treino triceps

4 benefícios das frutas vermelhas para quem treina, segundo a ciência

Frutas mais populares, como banana, maçã, mamão, entre outras, você já deve saber alguns benefícios. Mas e frutas vermelhas, o que você sabe?

Todos sabem que o consumo de frutas é muito importante para a saúde, mas o que poucos sabem é que elas também podem melhorar o condicionamento de atletas.

É o caso das frutas vermelhas. Não pense também que todas as frutas são iguais e que não importa se você vai consumir maçã ou banana.

Cada fruta possui propriedades nutricionais específicas. 

Apesar de todas serem ricas em vitaminas e minerais, algumas possuem mais ou menos de determinados minerais.

Mas também possuem compostos fitoquímicos e outros componentes que não só são responsáveis pela coloração da fruta, mas também traz diversos benefícios.

Não é à toa que cada fruta apresenta cores diferentes.

É o que você irá entender sobre as frutas vermelhas e como seus efeitos podem ajudar quem treina.

Saca só:

4 benefícios das frutas vermelhas para quem treina, segundo a ciência

Frutas Vermelhas

O que são as frutas vermelhas?

As frutas vermelhas também são conhecidas como berries.

As principais são: amora, framboesa, morango, cereja, mirtilo, açaí, goji berry, cranberry e groselha,

Essas frutas são ricas em vitaminas, destacando-se a vitamina C, as antocianinas, responsáveis pela coloração da frutas.

Elas possuem alto poder antioxidante, os flavonóides e elagitaninos, que também exercem ação antioxidante e anti-inflamatória no organismo.

Durante a prática de atividade física, ocorre um aumento natural na produção de radicais.

Mas é importante que haja um adequado aporte de antioxidantes para auxiliarem na redução dos radicais livres.

Para que, consequentemente, previna a redução do desempenho físico e dos danos às células e tecidos.

Além do enfraquecimento do sistema imunológico, que pode levar ao aumento da inflamação e dos riscos de infecção.

Quais são os benefícios que elas trazem?

Os estudos afirmam que as frutas vermelhas são poderosos antioxidantes e podem ajudar quem treina, de diferentes formas.

1. Mirtilo ajuda no fortalecimento do sistema imunológico

mirtilo

Um estudo realizado em 2011 mostrou que o consumo de mirtilo por indivíduos bem treinados reduziu o estresse oxidativo.

Além de ter melhorado o suporte ao sistema imunológico após o consumo agudo de 375g uma hora antes de corrida. 

2. Suco de cereja ajuda na recuperação muscular

Outro estudo realizado observou que o efeito do suco de cereja pode beneficiar, principalmente, corredores.

Pois o consumo do suco auxiliou na recuperação pós-exercício, além de ter aumentado o efeito antioxidante e reduzido a inflamação, contribuindo para a recuperação da função muscular.

3. Extrato de Groselha otimiza capacidade anti-inflamatória

groselha

Outra pesquisa relacionou o consumo do extrato de groselha com a redução do estresse oxidativo causado pelo exercício. 

O que pode otimizar a capacidade anti-inflamatória do organismo, auxiliando na recuperação pós-treino. 

4. Açaí pode melhorar sua performance durante o exercício

O efeito do consumo de açaí em praticantes de atividade física também foi avaliado em diversos estudos.

Um estudo recente, publicado em 2015, mostrou que a fruta aumentou o tempo de exaustão durante o exercício. 

Isso reduziu o estresse metabólico induzido pelo exercício e o esforço percebido.

Ou seja, ajuda a melhorar o desempenho durante o exercício.

Conclusão

O consumo das frutas vermelhas, portanto, podem ajudar a melhorar o desempenho físico e a saúde de forma geral.

Mas é claro que elas devem fazer parte de um plano alimentar equilibrado.

Além de serem consumidas de acordo com os seus objetivos e necessidades nutricionais.

Um plano alimentar personalizado é fundamental para você alcançar seus objetivos com a saúde.

LEIA MAIS: Conheça 7 tipos de macarrão e escolha qual é o melhor para você
LEIA MAIS: 7 hábitos perigosos que te fazem envelhecer mais rápido

 

Comentários