braços

6 dicas para acelerar o desenvolvimento muscular dos braços

Todo e qualquer maromba desse mundo quer braços fortes, trincados, que chamem atenção. É fato. Veja 6 dicas para chegar lá!

Todo e qualquer maromba desse mundo quer braços fortes, trincados, que chamem atenção. É fato.

A gente já deu várias dicas de treino para te ajudar a chegar lá – exercícios, vídeos com erros e “macetes” para movimentos específicos, entre várias outras coisas.

Mas as pessoas continuam clamando por mais informações que as ajude a chegar neste objetivo.

Então vamos lá. Aqui, mostraremos algumas dicas gerais que podem acelerar os ganhos no tamanho e na força do seu braço. Dá uma olhada:

6 dicas para acelerar o desenvolvimento muscular dos braços

1- Arm day

bracos-3

Especialistas do mundo inteiro concordam: nada, absolutamente nada, é mais eficiente para desenvolver os braços do que trabalhar bíceps, tríceps e antebraço juntos, no mesmo dia.

O ideal é treinar bem descansado, com os estoques de glicogênio no limite, porque assim você consegue fazer um treino mais intenso e ter resultados melhores.

É fato que os músculos trabalhados no começo do treino vão se desenvolver mais rapidamente do que os do fim da sessão, quando os músculos já estão mais fadigados.

2- Barra mais grossa

bracos-5

Uma barra mais grossa é ainda mais eficiente para o desenvolvimento muscular e para aumentar a força.

Se na sua academia não existe essa opção, você pode comprar um acessório como este, ou então usar uma toalha ou pedaço de pano para deixar a barra mais espessa.

A barra mais grossa demanda um esforço maior para segurá-la e exige mais força para carregar o mesmo peso.

3- Treine o antebraço

bracos-2-antebraco

Não é só de bíceps e tríceps que se faz um braço gigante. O antebraço também tem forte impacto visual – e também afeta o seu treino de outras partes do corpo.

Com antebraços mais fortes, você poderá fazer um treino de hipertrofia melhor, pois poderá usar cargas maiores e aguentará um volume maior em exercícios como o supino, o levantamento terra e a remada com barra.

4- Livre-se da gordura

bracos-6

Por mais que você treine, seus braços só vão ser realmente impressionantes quando estiverem definidos e minimamente vascularizados (com algumas veias aparentes).

Para isso, você precisa queimar a gordura gorporal, e fazer os músculos saírem de traz da capa de gordura que os deixam escondidos.

Uma alimentação equilibrada e exercícios cardiorrespiratórios ou de alta intensidade vão fazer você gastar mais energia do que consome e chegar lá fica fácil.

5- Cuidado com o cotovelo

bracos-1

Esta é a articulação mais importante dos braços – e também dos exercícios que movimentam esses membros. Se você não respeitar os limites do seu cotovelo, tudo vai por água abaixo.

Com o cotovelo machucado, você deixa de treinar não apenas os braços, mas quase todos os músculos da porção superior do seu corpo – peitoral, ombros, trapézios, costas, abdominais.

Se a dor muscular pode ser um sinal de que o treino foi bom, com a articulação não é bem assim. Se o seu cotovelo começar a doer, algo está errado e é preciso cuidado para não colocar a saúde e o treino em risco.

6- Variedade

bracos-4

Não caia no conto do “exercício perfeito”. Isso não existe.

Claro, alguns exercícios são melhores do que outros para determinados objetivos, mas isso não significa que você deve fazer só ele.

Diferentes estímulos para o mesmo músculo ou grupo muscular é essencial para um treino eficiente. Use uma variedade grande de exercícios sempre!

Comentários