batata doce

Carboidrato: 7 alimentos que possuem o nutriente em grande quantidade

7 alimentos que muita gente, seja quem treina ou não, consome achando que é totalmente saudável, mas que possuem alta quantidade de carboidrato

O carboidrato é visto como vilão de muitas dietas, e por isso alguns alimentos ricos neste nutriente são excluídos de muitas dietas.

Entretanto, isso é um grande erro, pois o carboidrato é um nutriente essencial para o organismo.

É a principal fonte de energia, colabora para o ganho e manutenção de massa muscular, entre outros benefícios.

O fato é que o carboidrato pode ser aliado das dietas e trazer diversos benefícios.

Desde que você saiba escolher as melhores opções e consumir de acordo com as suas necessidades nutricionais.

Alguns alimentos ricos em carboidratos, como mencionado, são excluídos da dietas e substituídos por alimentos com menos carboidratos.

Porém, nem sempre contém menos carboidrato mesmo.

Muitas pessoas se enganam com as quantidades de carboidratos de alguns alimentos, e acabam trocando seis por meia dúzia.

Vale lembrar que isso não significa que a pessoa não pode consumir esses alimentos.

Pelo contrário, eles podem ser grandes aliados da dieta.

Só que você deve saber as quantidades de carbo deles, até para fazer substituições conscientes.

Confira agora 7 alimentos consumidos pela galera, que ‘exageram’ no carboidrato.

Saca só:

Carboidrato: 7 alimentos que possuem o nutriente em grande quantidade

1. Frutas secas

frutas secas

As frutas secas, assim como as frescas, são fontes de carboidrato e contêm a mesma quantidade de carboidrato e calorias.

Porém, como a fruta seca tem sua água retirada, apresenta uma concentração mais elevada de carboidrato na mesma porção.

Ou seja, 100g de ameixa seca tem mais carboidrato que 100g da fruta fresca.

Além disso, por ter um menor volume, as frutas secas podem fazer com que você demore mais para ficar satisfeito.

O que pode fazer você consumir mais, ou seja, ingerir ainda mais carboidrato.

Assim, você precisa saber a quantidade de carboidrato por porção da fruta seca e consumir de acordo com as suas necessidades.

2. Leguminosas

músculos - lentilha

Pertencem a este grupo alimentar o feijão, a lentilha, o grão-de-bico, ervilhas, etc.

E muitos pensam que esses alimentos são fontes de proteína.

Realmente esses alimentos contêm boa quantidade de proteína e são ótimos substitutos das proteínas de origem vegetal.

Entretanto, eles também possuem alta quantidade de carbo.

Em média, 100g desses alimentos contém 15g de carboidrato.

Mas, vale lembrar que além da proteína, contém boa quantidade de fibra, esses alimentos proporcionam diversos benefícios à saúde.

3. Iogurte

Por ser um derivado do leite, as pessoas também acham que o iogurte é um fonte de proteína e baixo em carbo.

Talvez já esteja claro que os iogurtes adoçados ou aromatizados são ricos em carboidratos, mas o iogurte natural também é.

Isso porque eles contêm lactose, um açúcar natural encontrado no leite.

O que não significa que deva ser evitado, é só um alerta para você não se enganar.

O iogurte natural pode ser, sim, um grande aliado da sua dieta, basta consumir conforme suas necessidades.

E claro, prefira sempre as versões naturais – sem adição de açúcar e outros aditivos.

4. Suco de laranja

suco de laranja

Antes de mais nada, os sucos naturais não são um veneno e nem vão estragar a sua dieta.

Basta você consumir de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Além de ser uma opção mais saudável que sucos artificiais, refrigerantes e outras bebidas industrializadas.

Mas ele não deixa de conter alta quantidade de carboidrato.

Um copo de suco de laranja pequeno contém cerca de 20g de carboidrato.

Geralmente, há um maior consumo de carbo e calorias com o consumo do suco em relação a fruta.

Porque a pessoa usa mais de uma fruta para preparar o suco e ele ainda possui menos fibra alimentar.

Portanto, o consumo da fruta é sempre a melhor opção!

5. Pão sem glúten

pão sem glúten

Não é porque o pão não tem glúten que ele é zero ou low-carb!

Alguns pães sem glúten contém carboidrato e às vezes elevada quantidade do nutriente.

As receitas desses pães podem conter carboidratos simples, açúcar, além das gorduras vegetais.

Então, você deve ficar esperto na lista de ingredientes e escolher as opções que mais atendem suas necessidades e as mais saudáveis.

6. Molho barbecue

molho barbecuemolho barbecue

Para preparar esse molho, muitas vezes é utilizado uma alta quantidade de açúcar, o que torna o molho calórico e rico em carboidrato.

Este e outros molhos ainda podem conter alta quantidade de sódio e aditivos, que fazem mal à saúde.

Fique de olho na lista de ingredientes e se puder, prepare seu próprio molho, de forma mais natural e saudável.

7. Batata doce

batata doce

A batata doce é aliada da dieta de muitos atletas e praticantes de atividade física, por isso é muito bem vista pelas pessoas.

Ela possui mais fibras e um menor índice glicêmico que a batata inglesa, por isso que ela é considerada uma opção mais saudável.

Porém, engana-se quem acha que ela tem pouco carboidrato.

Saiba que 100 g de batata doce cozida tem cerca de 20 g de carboidrato, quantidade semelhante da batata inglesa.

Logo, a grande diferença está realmente no índice glicêmico e quantidade de fibras.

Claro que isso não é nenhum absurdo, e que esses alimentos vão acabar com a sua dieta.

Você só precisa saber essas informações para consumir o alimento de acordo com as suas necessidades.

Vale lembrar que um alimento fonte de carboidrato não possui apenas carboidrato.

Então, 100 g de batata doce contém quantidade diferente do nutriente em relação a 100g de arroz.

Outro ponto importante é a qualidade nutricional do alimento.

Consumir 20 g de carboidrato do arroz branco e 20 g de carboidrato de batata doce, em termos de quantidade do nutriente é a mesma coisa.

Mas em relação aos valores nutricionais é diferente, pois os alimentos contém outras quantidades de macronutrientes, fibras, vitaminas e minerais.

LEIA MAIS: ‘Creed 2’: trailer apresenta Michael B. Jordan com shape insano
LEIA MAIS: Conheça o ‘Popeye’ ucraniano campeão mundial da Luta de Braço

 

Comentários