glutamina

Glutamina: saiba tudo e veja se este suplemento é para você

A glutamina é um dos suplementos mais usados pelos marombas. Mas você conhece direito este produto, seus efeitos, benefícios e pontos negativos?

A lista de suplementos para quem crescer é imensa, mas alguns produtos se destacam; a glutamina é um deles.

A glutamina é um dos mais conhecidos e usados suplementos fitness. Mas você conhece direito este produto, seus efeitos, benefícios e pontos negativos?

Será que é realmente importante utilizar glutamina para alcançar seus objetivos em relação ao seu corpo?

É sobre isso que falaremos neste post. Leia e descubra se este suplemento é para você!

Para quê serve a glutamina

glutamina-suplemento-1

Glutamina é o aminoácido não-essencial mais abundante no plasma e no tecido muscular.

Apesar de ser produzida no nosso organismo, em algumas situações – como deficiências nutricionais, doenças e estresse físico ou mental – o nível de glutamina e sua produção despencam.

E é aí que entra uma boa alimentação e a suplementação.

Os rins, o intestino delgado e os leucócitos (glóbulos brancos, que atuam na defesa do organismo agindo contra infecções, doenças, alergias, resfriados) são as partes do corpo onde grande parte da glutamina é utilizada.

Se estiver saudável, dificilmente uma pessoa moderadamente ativa terá deficiência de glutamina. Mas o mesmo não se pode dizer de quem treina pesado.

Mesmo saudável, o estresse físico constante provoca diminuição da produção e dos níveis da substância, e a reposição passa a ser essencial – seja com uma alimentação focada nisso, ou com suplementação.

Ou seja, todo maromba deve tomar glutamina – para completar, além da sua importância para a saúde, ela ainda possui efeito anabólico e anti-catabólico e oferece vários outros benefícios.

Benefícios do suplemento

  • Fonte de energia para importantes células do sistema imunológico
  • Imprescindível para o bom funcionamento do sistema imunológico
  • Tem efeito ergogênico
  • Promove melhoria de performance atlética
  • Efeito anabólico e aumento da síntese proteica
  • Efeito anti catabólico e redução da proteólise
  • Melhora a hidratação do músculo, causando aumento do volume celular
  • Melhora no desempenho de atletas em exercícios de longa duração
  • Ajuda na manutenção do equilíbrio ácido-básico

LEIA MAIS: Glutamina ou BCAA: preciso escolher apenas um dos dois?

O que ela não faz

glutamina-suplemento-2

Como já falamos aí em cima, a glutamina é essencial para o sistema imunológico. Mas isso não significa que ela cure doenças.

A substância está muito mais relacionada à prevenção de doenças, já que este é um dos papeis de um sistema imunológico “forte”.

Outro mito com relação a este suplemento é a perda de peso. Apesar de ter baixo índice calórico e prevenir a perda de massa muscular, sozinha a glutamina não colabora em nada para a perda de gordura corporal.

Considerações importantes

Apesar de oferecer uma série de benefícios essenciais para qualquer maromba, não se pode esperar que essa substância seja suficiente para fazer você virar um monstro.

O ideal é, além de treinar duro e comer muito bem, combinar o consumo com outros suplementos, como Whey Protein, BCAA e creatina.

Antes de sair comprando todo e qualquer suplemento que cruzar seu caminho, converse com um nutricionista e um educador físico para saber quais os mais importantes para suasnecessidades.

E lembre-se: no caso da glutamina, o ideal é tomar sempre logo depois do treino ou na última refeição do dia.

Comentários