fortalecer a pegada

5 formas inquestionáveis de melhorar e fortalecer a pegada

Fortalecer a pegada pode ajudar a maximizar o seu treino, além de ter impacto direto no seu visual. Veja algumas formas para chegar lá!

Uma boa pegada é capaz não apenas de influenciar no visual – pois depende de antebraços bem desenvolvidos – como possibilita treinos muito mais intensos. Por isso, fortalecer a pegada deve ser uma busca contínua.

Para chegar lá, existem alguns caminhos. E você com certeza quer conhecê-los porque você já deve saber que treinos mais intensos equivale a mais ganhos, certo?

Então, se você quer fortalecer sua pegada e conseguir não apenas levantar mais peso, como melhorar a execução dos movimentos do treino e ainda ter um antebraço responsa, confira algumas maneiras que indiscutivelmente vão te encaminhar para isso. Se liga:

5 formas inquestionáveis de melhorar e fortalecer a pegada

1- Corte os acessórios

fortalecer a pegada straps

Acessórios como straps ou ganchos são úteis quando usados com moderação e em situações específicas, mas seu uso indiscriminado atrapalha a evolução da sua pegada.

Como fazem parte do trabalho por você, esses acessórios estimulam a fraqueza – ou, pelo menos, impede que você evolua.

Se usar esses acessórios sempre, você vai sempre depender deles. O imortante é obrigar o seu corpo a se adaptar à necessidade – sem os acessórios, a necessidade será uma pegada mais forte.

2- Barras mais grossas

fortalecer a pegada barra grossa

Uma das formas de melhorar a pegada enquanto treina outras partes do corpo é usando barras mais grossas durantes os exercícios. 

Assim, você pode fazer, por exemplo, um levantamento terra que, além de todos os benefícios desse exercício, ainda vai te ajudar a melhorar a pegada.

Para deixar a barra mais grossa você pode enrolar um pano ou toalha, pode comprar um “fat gripz” ou outro produto do gênero ou pode simplesmente escolher barras mais grossas se a sua academia tiver essa opção.

As barras mais grossas não interferem na mecânica do exercício, mas exigem muito mais do seu antebraço. É uma ótima forma de expandir os benefícios do treino, matando dois coelhos numa só cajadada.

3- Aperte a barra

fortalecer a pegada treino

É um dos treinos mais simples, práticos, úteis e esquecidos. O simples fato de espremer a barra com mãos durante um exercício qualquer é uma das ferramentas mais poderosas para melhorar a pegada.

Fazer isso vai ativar os músculos envolvidos na pegada e ajudar a aumentar a força do movimento, além, claro, de favorecer o exercício que você está realizando, tanto na execução quanto na ativação muscular.

Sempre que for fazer uma série com barra, lembre de esmagar o equipamento com as mãos, ativando mais e mais a sua pegada a cada repetição. O resultado não vai demorar.

4- Pegue pesado

 

Os exercícios que mais exigem uma boa pegada – remadas, levantamento terra, farmer’s walk, supino, barra fixa, entre vários outros – vão trabalhar ainda mais essa questão se feitos com cargas elevadas.

É óbvio que você não deve sair aumentando a carga loucamente e sem critério apenas para trabalhar a pegada.

O ponto é que, entre uma série leve focada no antebraço e uma série pesada de um exercício para outro grupo muscular, mas que exige uma boa pegada, a segunda opção é infinitamente melhor.

Além disso, a partir do momento que você se adapta à uma carga, sua pegada não estará mais evoluindo até que ela seja aumentando, criando um novo desafio não só para a pegada, como para todos os músculos envolvidos.

O aumento de carga deve ser feito sempre com uma progressão adequada e estabelecida por um especialista, mas ela nunca pode ser esquecida.

5- Dê atenção à pegada

fortalecer a pegada antebraço

Como a gente mostrou em alguns dos ítens acima, o próprio treino vai fazer com que sua pegada evolua. Mas só isso não basta – ou, pelo menos, não se você quer resultados rápidos e visíveis.

Para atingir esse objetivo, você precisa treinar exclusivamente a pegada, fazendo exercícios que o ajudem a atingir esta meta primariamente, e não “por tabela”.

Isso inclui trabalhar os músculos do antebraço, o punho e até a habilidade com as mãos – neste post a gente já deu algumas dicas que podem te ajudar com isso.

E aí, você está trabalhando para melhorar e fortalecer a pegada?

Comentários