fome, noite, geladeira

6 dicas para reduzir a fome à noite e não prejudicar sua dieta

Sabemos que é muito comum bater aquela fome à noite e você acabar atacando a geladeira sem pensar. Saiba como reduzir essa fome e não prejudicar sua dieta

É comum algumas pessoas sentirem mais fome durante a noite e atacar a geladeira tarde da noite ou até de madrugada.

Porém, esse hábito pode prejudicar a sua dieta, principalmente, quando é uma dieta de perda de peso ou definição.

Comer à noite não vai atrapalhar a sua dieta só porque é à noite.

Apesar de alguns especialistas sugerirem que as refeições noturnas devam ser mais leves e menos calóricas, isso não é regra.

O fato de sentir mais fome à noite pode atrapalhar o seu emagrecimento, pois pode fazer com que você exagere na ingestão de calorias.

Ultrapassando a quantidade que deveria ter consumido – fator que vai sim prejudicar a perda de peso.

Além disso, o consumo de alimentos calóricos e pesados à noite pode prejudicar o seu descanso.

Que é o período que o seu organismo passa por processos metabólicos, produção de hormônios, etc.

Eles podem ser prejudicados quando há um consumo calórico muito grande pouco tempo antes.

E se você tiver os processos metabólicos prejudicados, possivelmente terá uma dificuldade muito maior em chegar no seu objetivo. 

Além disso, comer alimentos pesados e de difícil digestão também pode prejudicar o seu sono e descanso.

Ou seja, comer exageradamente ou além do que você precisa prejudica sua dieta sim e é muito comum que isso aconteça à noite, pouco tempo antes de dormir.

Essa forme pode aumentar também pela ansiedade e outros fatores psicológicos.

O fato é que algumas estratégias alimentares podem te ajudar a controlar o apetite.

E a fome durante à noite e evitar que você exagere nas últimas refeições, bem como faça refeições fora da sua dieta.

Saca só as dicas a seguir:

6 dicas para reduzir a fome à noite e não prejudicar sua dieta

Alimentação equilibrada

Simples assim. Se você fizer uma alimentação saudável e equilibrada durante o dia, você vai conseguir controlar melhor a sua fome durante a noite e nem vai perceber.

Além de ser essencial para alcançar os seus resultados, saber que você fez todas as refeições de acordo com as suas necessidades nutricionais pode fazer com que você pensa duas, três vezes antes de sair da dieta.

Ou seja, uma alimentação equilibrada é fundamental para alcançar seus objetivos e para controlar a fome noturna.

1. Beba água

músculos - água

Muitas pessoas param de beber água quando chegam em casa e isso é um grande erro.

Primeiro porque você deve se manter hidratado durante todo o dia, depois porque beber água pode te ajudar a controlar o apetite.

É comum algumas pessoas confundirem a sede com a fome, pois o hipotálamo é a área do cérebro responsável por enviar ao organismo a sensação de fome ou sede.

Assim, você pode confundir o indicativo de sede e de fome, causando um aumento do apetite e a vontade de comer.

2. Alimentos com fibras

Consumir alimentos com fibras a noite também ajuda no controle do apetite.

As fibras aumentam a sensação de saciedade e isso faz com que você sinta menos fome.

Os alimentos integrais e os vegetais são os alimentos que mais contêm fibras.

Por isso, eles devem estar presentes nas suas refeições, de acordo com as suas necessidades é claro.

A recomendação é em torno de 25g de fibra por dia. Quer saber mais sobre as fibras? Clique aqui!

3. Alimentos com proteína

excesso de proteína 3

Assim como as fibras alimentares, a proteína também tem efeito sacietógeno.

Portanto, consumir alimentos fontes de proteína nas últimas refeições pode te ajudar a sentir menos fome e vontade de comer antes de dormir.

Os suplementos proteicos, como o Whey Protein também podem ser uma boa opção, já que contém alta quantidade de proteína por dose.

E tem mais: proteína de alta qualidade. 

A proteína também ajuda no emagrecimento, pois colabora para o aumento de massa muscular e quanto mais massa muscular, maior é gasto calórico.

4. Fracione as refeições

Fracionar as refeições durante o dia e estabelecer o horário de cada refeição vai te ajudar a se organizar melhor.

Além de evitar que você consuma uma alta quantidade de calorias à noite e/ou fazer as refeições muito tarde.

Isso porque quando chegar a noite, você já vai ter feito todas as refeições que precisa.

E o seu organismo vai estar bem nutrido e você vai estar com menos fome na última refeição – o que fará você não atacar a geladeira.

5. Evite alimentos e bebidas estimulantes

cafeína 3

Se você é uma pessoa ansiosa e/ou tem dificuldade em dormir, deve evitar alimentos e bebidas que atrapalham o sono ou dão mais energia.

Ter mais energia e disposição ou demorar muito para dormir podem aumentar a sua vontade de comer.

Seja porque você quer compensar a sua frustração em não conseguir dormir.

Ou porque você quer fazer várias coisas, pois está muito elétrico e seu organismo pede mais energia (alimentos calóricos).

O fato é que você precisa descansar bem e evitar o consumo de alimentos calóricos.

Já que seu objetivo é emagrecer, e para isso você precisa evitar chá com cafeína, como chá verde, erva-mate, etc., guaraná em pó, café, entre outros.

A cafeína pode ser consumido por quem quer emagrecer, até porque ela ajuda a queimar gordura, mas deve ser consumida em um horário que não atrapalhe o seu sono.

6. Evite carboidratos refinados

Os carboidratos refinados, como farinha de trigo, açúcar, arroz branco e outros possuem um índice glicêmico alto.

Ou seja, o açúcar desses alimentos são liberados rapidamente no sangue.

Com isso, há também um rápido aumento da insulina, gerando um estímulo para o cérebro – fome.

Esses alimentos, portanto, podem aumentar a fome e a vontade de comer, fazendo que você consuma uma maior quantidade de calorias e/ou que sinta mais fome poucas horas depois.

Dessa forma fica muito mais difícil de controlar a fome. A solução, então, é evitar esses alimentos à noite.

Prefira os cereais integrais e os alimentos ricos em fibras para justamente aumentar a sensação de saciedade e reduzir o apetite.

 

LEIA MAIS: CrossFit Games muda formato e anuncia etapa no Brasil
LEIA MAIS: 5 benefícios do abacaxi que vão te fazer gostar ainda mais desta fruta

Comentários