir muitas calorias para manter o balanço calórico positivo – e o hipercalórico deixa esta missão muito mais fácil.

Além disso, quando consumido antes do treino, além de ajudar a aumentar a ingestão de calorias, ajuda na melhora do desempenho, já que contém carboidrato.

Já o Whey Protein, mais adequado para auxiliar o atleta a ganhar a sonhada musculatura bem definida, é mais indicado para as seguintes situações:

  • Manter a massa muscular já conquistada e prevenir a perda de massa muscular
  • Pessoas que buscam a definição corporal e/ou que estão em uma dieta mais restrita em carboidrato, pois contém uma quantidade bem menor de carboidrato e calorias – neste caso, a pessoa também deve levar em conta o tipo de whey, que, como mostrado acima, pode conter mais ou menos carboidrato.
  • Para substituir o consumo do hipercalórico quando o peso ideal é atingido. O whey ainda vai estimular e favorecer o ganho de massa muscular, mas sem você precisar ingerir muitas calorias e carboidratos junto.
  • Para quem quer perder massa gorda, pois favorece o ganho de massa muscular, o que acelera o metabolismo.

Ele também ajuda a aumentar força muscular, melhorar o desempenho físico, recuperação muscular e colabora até para a saúde dos ossos.

Para a maioria dos atletas, o uso dos hipercalóricos no período de bulking e a utilização do whey protein nos outros momentos – incluindo o cutting – permitirá bons resultados e rápidos ganhos de massa muscular.

Mas apesar de ser possível escolher a melhor opção para você de forma bastante simples, a pergunta “ hipercalórico ou whey protein? ” terá resposta mais precisa se dada por um nutricionista que avalie suas necessidades físicas específicas.

Comentários