guia de alimentação com direito gastando pouco

Guia de Alimentação: coma direito gastando pouco

Dificuldade para manter uma alimentação balanceada que maximize os resultados do seu esforço na academia? Falta de dinheiro não é mais desculpa!

Se você está com o orçamento apertado e mesmo assim quer ter uma alimentação equilibrada, que proporcione uma composição corporal saudável e faça você crescer, fique sabendo: hoje é seu dia de sorte.

Porque pode acreditar: quando o assunto é dieta saudável, menos é mais.

Com um orçamento curto, você escapa da barulheira da indústria dos alimentos e é obrigado a focar no que realmente importa.

Isso vale tanto para os suplementos quanto para a comida em geral. Chega de comprar produtos que não servem para os seus objetivos, ou alimentos que parecem saudáveis mas estão estragando sua dieta.

Com as escolhas certas, e sem gastar muito, você vai conseguir ter o corpo que você quer – se treinar para isso, claro.

Preparamos uma lista com todos os alimentos que você precisa para atingir seus objetivos sem ficar no negativo no banco.

É evidente que se o seu objetivo é perder peso, você vai gastar menos do que se quiser ganhar massa muscular. Mas as duas coisas podem ser feitas com um orçamento curto. Se liga:

Guia Simples da Alimentação Decente Gastando Pouco

Tudo o que você precisa comprar para se alimentar direito e atingir seus objetivos na academia

Frutas:

  • Banana – Você não precisa comprar o cacho todo, os mercados permitem que você tire algumas para comprar só o suficiente. E lembre de escolher umas mais maduras e outras verdes, para evitar desperdício.
  • Morango – Dependendo da época e do lugar, pode sair caro. Fique atento ao preço antes de levar.
  • Limão – Demora para estragar e pode ser usado para dar sabor à água ou em receitas.
  • Laranja
  • Maçã

Legumes:

  • Cenoura
  • Cebola
  • Repolho
  • Brócolis
  • Tomate
  • Folhas verdes escuras
  • Legumes congelados

Carnes e peixes:

  • Filé de Saint Peter (tilápia)
  • Frango – compre o peito de frango inteiro e corte os filés em casa, pois é uma opção mais barata
  • Frango assado – dá para comprar um frango inteiro, já pronto, por menos de R$20
  • Carne moída – Patinho é uma boa pedida; proteico, pouca gordura e barato

Laticínios e Ovos:

  • Leite desnatado
  • Queijo artesanal – economize em outras áreas. Um queijo de qualidade é muito mais nutritivo e saboroso do que os industrializados mais populares, contêm menos conservantes e tem o mínimo de processo.
  • Iogurte grego –  comprando potes maiores (ou garrafas), sai mais barato do que em porções individuais
  • Ovos – Se você comprar as embalagens maiores, com 18 ou 24 ovos, vai economizar uma nota!

Carboidratos e grãos:

  • Mandioca e mandioquinha
  • Batatas – os sacos de 5 kg em geral são bem mais baratos do que a batata a granel
  • Arroz – aqui é o contrário da batata: se puder comprar a granel, vai economizar. Se só tiver o pré-embalado, opte pela maior embalagem, onde o custo por quilo é menor.
  • Massa – caso encontre uma marca mais em conta e que seja integral, é uma melhor opção.
  • Quinoa – embora mais caro do que o arroz, contêm mais proteína.

Gorduras:

  • Recipiente pequeno de azeite
  • Coco seco – gordura boa e você ainda testa se o treino tá funcionando na hora de abrir 😮
  • Abacates – uma boa dica é você preparar uma vitamina de abacate com leite desnatado.

Outras dicas:

  • Não se esqueça das especiarias: certifique-se de ter as especiarias e temperos na mão para dar sabor. Comprar a granel pode diminuir bastante os custos; ou até plantar algumas, como manjericão, alecrim, etc.
  • Vá no atacado: considere ir nos clubes de compras. Muitos são de adesão gratuita e vendem a preço muito menor que os supermercados. Como você precisa comprar quantidades maiores, chame um amigo ou alguém da família, e pronto.

Considerações finais

Aí em cima está o Guia Simples de Alimentação para comer bem mesmo com um orçamento apertado.

Mesmo se você não comer absolutamente mais nada além do que está nesta lista, você terá energia suficiente para treinar e nutrientes para desenvolver o seu corpo.

É claro que, se você quer resultados muito rápidos, é bom considerar tomar um suplemento. Mas, até para isso, vale usar a inteligência: com o tanto de proteína nesta lista, você não precisa de um Whey; talvez seja melhor investir em um pré-treino, por exemplo.

Também é importante saber que você precisa fazer ajustes na dieta – e nas quantidades compradas – de acordo com seus objetivos.

Se você quer perder peso, coma mais legumes e menos carboidratos. Para o ganho de massa muscular, aumente o consumo de carboidratos. Revezando entre arroz, batata, mandioquinha, mandioca, etc.

Como para ganhar massa é preciso aumentar a ingestão calórica, não tenha medo de fazer lanches. Tenha alguns alimentos sempre à mão, para comer ao longo do dia.

Via BreakingMuscle

Revisado pela nutricionista Mayara Martins Molleis (CRN-3: 43658)

Comentários