jim arrington

Nem a asma impediu o ‘vovô’ do bodybuilding de desenvolver um shape insano

Jim Arrington é conhecido como o ‘bodybuilder mais velho do mundo’ e tem um shape insano, uma saúde de ferro e uma determinação que faria qualquer pessoa atingir seus objetivos.

Nem a idade para o monstro Jim Arrington. Com 85 anos nas costas, ele é dono do posto de bodybuilder mais velho do mundo – tá bom, essa marca é difícil de ser “certificada”, mas com certeza Jim está entre os bodybuilders mais velhos do mundo.

E mesmo com a idade avançada, Jim ostenta um shape de fazer inveja em muita molecada por aí..

O fato é que Jim é a prova viva de que não importa a idade, a dificuldade ou a situação. Você pode sim mudar sua vida, basta dar um foco, um sentido, traçar um caminho e segui-lo.

O caminho de Arrington foi o fisiculturismo e, acredite, para ele esse caminho ainda tem muito a oferecer.

Se liga:

Nem a asma impediu o ‘vovô’ do bodybuilding de desenvolver um shape insano

jim arrington

Um começo difícil, mas não impossível

Jim Arrington era um jovem franzino e doente – sofria de asma. Seu apelido era “Skinny Bones”.

Ele era muito pequeno, ficava sempre doente, não podia correr, jogar bola.

Um dia, com 13 anos, passou por uma banca de revista e encontrou uma revista sobre musculação que o despertou para este mundo.

Ele ficou fascinado pelas imagens dos vários fisiculturistas da época. Musculosos, imponentes.

Tinha como inspiração Charles Atlas, um fisiculturista autor de um método de exercícios isométricos.

O bodybuilding como antídoto

Para combater a asma, e também acabar com seu corpo franzino, Jim partiu para a musculação.

Conseguiu um panfleto que continha informações básicas de treinamento.

Fez dele seu fiel escudeiro e partiu para os treinos com o sonho de ser um bodybuilder.

Claro que, além do panfleto, ele seguia orientações para treinar de maneira correta.

Em três meses, ele ganhou 4kg! Com 15 anos ele já pesava 68kg, 15 a mais que quando começou a treinar.

A primeira competição

jim arrington

Ele fez do bodybuilding um estilo de vida, literalmente. O cara pratica desde os 13 anos.

Porém, ele só entrou em competições com 46 anos. O motivo para isso é que ele não se achava grande o suficiente para competir.

Ele achava que não tinha genética para enfrentar outros bodybuilders quando jovem.

Seu local de treinamento era em Venice Beach, considerada a ‘Meca’ do fisiculturismo.

Ele participou do Mr. America (Acima de 40 anos) e foi o vencedor, conquistando o título de “Mais Muscular”.

No quadro geral, ele ficou em segundo lugar. Nada mal…

Desde então, foram 60 competições e 16 conquistas.

Aposentadoria forçada, mas vingada

Ele se aposentou aos 60 anos, isso já faz um certo tempo.

O motivo foi sua demissão, pois seus chefes queriam um funcionário jovem, robusto.

Será que eles se arrependeram?

Jim os fez se arrepender e aprender que não se deve julgar pelas aparências.

Se a idade ‘pesa’, Jim compensa com disciplina e dedicação.

Atualmente

jim arrington

Em 2016, Jim participou do IFBB Pro Masters, acima de 70 anos.

Uma competição de respeito e repleta de atletas renomados.

Sobre o bodybuilding, ele é objetivo na declaração.

“É preciso definir metas, mas acima de tudo, amar o que está fazendo. Um fisiculturista nunca está satisfeito com seu shape.”.

Com a dieta, Jim busca todo o tempo não vacilar e controlar os macronutrientes e, claro, o treinamento.

“Quando tudo funciona por determinado tempo, o corpo se adapta e é preciso um novo desafio”.

Jim ainda treine em Venice, na famosa e conhecida Gold’s Gym, que recebeu inúmeras lendas do bodybuilding.

Uma delas atende pelo nome de Jim Arrington.

  

LEIA MAIS: Com quase 70 anos, Bill Hendricks é o homem mais trincado do mundo
LEIA MAIS: A bodybuilder mais velha do mundo vai fazer você repensar sua vida
LEIA MAIS: ‘Vovô do CrossFit’ faz treino insano para comemorar 78 anos

Comentários