bodybuilding

Bodybuilding: o que fazer para se tornar um bodybuilder de verdade

A prática de Bodybuilding tem como objetivo principal melhorar a estética do corpo através da boa alimentação e prática de atividades físicas. Saiba mais!

O bodybuilding, como a própria tradução indica, é um trabalho de construção de um novo corpo — nesse caso, muito mais forte e definido.

Ele acontece por meio de atividade física intensa e dieta apropriada, além de muita motivação e força de vontade dos envolvidos.

Ainda assim, muitas pessoas ficam tão focadas nas mudanças do corpo que acabam se descuidando de um ponto muito importante: a saúde.

Elas investem em treinamentos pesados e esquecem de oferecer ao corpo os nutrientes e descanso que ele precisa para funcionar bem. 

A boa notícia é que é possível SIM garantir os resultados que você sempre sonhou sem comprometer esse aspecto.

Quer entender mais sobre o assunto? Então fica ligado!

Bodybuilding: o que fazer para se tornar um bodybuilder de verdade

O bodybuilder, também conhecido como fisiculturista, é uma pessoa preocupada com a estética do corpo.

Por mais que muitas pessoas gostem de praticar atividades físicas com frequência, é comum encontrar várias delas que não sabem o que fazer para se tornar um.

Veja abaixo alguns passos:

Comece com uma consulta médica

Antes de começar a malhar para o bodybuilding é muito importante conversar com seu médico.

Ele pode te orientar sobre o que fazer, que cuidados tomar para não prejudicar seu corpo e ainda aconselhar sobre vários aspectos nesse mesmo sentido.

Isso tudo sem contar que o apoio do seu médico de confiança é um ótimo passo para se sentir mais seguro nessa nova empreitada.

Quando sabemos que está tudo certo ficamos mais motivados para praticar as atividades.

Foque na base muscular

É importante dar muita atenção a sua base muscular, pois é o que vai atingir seu corpo inteiro.

Alguns dos exercícios mais comuns envolvem agachamentos e levantamentos feitos várias vezes por semana, mas é bom entender quais são os músculos que você deve focar mais.

Tenha treinos refinados para complementar os resultados

Se a ideia do bodybuilding é “construir o corpo”, é importante focar no treino de hipertrofia de uma maneira geral, mas é bom lembrar que você também deve incorporar algumas atividades que trabalhem cada região de forma mais específica.

Já que eles vão dar mais controle sobre o desenvolvimento muscular.

Portanto, foque na ênfase que preferir e explore as regiões que ainda estão mais fracas, pois essa é uma excelente oportunidade de desenvolver em sessões únicas e específicas.

Concilie com exercícios aeróbicos

As atividades aeróbicas devem acontecer de duas a três vezes por semana, pois assim fica mais fácil queimar a gordura extra e conquistar os resultados com mais facilidade.

Como você já viu, os músculos não são os únicos pontos relevantes para os bodybuilders.

Para que seus músculos apareçam é muito importante queimar a gordura — e as atividades aeróbicas são muito importantes nesse sentido.

Aposte no período de descanso

É durante o descanso da noite que acontece a síntese muscular, ou seja, o período em que os músculos verdadeiramente crescem.

Por isso, o esforço excessivo pode acabar atrapalhando e até te afastar dos treinos.

Para não cair nesse e outros enganos, é muito importante conhecer os mitos que contam por aí sobre bodybuilding e assim se preparar de forma mais consistente. 

Motivação no bodybuilding: caminho para resultados a longo prazo

A motivação bodybuilding é um dos itens mais importantes quando o assunto é modelar o corpo, já que o processo é longo e os resultados de qualidade e definitivos vêm à longo prazo.

É isso mesmo, você consegue definir seu corpo com treinos pesados, mas para se tornar um bodybuilder é preciso ir além. Q

Quando falamos de bodybuilding, isso exige mais tempo de preparo (e, por consequência, mais motivação e paciência dos envolvidos).

Quem quer fazer essa construção da forma correta sabe que precisa se preparar e investir em cuidados básicos com a saúde.

Isso porque o preparo da forma inconsistente pode ser ruim para a saúde até mesmo para a própria estética do corpo.

Pense por alguns minutos: todo mundo sabe que precisa levantar peso para modelar o corpo (e esse é, inclusive, um dos pilares do bodybuilding), mas ele está longe de ser a única coisa que você deve fazer.

Os praticantes também devem baixar os índices de gordura no corpo, um ponto que pode tornar a definição mais difícil e exigir paciência dos envolvidos. 

Para fechar, basta lembrar que o corpo realmente cria os músculos nos momentos de descanso.

Isso significa que é fundamental ter equilíbrio, tirar uma folga de vez em quando, e entender que somente com muita motivação no bodybuilding é possível conquistar resultados duradouros.

Existem também outros fatores que você deve adotar para manter a saúde em dia e não precisar se preocupar com o funcionamento do seu organismo.

Confira quais são esses cuidados e tenha um processo bem mais leve.

Faça exames médicos para ter cuidados especiais

Os exames médicos são a melhor forma de perceber se está tudo certo com o funcionamento do seu corpo ou se precisa adotar algum cuidado especial.

No caso das atividades de alta intensidade, esse é um passo indispensável e que merece atenção. 

Portanto, quando estamos falando dos cuidados com a saúde, não podemos deixar de citar a importância de um check-up preventivo.

Essa é a melhor forma de perceber alguma inconsistência e cuidar dela ainda no começo.

Se você descobrir algum probleminha no coração, essa é a forma de se precaver, monitorar seu desenvolvimento e ver se pode mesmo se submeter a uma atividade como o fisiculturismo.

Afinal de contas, a atividade de pegar peso, fazer atividade aeróbica e ter uma alimentação adequada pode ser puxada e é fundamental que seu corpo esteja preparado.

Além do coração, peça que ele analise todos os outros detalhes que considerar pertinentes e assim faça com que seu corpo esteja pronto para essa aventura.

E tem mais: esse cuidado deve acontecer de forma periódica também. Essa é uma forma de acompanhar o verdadeiro estado do seu corpo e checar qualquer problema ainda no começo.

Escolha uma academia ou treinador de altíssima qualidade

A academia e o treinador são dois pontos cruciais para quem quer ser bem-sucedido nesse sentido. E não é para menos, já que os dois tem relação direta com o corpo que você pretende formar.

Comece considerando a academia. É fundamental que ela seja segura, bem instalada e com bons equipamentos.

Todos esses pontos são indispensáveis para o seu sucesso, pois são esses materiais que você vai usar e que serão os responsáveis por potencializar seus resultados. Faça um teste e seja muito criterioso.

Veja se os equipamentos estão em boas condições de uso, se existem aparelhos suficiente para todas as pessoas, se o clima é bom e todos os outros pontos que considerar necessários.

Se você pensa que isso é dispensável é bom saber que tudo isso faz muita diferença no final das contas e ajuda na tarefa de crescer e se desenvolver com o propósito de manter a saúde em dia.

Para fechar, não poderíamos deixar de citar a importância de um bom treinador.

Essa pessoa pode dar todo o suporte e aconselhamento que você precisa — e o melhor: tudo isso de forma específica e direcionada.

Como existem pessoas que se especializaram nesse tipo de atividade, elas acabam conhecendo um pouco mais o “caminho das pedras” (o que acaba sendo um grande diferencial).

E tem mais: ele consegue entender seus limites, fazer com que você descanse e te apoiar para que todo o processo de construção aconteça de forma saudável e sem ultrapassar os limites do seu corpo.

Defina metas de desenvolvimento alcançáveis

Por mais tentador que seja, é bom se segurar e não sair querendo abraçar o mundo com todas as suas forças. As metas traçadas devem ser seguras, alcançáveis e planejadas.

Como você deve imaginar, essa é uma forma de controlar a forma como vai treinar e desenvolver seu corpo, a fim de que não saia treinando de maneira desenfreada, assim cometendo erros, e correndo risco de obter lesões.

Portanto, converse com seu médico, personal e outras pessoas já envolvidas nesse processo para entender melhor que caminho seguir.

A hora de traçar metas é crucial para o desenvolvimento de um projeto consistente e que trará os resultados que você tanto espera.

Faça de uma forma que consiga acompanhar e atingir cada uma dessas etapas. Essa é uma forma de se manter motivado, continuar correndo atrás dos seus objetivos e ficar sempre engajado com a proposta.

Compreenda as vantagens de ser um bodybuilder natural

O fisiculturismo natural (ou bodybuilding natural) é um projeto relativamente novo, pois nasceu em 1990.

A sua principal ideia, como o próprio nome indica, é seguir um caminho mais natural — o que não envolve o uso de drogas.

É importante frisar essa vertente, já que muitas pessoas ficam tão bitoladas com a ideia de transformar o corpo que acabam deixando de considerar a saúde.

Se você quer respeitar seus limites, deixar seu corpo limpo e seguir por um caminho mais natural, então ser um bodybuilder natural é a escolha certa para você.

E quando falamos em droga aqui, elas muitas vezes não tem nada a ver com aquelas que estamos acostumados.

Nesse caso, o caminho comum é a manipulação hormonal — a famosa bomba usada para fazer com que o corpo cresça de forma acelerada.

É bom lembrar que quem opta por esse caminho pode ser pego nos testes antidoping e se desclassificar de muitas das competições de fisiculturismo do mundo.

Isso sem contar que não faz nada bem para a saúde, claro.

A ideia é treinar, comer bem e de forma saudável, e contar com a ajuda da suplementação para conquistar os resultados.

Treinando de maneira natural, você tem motivos de sobra para se orgulhar dos seus resultados, pois sabe que eles foram conquistados com muito esforço e sem a ajuda de nenhuma injeção. 

Construa um treino bodybuilder que respeite suas limitações

Quem quer mudar o corpo e deixá-lo mais definido sabe que precisa treinar de forma consistente, pois as mudanças não acontecem da noite para o dia, né!?

É preciso se engajar, ter dedicação, garra e entender que é preciso fazer as atividades com frequência.

É importante sim treinar pesado e dar o melhor de si, mas é fundamental também entender seus limites e se respeitar.

Seja inteligente e entenda os sinais que seu corpo dá e o que ele pode estar querendo comunicar.

Pode ser que você esteja treinando muito além do seu limite, o que pode acabar fazendo com que você se contunda ou tenha alguma lesão.

Para não cair nessa cilada, o melhor caminho é respeitar as limitações do seu corpo e ir ajustando os treinamentos conforme as suas necessidades.

Para evitar que isso aconteça, lembre-se sempre da importância dos treinos de aquecimento e alongamento antes do treino bodybuilder.

Esse é um ótimo ponto e que passa despercebido por muitas pessoas que vão treinar. É uma forma de aumentar seu limite e treinar melhor.

Na hora do treinamento, deixe as cargas exageradamente pesadas de lado. É muito importante fazer tudo com a amplitude certa — e isso envolve um limite de peso que esteja dentro do aceitável.

Cuidado com os exageros! Treinar muitas horas por dia, diariamente não é a melhor opção e nem trará melhores resultados.

Como já dito anteriormente, o descanso é importantíssimo e não deve ser negligenciado. Se você ainda não entendeu, parar para descansar significa entender seus limites e respeitá-los, um ponto importante para quem presa pela saúde.

Então, descanse, durma bem e entenda que essa medida também faz o músculo crescer.

Complemente seus treinos com outras atividades físicas

Poucas pessoas sabem ou param de pensar nesse sentido, mas outras atividades físicas podem ajudar muito a potencializar os resultados.

Como falamos anteriormente, um bodybuilder sério vai muito além do corpo musculoso — ele também está preocupado com os índices de gordura.

As atividades aeróbicas entram como uma ótima alternativa para ajudar nesse sentido. Veja abaixo algumas delas que você pode adotar na sua rotina de treinamentos:

Crossfit

O crossfit é uma das modalidades mais procuradas do momento e pode ajudar de forma complementar quem quer cuidar de um corpo sarado.

Isso acontece porque o programa é um treino de força com exercícios de alta intensidade. Uma aula, por exemplo, pode queimar até 800 calorias, um ponto que acaba fazendo com que os praticantes queimem muita gordura.

Tênis

O tênis é outra atividade aeróbica que pode ajudar muito também. Não existe um perfil específico para os praticantes, mas a competição tem um alto gasto calórico.

Esportes coletivos

Opções como vôlei, futebol e outros esportes coletivos também podem ser uma boa pedida.

É claro que isso vai muito do perfil de cada um, pois algumas pessoas gostam de atividades com mais interação, enquanto outras preferem se exercitar enquanto estão sozinhas.

Esportes individuais

Essas também são boas alternativas para alcançar o propósito de diminuir a taxa de gordura.

Entre as mais comuns, você pode escolher entre várias opções, como sair para correr, pedalar, nadar ou qualquer outra atividade desse perfil.

Independentemente da atividade escolhida, o importante mesmo é se engajar e realizar o aprimoramento físico. Encontre uma opção que você se adapte e fique mais próximo do seu sonho.

Siga uma dieta bodybuilder profissional

A dieta bodybuilder de um profissional faz com que seja mais fácil aumentar seu índice de força, diminuir as taxas de gordura e oferecer exatamente o que seu corpo precisa nesse momento.

Veja o que alguns profissionais seguiram e saiba qual delas podem otimizar ainda mais seu treino:

Foque nas boas fontes de gordura

Se for para comer gordura, é bom investir nas boas opções. Nesse caso, os peixes gordos (como salmão e atum), frutos oleaginosos (nozes e amêndoa) e azeite.

As gorduras saturadas podem continuar fazendo parte da sua alimentação, mas com moderação.

Adote regimes específicos que “conversem” com o bodybuilding

Você também pode seguir uma dieta específica para cada um dos momentos que estiver vivendo. O regime tapering, por exemplo, tem por objetivo ajudar a alcançar a hipertrofia, aumentando assim a densidade dos músculos.

Por outro lado, também pode adotar uma dieta cutting. Ela tem o objetivo de reduzir de forma drástica o nível de gordura no corpo, evitando alguns nutrientes e gorduras.

O ideal, nesse caso, é que o período dure uma semana. E não é só isso: existe uma infinidade de dietas que podem ajudar nesse momento.

Veja qual é a melhor para o que está procurando e converse com um nutricionistal para checar se essa é mesmo uma boa alternativa.

Coma com frequência

Comer várias vezes ao dia também é uma ótima forma de manter o metabolismo acelerado e o corpo em pleno funcionamento.

Adote de 6 a 8 refeições e mantenha intervalos de tempo regulares entre uma e outra.

Aposte no hidrato de carbono

Esses componentes oferecem a energia que você precisa para um treinamento intensivo e com ótimos resultados.

Além disso, em refeições como o almoço e jantar é bom dar preferência a pratos com legumes e carnes magras.

Esteja sempre bem hidratado

Os fisiculturistas costumam carregar muitas garrafas de água consigo. Afinal, estar hidratado tem muito a ver com a boa forma física.

Beba água antes e durante os treinos e aposte na água de coco para repor os eletrólitos perdidos após o treino.

Procure um nutricionista ou nutrólogo

O ideal para criar algo ainda mais específico e que atenda suas demandas pessoais é buscar o auxílio de um profissional especializado na área.

Ele pode criar algo focado nos seus objetivos e fazer com que você consiga atingir isso de forma mais segura e saudável.

Considere a possibilidade de consumir suplementos

Os suplementos podem ajudar muito nesse momento.

Como o próprio nome indica, eles podem ser os responsáveis por suplementar o que seu corpo não é capaz de produzir em condições ideais, uma dica que pode parecer despretensiosa, mas acelera muito os resultados.

Suplementos de origem proteica podem ser de grande ajuda, pois beneficiam os praticantes de musculação e podem fazer com que seu corpo tenha a quantidade ideal de proteína para crescer.

Além disso, o ideal é que seu consumo aconteça até 30 minutos depois do treino, pois assim faz com que ele se recupere com mais facilidade e cresça de maneira mais segura.

Ainda assim, é importante conversar com um profissional especializado e descobrir qual é a quantidade mais indicada no seu caso, qual o melhor suplemento consumir.

Coloque a saúde como prioridade antes da estética sempre!

 

Muitas pessoas sonham em ter o corpo bonito e não há nada de errado nisso.

 

Entretanto, mais relevante que isso está a saúde — até mesmo porque não adianta está sarado se seu organismo está se deteriorando, certo?

Portanto não perca o foco e tenha sua saúde sempre em primeiro lugar. Por mais clichê que isso possa parecer, nunca se esqueça disso.

Tenha em mente que você pode sim seguir vários caminhos para ter o corpo sarado e se tornar um bodybuilder, mas é imprescindível não romper os limites de uma vida saudável.

Agora que você já sabe que pontos considerar para praticar bodybuilding mantendo a saúde em dia, não deixe de considerar cada uma dessas vertentes e garantir um processo ainda mais leve e tranquilo.

Para ajudar outras pessoas que se interessam por bodybuilding, que tal compartilhar esse texto nas redes sociais?

Essa é a melhor maneira de garantir um esclarecimento para cada um delas!

Pronto para se tornar um bodybuilder de respeito?

LEIA MAIS: 3 dicas importantes para você atingir seu Potencial Muscular Máximo
LEIA MAIS: Golden 6 Workout: o treino do Arnold que é perfeito para iniciantes

Comentários