5 alimentos essenciais hipertrofia fora proteína

5 alimentos essenciais para a hipertrofia que não são fontes de proteína

Não é só com proteína que se constrói músculos. Confira 5 alimentos que não são fontes deste nutriente mas são essenciais para quem quer crescer

Ganhar massa magra não é uma tarefa das mais fáceis. É preciso combinar treino e dieta com muita dedicação, disciplina e conhecimento. E é sobre conhecimento de nutrição que falaremos aqui.

Quando o assunto é ganhar músculos, a maioria das pessoas foca única e exclusivamente na proteína, deixando outros macro e micronutrientes de lado.

Isso é um grande erro – sem atenção aos outros nutrientes, dificilmente você vai ganhar massa. Por exemplo, se não consumir gordura e carboidrato, seu organismo usará seus músculos como fonte de energia, fazendo com que você perca tudo que conquistou.

Por isso, separamos aqui uma lista com alguns alimentos que vão te ajudar a ganhar massa magra – sem nenhuma fonte de proteína entre eles. Se liga:

5 alimentos essenciais para a hipertrofia que não são fontes de proteína

1- Abacate

abacate

O abacate acrescente calorias saudáveis à sua dieta, o que vai te ajudar a atingir sua meta calórica diária de uma forma positiva – e, se você quer crescer, essa meta é muito provavelmente bastante alta.

Além disso, essa fruta é rica em gorduras boas, que são essenciais não só para a hipertrofia, como para a queima de gordura, como a gente já explicou neste outro post.

O abacate ainda é rico em potássio e vários outros nutrientes essenciais para quem treina. Apenas lembre que, como é calórico, deve ser consumido com atenção, sem exageros.

2- Azeite de Oliva

azeite de oliva

Algumas poucas colheres de azeite nas refeições principais vai adicionar sabor e calorias saudáveis à sua dieta.

É o mesmo princípio do abacate – sem tantos nutrientes, claro: se você tem uma meta alta de ingestão de calorias por dia, precisa de alimentos que oferecem bastante calorias sem substâncias ruins.

Por isso, abacate e azeite são ótimas opções – diferente, por exemplo, de um alimento processado, que apesar de calórico, vai conter gordura trans e várias outras porcarias.

LEIA MAIS: 7 receitas de salada que você precisa fazer o quanto antes!

3- Manteiga de amendoim

Além de ser rica em calorias saudáveis, é cheia de outros nutrientes e também contém boa quantidade de proteína, o que vai te ajudar a atingir sua meta de consumo deste macronutriente todos os dias.

Se você não gosta de manteiga de amendoim, procure por outras opções de oleaginosas, como avelã – mas não aquela cheia de óleo de palma e chocolate, é óbvio.

LEIA MAIS: 6 receitas maromba com pasta de amendoim

4- Leguminosas

salada libanesa feijao roxo

Como a manteiga de amendoim, leguminosas como feijão e lentilha também têm boas doses de proteína. Nada comparável às carnes e aos ovos, mas o suficiente para dar um up na ingestão desse macronutriente.

Além disso, esse tipo de alimento é rico em fibras, o que vai melhorar o funcionamento do seu sistema gastrointestinal.

Para completar, são ricos em vitaminas e minerais fundamentais para a saúde e, mais ainda, para o organismo de um atleta. Vitamina E, ferro e magnésio, que são fundamentais à função muscular, estão lá.

LEIA MAIS: 5 alimentos funcionais capazes de melhorar o seu desempenho físico

5- Batata-doce

batata-doce carbs carboidrato complexo

A batata doce é muito consumida por quem treina e deseja ganhar massa muscular, pois é uma fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico, ou seja libera glicose de forma gradativa, fornecendo energia por mais tempo.

O consumo de carboidratos é muito importante para quem treino, pois é a principal fonte de energia e principalmente para quem deseja ganhar massa muscular, pois ajuda a elevar o consumo calórico, evita o estado catabólico e favorece a liberação de insulina – hormônio anabólico e responsável pela entrada de nutrientes nas célular.

Outras fontes de carboidratos importantes para quem treina são as frutas, os cereais integrais, mandioquinha, inhame, entre outros.

E aí, você dá a devida atenção aos outros alimentos além daqueles que são fontes primárias de proteínas?

LEIA MAIS: 12 alimentos que parecem saudáveis, mas podem arruinar sua dieta

Comentários