agachamento costas - back squat - agachamento frontal

Agachamento ou agachamento frontal, qual o melhor para você?

Agachamento ou agachamento frontal? Você sabe qual dos dois é mais eficiente e vai permitir que você obtenha melhores resultados?

O agachamento e suas variações são essenciais em qualquer treino, mas a dúvida que fica é: qual tipo escolher?

Os dois mais populares são o agachamento com a barra nas costas (que é normalmente chamado apenas de agachamento) e o agachamento com a barra posicionada na frente dos ombros.

Você sabe qual dos dois exercícios é mais eficiente e vai permitir que você obtenha melhores resultados?

Em primeiro lugar, isso depende do seu objetivo, da sua flexibilidade e também da sua segurança ao fazer cada um deles.

Mas tem muito mais do que isso. Quer saber qual é melhor para você entre o agachamento e o agachamento frontal? Então se liga:

Agachamento ou agachamento frontal, qual o melhor para você?

agachamento frontal

Objetivo: pernas maiores e mais fortes

Estudos eletromiográficos mostram que os dois tipos de agachamento trabalham muito os principais grupos musculares – a parte superior das costas, abdominais, coluna lombar, glúteos, adutores da coxa, quadríceps, isquiotibiais e panturrilhas. Mas a ênfase nesses músculos muda de um levantamento para o outro.

  • Agachamento frontal: Enfatiza o quadríceps e a parte superior das costas. Esse tipo de agachamento exige uma postura mais vertical, minimizando assim a flexão na lombar e aumentando a estabilização do core para um maior grau de flexão da coluna.
  • Agachamento costas: Concentra-se mais sobre os glúteos e coluna lombar, e são menos chatos na hora de executar.

O agachamento costas pode ser realizado com cargas mais pesadas, sendo assim mais eficaz em estimular ganhos de força muscular. Mas outras coisas também influenciam, como a alimentação e o potencial genético. Sendo assim, decidir sobre qual agachamento funciona melhor para você pode não ser uma tarefa tão simples.

Flexibilidade Conjunta

Em geral, o agachamento frontal exige mais flexibilidade que o agachamento com a barra nas costas.

A parte superior das costas precisa ser móvel para manter o seu peito para cima. Os ombros e punhos precisam ser móveis para acomodar adequadamente a barra. A parte inferior das costas e glúteos precisam de mobilidade para abaixar o suficiente, mantendo os joelhos em linha com os dedos dos pés. E seu tornozelo precisa de uma super flexibilidade para manter seus pés firmes.

Já o agachamento tradicional exige menos flexibilidade nos ombros, glúteos e tornozelos, mas isso não significa que seja fácil de executar, como você deve saber.

Em qualquer um desses agachamentos, quanto melhor a flexibilidade da sua articulação, melhor você poderá executar o movimento.

agachamento

Cuidados com os ombros

No agachamento, você deve posicionar a barra no trapézio. Isso requer que os ombros sejam girados externamente. Portanto, se você não tiver nenhum problema nos ombros será muito mais fácil de ser executado. Porém, um ombro machucado pode tornar difícil manter a barra nessa posição.

O agachamento frontal coloca a barra na parte dianteira dos deltoides. Este tipo de agachamento coloca os cotovelos em flexão e os punhos em extensão total, então qualquer lesão pré-existente em alguma dessas articulações pode ser agravada.

LEIA MAIS: Conheça o desafio de agachamento que vai separar os meninos dos homens 
LEIA MAIS: 4 dicas para aliviar os joelhos e melhorar o seu agachamento

Cuidados com o Joelho

Ambos os agachamentos podem fortalecer os joelhos reduzindo o risco de rupturas de ligamento e menisco. Para garantir isso, você precisa prestar atenção em alguns pontos:

  • 1- O movimento inicial deve empurrar o quadril para trás antes de qualquer flexão do joelho.
  • 2- A perna deve permanecer o mais próximo possível da perpendicular ao solo (movimentando os joelhos a frente o minimo possível).
  • 3- Queixo pra cima, peito para frente e costas alinhada.
  • 4- Os calcanhares permanecem no solo durante o tempo todo.

Um grande músculo estabilizador do joelho é o vasto medial oblíquo (parte interna do quadríceps). O agachamento frontal atinge esse músculo que da uma aparência animal para sua coxa bem mais do que o agachamento tradicional. Agachar pela frente também é responsável por empurrar os joelhos para fora evitando lesões de joelho.

Já o agachamento executado com os pés mais afastados coloca mais carga sobre os glúteos e adutores da coxa (virilha) ajudando a diminuir o joelho valgo ou “joelho para dentro”.

agachamento

Segurança da coluna lombar

Se realizados de forma apropriada, os dois tipos de agachamento são seguros e não oferecem riscos a sua coluna.

O agachamento frontal leva uma pequena vantagem sobre o agachamento tradicional devido à inclinação para frente ser menos excessiva. No entanto, isso não significa que o agachamento é perigoso. Se for realizado com uma boa técnica e pesos adequados, é totalmente seguro e pode ser executado sem nenhum problema – ele só exige mais cuidados.

Ter atenção, concentração e suporte de um especialista na hora de fazer qualquer um desses agachamentos é o melhor conselho que você pode levar para os seus treinos. Além, claro, de prestar muita atenção à execução dos movimentos, para fazê-los com perfeição.

Tudo isso garante não só sucesso nos seus resultados como também o melhor para a sua saúde.

E aí, qual o agachamento você acha que se encaixa melhor nas suas necessidades?

LEIA MAIS: 7 dicas para ajustar o supino e fazer o exercício render muito mais! 
LEIA MAIS: Os 3 deadlifts mais impressionantes de todos os tempos

Comentários