4 dicas para treinar equilíbrio e coordenação e maximizar seus treinos e ganhos

Se você trabalhar capacidades como equilíbrio e coordenação, a tendência é que sua performance melhore muito nos treinos – o que vai permitir mais ganhos!

Você sabia que desenvolver um senso de propriocepção é capaz de melhorar seu equilíbrio e sua coordenação motora e, assim, melhorar sua performance e o rendimento nos treinos?

A propriocepção, também chamada de cinestesia, é a capacidade de reconhecer a localização espacial do seu próprio corpo, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às outras sem utilizar a visão.

É essa capacidade que permite que você se movimente naturalmente, que realize movimentos e que garante que seus membros estarão nos lugares certos para você se mexer corretamente.

Os sinais e sensações proprioceptivos vêm de todas as partes do corpo, via músculos, tendões e articulações. E, se você trabalhar essa capacidade, a tendência é que sua performance melhore muito nos treinos – o que vai permitir mais ganhos!

É possível trabalhar a capacidade proprioceptiva do seu corpo usando exercícios específicos para este fim. E um estudo de 2015 mostrou que eles são capazes de melhorar coordenação e equilíbrio em mais de 50%! 

Você pode achar que esses exercícios são inúteis, porque eles não te ajudam a construir músculos objetivamente. Mas isso é pensar pequeno!

Se o desenvolvimento muscular é um trabalho de médio e longo prazo, é fundamental pensar no futuro. Desenvolver a propriocepção não constrói músculos objetivamente, mas pavimenta o caminho para que você faça isso de forma muito mais rápida e eficiente depois!

Quer aprender a fazer isso? Então se liga nessas dicas:

4 dicas para treinar equilíbrio e coordenação e maximizar seus treinos e ganhos

1- De olhos fechados

exercicios peitoral - Flexão

Quando você fecha os olhos durante um exercício, você precisa de um boa noção espacial em relação ao seu corpo. É essa capacidade que permite, por exemplo, que você toque o seu nariz mesmo quando não está enxergando nada.

Uma forma eficiente e simples de trabalhar essa capacidade é fazendo exercícios simples com os olhos fechados.

É claro que você não deve usar essa técnica em exercícios complexos de levantamento de peso – ou pelo menos não enquanto você não tiver essa habilidade muito avançada. Mas é possível começar fazendo isso em movimentos como flexões e bicicleta ergométrica.

Fazer movimentos com os olhos fechados vai te ajudar a reconhecer as sensações e sinais que o corpo transmite. E, ao focar nessas “mensagens”, você vai passar a perceber uma série de sinais que nunca notou antes, desenvolvendo sua capacidade de reconhecimento e posicionamento corporal.

2- Exercícios de equilíbrio

video - agachamento pistol

Exercícios que exigem equilíbrio melhoram sua capacidade de distribuir o peso do corpo adequadamente para mantê-lo na posição desejada.

Essa capacidade é fundamental para quando você inclina o corpo para algum lado, para quando levanta cargas elevadas, para quando está com uma perna lesionada ou simplesmente quando está fazendo alguma atividade física.

 

É também por isso que, ao trabalhar equilíbrio e coordenação, você melhora sua capacidade de treino, garantindo melhor desempenho e melhores resultados.

Existem centenas de maneiras de trabalhar o equilíbrio através de exercícios. Os mais básicos são movimentos como ficar de pé em uma perna só por 20 ou 30 segundos e depois trocando os pés. Outro exercício básico é andar em linha reta colocando um pé na frente do outro a cada passo. Entre os movimentos mais avançados, agachamento pistol e single leg deadlift.

Além disso, você ainda pode trabalhar o equilíbrio em esportes como surfe, stand-up paddle e esqui aquático ou wakeborading. São todas atividades que vão te ajudar a trabalhar o senso de distribuição do peso corporal uniformemente.

3- Treino de força

 

Exercícios de força, principalmente aqueles que trabalham com articulações “críticas” como joelhos e ombros, podem fazer uma diferença significativa na sua coordenação motora e na sua propriocepção.

Ao desenvolver a força das suas pernas, ombros e costas, você construi uma base sólida para controlar o seu corpo e melhorar sua percepção física e sua capacidade cinestésica.

Um core bem desenvolvido, por exemplo, é capaz de melhorar seu equilíbrio porque os músculos do tronco são capazes de “segurar” todos os membros superiores de forma efetiva. Por exemplo, se você tropeçar, você pode usar os músculos do core para evitar uma queda.

Os treinos de força – e a capacidade de força dos músculos de forma geral – são importantes para você melhorar sua capacidade de propriocepção. Principalmente nos grandes grupos musculares.

4- Exercícios pliométricos

box jump salto na caixa

 

Exercícios que exigem agilidade no trabalho de pernas e coordenação motora, são muito eficientes para desenvolver os sinais proprioceptivos.

Esses exercícios pliométricos, como correr em um mini-circuito no formato de um 8, ou os saltos, para citar apenas dois exemplos, te obrigam a pensar nos padrões de movimento do corpo a todo instante, mesmo que sem perceber.

É por pensar tanto nos que você acabou de realizar como nos que realizará a seguir que você consegue fazer movimentos bruscos, mudanças de direção, etc., sem perder o equilíbrio ou simplesmente cair duro no chão.

Logo, esses movimentos ajudam a trabalhar o equilíbrio e a coordenação, através do aumento da sua noção sobre seu próprio corpo, que é basicamente àquilo que a propriocepção se refere.

De novo: se você acha que tudo isso é besteira, você está vacilando. Trabalhar essas qualidades hojes vai fazer de você um atleta muito melhor amanhã.

E um atleta melhor não é só um atleta capaz de treinar mais e melhor… é mais forte e com um shape mais insano!

Comentários