como escolher o melhor whey protein

Como escolher o melhor tipo de whey protein para suas necessidades

Existem milhares de marcas, sabores e tipos de Whey Protein no mercado. Por isso, escolher o melhor whey nem sempre é fácil. Descubra como!

O whey protein é o suplemento fitness mais famoso e consumido do mundo. É uma verdadeira mão na roda para quem quer ganhar massa muscular e tem dificuldades em conseguir ingerir os níveis adequados de proteína apenas através da alimentação.

Só que existem vários tipos diferentes de whey protein no mercado. Você sabe qual o melhor whey para as suas necessidades?

Porque, como quase tudo nessa vida, nem sempre o que é mais caro é necessariamente melhor; assim como o mais barato às vezes pode sair caro. Por isso, é preciso atenção aos detalhes.

Para escolher o melhor whey protein para você, com a qualidade e as características que o seu corpo e os seus objetivos exigem, requer atenção a determinadas informações que normalmente passam despercebidas.

Muita gente pode achar que são detalhes irrelevantes, mas a verdade é que se você busca um bom resultado, essas informações e esses detalhes são essenciais.

Quer saber mais e obter o conhecimento necessário para escolher o melhor whey? Lembre que isso pode te dar mais resultados e ainda fazer você economizar uma grana! Se liga:

Como escolher o melhor whey protein para suas necessidades

guia completo whey protein

Características gerais

O whey protein é um suplemento que permite a ingestão de grande quantidade de proteínas.

Uma característica comum deste tipo de produto é a sua rápida absorção pelo corpo, atributo que facilita muito que os músculos recebam os nutrientes que precisam para crescer.

Enquanto alimentos sólidos demoram várias horas para serem digeridos pelo corpo, o whey fica disponível em menos de 50 minutos. Uma vantagem e tanto, né?!

É claro que isso não significa que você vai trocar todas as suas refeições pelo whey – pelo contrário, isso faria muito mal, já que os alimentos “convencionais” oferecem vários outros nutrientes essenciais que o whey protein não tem.

Só que é possível fazer do whey um grande aliado e uma poderosa ferramente a favor da hipertrofia. E o whey não é só para os marombas: até quem não faz musculação pode consumir o produto, auxiliando na obtenção de proteínas de uma maneira complementar.

Como funciona e para que serve?

O whey protein é uma proteína extraída do soro do leite de vaca. Você pode estar se perguntando: “para que ele serve, afinal?”.

A suplementação com proteína tem o objetivo de fornecer ao músculo os nutrientes que ele precisa durante a atividade física, ajudando na construção da massa muscular.

Depois de se exercitar, a proteína ainda atua nos processos de reparação muscular, sendo muito importante para quem quer atingir aquele shape insano.

Outra tarefa importante é o auxílio na prevenção do catabolismo – ou a perda de músculo, eventualmente usado pelo organismo como fonte de energia. Depois de tanto esforço e dedicação na academia, não é isso que você quer, certo?

Tipos de whey protein

whey isolado

O mercado brasileiro sofreu uma invasão de tipos e marcas whey nos últimos anos. E isso é ótimo para quem treina, que tem uma grande variedade de produtos para poder escolher!

Além da variedade enorme de marcas, existem três tipos mais comuns de whey protein: o concentrado, isolado e hidrolisado. Entenda:

Whey Concentrado

O whey concentrado é o mais barato entre os três tipos disponíveis. A proteína que é extraída do leite passa por diversas filtragens, mas a lactose e a gordura são preservadas. Além disso, a estrutura da proteína é mantida, fazendo com que a digestão seja um pouco mais lenta que as outras opções.

Mas isso está longe de significar que ele é pior do que os outros – tudo depende do que você precisa ou espera de um whey. Pelo contrário, a relação custo-benefício do whey concentrado é possivelmente a melhor entre os três tipos.

Se o seu objetivo é ganhar massa muscular e não tem restrição quanto à ingestão de carboidratos, o whey concentrado é uma ótima opção – não faz sentido gastar mais em um produto cujo principal benefício não vai ser útil pra você.

Outro ponto a favor do whey concentrado é a variação de sabores. São muito mais opções do que nos outros tipos de whey. A Iridium Labs, por exemplo, oferece o Iridium Whey Concentrado nos sabores Chocolate Belga, Baunilha ou Morango.

Whey Protein Isolado

O processo de fabricação do whey isolado faz com que este tipo de suplemento fique com quase nenhuma gordura ou lactose em sua composição.

Por isso, o whey isolado conta com pelo menos 90% de proteínas em sua fórmula. Como seu processo é mais elaborado, o preço de comercialização também é maior.

O gosto do whey isolado é mais forte – há algum tempo, muita gente evitava este tipo de suplemento por causa disso. Hoje, no entanto, as principais marcas já conseguem oferecer o Whey isolado com sabores agradáveis, como o Iridium Whey Isolado sabor Citrus.

Por ter quantidades insignificantes de gordura e carboidratos, o whey isolado tem uma absorção mais rápida que o concentrado.

Se você tem intolerância à lactose, esta é a melhor opção. Se não tem esse problema, precisa avaliar o quanto a diferença de preço em relação ao concentrado vai pesar em relação aos benefícios, como menos gordura e carbs – e o quanto isso é importante para seus objetivos.

Caso você já tenha a massa muscular que desejava e esteja numa fase de cortar gordura, por exemplo, pode ser a escolha certa.

Whey Hidrolisado

Essa é a versão com a maior concentração de proteínas, atingindo a taxa de até 99%.

Como você deve estar imaginando, essa opção é a mais cara das três. Além do maior preço, o whey hidrolisado também tem o sabor mais forte (e desagradável) dos três, a ponto de muita gente nem conseguir consumi-lo diariamente.

A sua produção é mais elaborada que as outras duas opções, e um desses processo é o de quebra das proteínas, uma espécia de pré-digestão, que faz com que a absorção dela no organismo seja ainda mais rápida.

A opção hidrolisada também pode se revelar uma boa opção para quem tem intolerância à lactose ou aos demais componentes do leite, pois é totalmente livre deles.

No fim das contas, o whey hidrolisado é o que possui absorção mais rápida e a maior quantidade de proteínas. Mas o seu sabor e, principalmente, seu preço, fazem com que esta seja uma opção mais recomendada apenas à atletas profissionais (ou pessoas com dinheiro sobrando).

Suas vantagens dificilmente serão úteis para a maioria dos marombas a ponto de fazer valer a diferença de preço e o gosto desagradável.

Quando tomar cada tipo?

como tomar whey protein

Você pode tomar o whey em diferentes situações: antes ou depois do treino ou em diferentes horários.

Entretanto, como tem uma grande quantidade de proteínas, o ideal é que sua ingestão aconteça no pós-treino, ajudando na reparação dos músculos e na hipertrofia muscular.

É isso mesmo: ele pode ser um grande aliado no ganho de massa magra!

A quantidade a ser ingerida varia muito de pessoa para pessoa, considerando seu peso, altura, objetivo e, claro, sua alimentação. O ideal é conversar com um nutricionista para determinar quanto whey tomar a cada dia.

Critérios importantes

Na hora de escolher o Whey, é muito importante levar em conta determinados critérios.

O ideal é procurar ajuda de um nutricionista, que pode considerar qual a quantidade e o tipo ideais para o seu biótipo.

Entretanto, você também pode escolher por conta própria, basta prestar bastante atenção em alguns fatores, como os citados acima em cada tipo de whey, e também nessas dicas abaixo:

Fabricante

Não é porque uma opção é cara que ela é necessariamente boa.

Existem diversos fabricantes que não entregam no produto o que prometem no rótulo, portanto, é bom escolher bem!

Procure marcas com credibilidade, peça indicação dos seus amigos, de profissionais envolvidos com esse tipo de suplemento, nutricionistas e etc.

Uma boa pesquisa também pode ajudar. Dê uma olhada em reviews, na opinião de atletas profissionais, e conheça a opinião de quem já usou determinada marca.

Para descobrir o melhor whey para você, estar bem informado é essencial.

Sabor

O sabor é outro ponto importantíssimo, principalmente se você vai consumir o whey com frequência.

Se você vai fazer uso desse tipo de suplementação todos os dias, é muito importante procurar opções menos enjoativas e com sabor agradável.

Uma boa pedida é tentar experimentar de quem já faz o uso frequente, escolhendo a opção que você mais gostar. Uma das características do melhor whey para você é que você não vai desistir de tomar na primeira semana.

Preço

Não adianta nada comprar apenas com base no preço e a opção mais barata nem sempre é a melhor para você, para seus objetivos e as necessidades do seu corpo.

Nesse caso, mais do que procurar o melhor preço, é bom procurar o equilíbrio entre o que você precisa e o quanto pode gastar.

Por exemplo, se você não pode ingerir muita gordura, ou se tem deficiência de proteínas, não adianta tomar whey concentrado só porque custa menos. Também não precisa comprar o hidrolisado, que vai custar muito mais do que você pretende gastar.

Comprar o whey mais barato vai fazer com que você acabe jogando dinheiro fora – sabe a história de que às vezes “o barato sai caro”?

Esse é o momento de pesar os prós e contras de todas as opções e escolher o melhor whey possível com base no que você precisa.

Perfil dos Aminoácidos

O último ponto que vamos abordar e que você deve analisar para escolher o melhor whey para você é o perfil dos aminoácidos que você está ingerindo.

Afinal de contas, o whey tem como objetivo oferecer as proteínas que seu corpo precisa e elas serão, em seguida, digeridas e quebradas em aminoácidos.

Esse é o momento de observar se o seu whey conta com aminoácidos BCAA ou EAA. A primeira opção conta com aminoácidos de cadeia ramificada, que têm papel de auxiliar o músculo a produzir outros aminoácidos que vão ajudar na produção de novas fibras musculares. Esse é um processo que ajuda a hipertrofia, ou seja, o crescimento muscular.

Além disso, os BCAAs impulsionam a produção de insulina, fazendo com que a energia chegue às células com mais facilidade. Já a segunda opção é repleta de aminoácidos essenciais, ou seja, que não são fabricados naturalmente pelo corpo. Nesse caso, eles devem ser obtidos através da alimentação ou com a ajuda dos suplementos.

Existem 9 tipos de aminoácidos essenciais, responsáveis por diferentes funções no corpo.

Para encontrar um whey de qualidade, ele deve ter a concentração dos aminoácidos equilibradas, facilitando os dois benefícios. O Iridium Whey Concentrado, por exemplo, possui ótima quantidade de BCAAs.

Iridium Whey

Fabricado pela Iridium Labs, o Iridium Whey Concentrado ou Isolado utilizam as melhores matérias-primas disponíveis no mercado para que você atinja seus objetivos com mais facilidade.

Eles oferecem tudo que seu corpo precisa para fazer que seus músculos fiquem maiores, facilitando a hipertrofia que você tanto sonha!

Com uma alta concentração de proteína, baixíssima quantidade de carboidratos e nenhuma adição de açúcar, gordura ou glúten, oferecem uma combinação perfeita para te impulsionar rumo aos seus objetivos.

Além disso, a marca, sucesso de vendas na Europa, tem credibilidade nos mercados nacional e internacional – não por acaso, patrocinou a Fit Expo LA 2016, participou da Arnold Classic Brasil da Expo Nutrition 2016 e tem diversos atletas, educadores físicos e nutricionistas no seu time de especialistas.

Como muitas marcas de renome apresentavam resultados diferentes dos prometidos, a Iridium entrou no mercado brasileiro com um cuidado muito acima da média em relação à sua formulação, produção e distribuição.

Tudo isso para que você tenha acesso a um produto de excelência, para que você receba exatamente aquilo que está comprando e tenha o melhor whey possível por um preço justo.

Dicas importantes

Quando for escolher o seu whey, não se esqueça de considerar os seguintes pontos:

  • Leia o rótulo com muito cuidado e atenção;
  • Veja qual é a quantidade de carboidratos por porção. Esse é um ponto que varia muito do seu objetivo ao ingerir o Whey, mas é um ponto a ser analisado, concorda?
  • Não se esqueça de analisar a confiabilidade da marca. Infelizmente, ainda encontramos diversas marcas que não são idôneas, fato que gera muitas denúncias pelos ingredientes utilizados de forma incorreta.

Existem muitos bons produtos no mercado, sejam eles nacionais ou importados. Mas não se esqueça de que eles podem ter atribuições diferentes, portanto, a melhor opção sempre será aquela que cobrir as suas necessidades individuais.

E aí, qual o melhor whey protein para você?

Comentários