aparelhos máquinas exercícios

4 exercícios com aparelhos que podem substituir movimentos ‘famosos’

Existem boas opções de exercícios nos aparelhos para substituir versões com pesos livres – e acredite: em várias situações isso é uma boa opção!

A discussão sobre pesos livres e aparelhos é antiga – e a resposta também. Não existe uma posição final e definitiva sobre qual é melhor. Tudo depende do seu objetivo, da sua experiência, suas preferências, etc.

A maioria das pessoas que treina pesado prefere os pesos livres. Mas nem sempre eles são a melhor opção. Exercícios com pesos livres exigem uma boa técnica, o que é difícil para quem está começando, por exemplo.

E isso é apenas um exemplo: antigas lesões, objetivo, respiração, tempo sob tensão muscular, entre outros aspectos, podem fazer com que trocar um exercício com pesos livres por um semelhante na máquina seja uma boa opção.

Isso significa que os exercícios nos aparelhos são melhores? Não. Que você só deve treinar nos aparelhos? Não também. Que essas substituições devem ser para toda a vida? Menos ainda.

O ponto, aqui, é que em determinadas circunstâncias, vale a pena considerar a trocar, mesmo que temporária. Apesar de não serem os “queridinhos” de quem treina pesado, os exercícios nos aparelhos podem sim ser muito úteis.

Quer conhecer algumas situações em que vale a pena pensar nessas alternativas? Se liga:

4 exercícios com aparelhos que podem substituir movimentos ‘famosos’

1- Leg-Press

O leg-press é uma boa alternativa para o agachamento. Não significa que é melhor, nem que você deve fazer apenas um ou outro.

O ponto é que, apesar do agachamento ser um dos melhores exercícios que existem, é um movimento complexo, que exige técnica impecável, experiência e um bom nível de desenvolvimento físico.

Se você está começando, por exemplo, é melhor dar os primeiros passos no leg-press do que no agachamento, para evitar acidentes e problemas causados por má execução.

A substituição do agachamento pelo leg-press também pode ser uma boa alternativa para quem sente incômodo ou tem alguma lesão na lombar, e até se você simplesmente quer dar uma variada no treino.

Isso significa que você pode trocar definitivamente o agachamento pelo leg-press? Claro que não. Apenas que, em algumas situações ou por qualquer necessidade de deixar o agachamento de lado temporariamente, o leg-press é uma boa opção.

2- Crucifixo Máquina

crucifixo maquina

O crucifixo máquina é um ótimo substituto para o crucifixo com halteres. Ele isola e trabalha os músculos do peitoral com muita eficiência, porque permite uma excelente amplitude de movimento e um bom alongamento muscular.

Essa opção pode ser uma boa para quem tem algum problema no ombro, porque a máquina permite um maior controle sobre a amplitude do movimento, o que por sua vez possibilita preservar os tendões do manguito rotador, causa da maioria dos problemas e dores na articulação.

Mas a principal vantagem do crucifixo máquina sobre o crucifixo com halteres é o pico de contração, que permite tensionar o músculo intensamente contra a resistência, aumentando consideravelmente o tempo sob tensão (TUT) e, claro, a ativação.

3- Remada Baixa no Cabo

treinos de costas dorsais remada

A remada baixa no cabo é um excelente exercício para ativar os músculos abdominais ou o latíssimo do dorso, e é uma boa alternativa para a remada unilateral com halteres (remada serrote).

A remada no cabo permite um excelente alongamento muscular e possibilita o uso de cargas elevadas, ao mesmo tempo em que sua lombar se mantém estável.

Além disso, a remada no cabo possibilita uma maior amplitude de movimento, pois o chão não é um fato limitador como no exercício com pesos livres.

Para completar, a execução do movimento sentado é muito mais confortável e facilita uma boa respiração – o que você já deve saber que pode melhorar seu desempenho durante o treino.

4- Barra fixa assistida

barra fixa assistida - graviton

A barra fixa é um dos mais simples, antigos, básicos e eficientes exercícios para as costas que qualquer atleta pode fazer. Só que não é fácil fazer barras se você está começando a treinar e ainda não desenvolveu força nos membros superiores.

Ao mesmo tempo, se você é muito grande – mesmo que forte – fazer esse exercício não é tarefa das mais simples. É aí que entra o Graviton, aparelho que dá assistência à execução da barra fixa.

A barra assistida replica o movimento da barra fixa com perfeição, a diferença é que a máquina “alivia” um pouco do seu peso corporal, deixando o exercício mais fácil de ser executado.

Mais uma vez: é o substituto definitivo? Não. Mas pode ser uma alternativa muito boa para que você evolua fisicamente e consiga fazer a barra fixa sem assistência depois.

LEIA MAIS: 7 regras que todo iniciante na musculação deveria seguir 
LEIA MAIS: Pesos livres ou aparelhos? Descubra o melhor para o seu treino 
LEIA MAIS: 4 exercícios de peso corporal para deixar seu braço gigante

via MF

Comentários