Gema de ovo

Gema de ovo: lembra o frango, mas é pros monstros

Muita gente acredita, até hoje, na história de que a gema do ovo é prejudicial à saúde. Mas a verdade não é bem assim, e essa parte do alimento pode ajudar na saúde e na hipertrofia

Você é mais um daqueles que deseja hipertrofiar e crescer com qualidade e rapidez? Então, muito provavelmente o ovo faz parte de sua dieta, certo?

Mas você consome somente a clara e joga a gema fora por conta daquela velha história de “que faz mal para saúde e aumenta o colesterol”? Ou não desperdiça nada e aproveita os principais benefícios deste nobre alimento?

Se você estiver no segundo grupo, que consome o ovo inteiro, sem desperdiçar nada, principalmente depois do treino, você está no caminho certo para ficar monstrão.

Porém, se você acredita na antiga balela de que a gema faz mal, aumenta o colesterol e é ruim para o organismo, meu amigo, você está bastante enganado.

Mas calma! Estamos aqui para explicar os benefícios da gema de ovo para o crescimento muscular e como o consumo deste alimento pode influenciar no seu treino e na sua qualidade de vida. Confira:

Gema de ovo

Como a maioria dos frequentadores de academia sabe, a clara do ovo está presente na dieta de qualquer pessoa que deseja ganhar massa muscular, pois uma única clara contém  aproximadamente 3 gramas de proteína, pouquíssimas calorias e nenhuma gordura.

Mas o que muita gente não sabe é que estão na gema de ovo os principais nutrientes que um marombeiro precisa para crescer de verdade.

Cerca de 80% dos nutrientes e vitaminas, como A, B, D, E, K, zinco, selênio, ferro, magnésio são encontrados na gema do ovo.  

Outros benefícios

Além de colaborar com o crescimento muscular, a gema, assim como a clara, ajuda em diversas outras funções metabólicas.

Primeiramente, o ovo é ideal para ajudar a equilibrar e manter uma dieta saudável. Em seguida, ele provoca o aumento da saciedade, o que diminui a necessidade de consumo de outros alimentos.

A gema conta com uma grande quantidade de colina e de ômega-3 em sua composição, substâncias extremamente importantes para manter a vitalidade das funções do cérebro.

Os ovos também são benéficos para a saúde dos olhos, uma vez que são ricos em antioxidantes luteína e zeaxantina, que previnem a degeneração macular, principal causa de problemas como a perda da visão e outros danos à retina.

Colesterol

Acima listamos somente os benefícios mais importantes provenientes do consumo do ovo inteiro — existem muitos outros —, mas, certamente, você deve estar se perguntando: “se ele é extremamente saudável, por que tanta gente não consome a gema?”.

A resposta é simples: por falta de informações corretas!

Por muitos anos, cientistas, pesquisadores e até mesmo nossas mães e avós disseram que consumir muito ovo fazia mal, pois tinha muita gordura, aumentava o colesterol e prejudicava o coração. Quem nunca ouviu algo do tipo?

Pois bem: de fato, o ovo tem colesterol — são cerca de 200mg em um ovo médio —  além de três tipos de gordura: monoinsaturada (boa), poli-insaturada (boa) e saturada (ruim).

Apesar disso, a situação não é nada assustadora, como dizem parecer. Pelo contrário.

O colesterol é uma substância essencial ao organismo. Ele constitui as membranas celulares e colabora com a produção de hormônios como a testosterona, o cortisol e o estrogênio.

Se o colesterol não for ingerido através da dieta, o próprio organismo, através do fígado, começa a produzir essa substância para suprir suas necessidades.

Quando há excesso de colesterol devido à má alimentação, ocorre o contrário, traz problemas na saúde.  

A quantidade gordura ruim presente em um ovo é insignificante para fazer mal ao organismo, que conta com a colina e lecitina — substâncias também presentes na gema. 

Devo comer a gema, então?

A resposta é: SIM!  

É recomendado acrescentar os ovos em sua alimentação, devido aos benefícios nutricionais propiciados por eles ao organismo. Mutantes das academias e fisiculturistas consomem vários ovos por dia, porém, comem geralmente sem a gema. 

Mas vamos com calma! Não é por isso também que você vai comer uma dúzia de ovos por dia. Tudo em excesso faz mal à saúde.  

Vamos pensar somente nos três ovos e nas aproximadas 6g de proteína presente em cada um deles.

São aproximadamente 18g de proteína pura, de alta qualidade, e outros nutrientes. Se combinada a uma fonte adequada de carboidrato, BINGO! Você terá uma refeição completa e perfeita para hipertrofiar e ficar um monstro saudável.

Além do mais, cada organismo reage de uma maneira em relação aos hábitos alimentares e cotidianos de seu possuidor. Por isso, antes de sair comendo ovo por aí feito um alucinado, procure um médico ou nutricionista para fazer esse acompanhamento.

Afinal, não há uma quantidade exata comprovadamente benéfica ou prejudicial. Isso vai das características e das necessidades de cada indivíduo e do objetivo desse consumo.

O consumo de ovo é recomendado para qualquer pessoa e ainda mais para quem objetiva o crescimento muscular, mas nunca em excesso.

Isso sem contar os outros benefícios e a qualidade de vida promovida pelo consumo diário de ovo, de preferência sempre cozido, mexido ou como omelete. Frituras e gorduras extras jamais!

E não se esqueça: só isso não vai resolver a sua vida. Treinar duro, com determinação, disciplina e foco é ainda mais importante para alcançar seus objetivos e para ficar monstro com qualidade e rapidez.

Se você ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para manter-se informado sobre o mundo fitness e saber tudo sobre suplementos alimentares!

Comentários