bulking sujo sera que vale

Afinal, vale a pena fazer bulking sujo?

Na internet, é comum o pessoal estimular o bulking sujo, garantindo resultados ótimos e rápidos para a hipertrofia. Mas será que isso é verdade?

Quem vive na academia e está em busca de medidas eficientes para a hipertrofia provavelmente já ouviu falar do bulking. Seja sujo ou limpo, ele é uma nova tendência entre os marombas.

Na internet, é muito comum o pessoal estimular a prática do bulking sujo, garantindo que os resultados são ótimos para quem quer seguir uma dieta para hipertrofia e crescer com rapidez.

Mas será que essa é uma boa opção para crescer de forma saudável? Como esse tal de bulking sujo funciona? Descubra todos os detalhes dessa medida agora mesmo!

O que é bulking?

Para as pessoas que fazem um treino pesado de musculação focado na hipertrofia existem duas fases que são verdadeiro marcos: o ganho de peso e volume e, em segundo lugar, a fase da definição corporal/secagem.

É assim mesmo que funciona: as pessoas aumentam sua dieta e comem em porções maiores para ganharem volume de massa, que será utilizada no crescimento dos músculos.

Esse período de dieta hipercalórica é conhecido como bulking, que acontece de maneira aliada a treinos intensos – não dá para abrir mão dos exercícios se você quer ter resultados, né?

A segunda fase é o cut, que é quando o treinamento tem como foco na queima de gordura – e que nós já explicamos detalhadamente aqui. 

O que é um bulking sujo?

O bulking sujo estimula as pessoas a ganhar peso de forma acelerada, da maneira que for possível – e mais fácil. Isso inclui comer todo tipo de alimento, mesmo aqueles que não fazem tão bem à saúde como fast-foods e frituras – desde que sejam super-calóricos.

Acredite, essas pessoas estimulam que você coma qualquer coisa, incluindo McDonalds, sorvetes, comidas gordurosas e tudo mais que você gostar e desejar — a ideia é esquecer o controle calórico por alguns dias.

O perigo desse tipo de atitude é não considerar quais são os principais macronutrientes que você está colocando no seu organismo. Afinal de contas, você está comendo sem se preocupar e pode ser que não esteja comendo bem.

Nesse caso, a sua dieta pode estar com um número muito elevado de gordura, por exemplo. E essa medida pode não ser nada boa para o seu corpo.

Até mesmo porque, com toda essa liberdade, muitas pessoas acabam deixando de lado as opções mais saudáveis e podem sofrer com a queda de vitaminas e minerais, levando vários reflexos negativos para o corpo.

Sim, você pode ganhar muito peso fazendo o bulking sujo, mas essa não pode ser a maneira ideal. A gente explica o porquê:

O ganho de peso, no caso do bulking sujo, acontece como uma verdadeira ilusão, pois você vê o ponteiro mudar na balança e, como consequência, pensa que ganhou massa muscular, já que está treinando bastante.

Isso até pode acontecer, mas o trabalho para ver os resultados é imenso, afinal de contas você também acumulou altos índices de gordura nesse tempo e vai precisar malhar pesado para queimar e voltar ao nível normal – e para os seus músculos aparecerem.

Algumas pessoas ainda defendem que esse não é um grande problema, pois você pode fazer uma dieta para cut bastante severa e partir para um novo bulk sujo.

Mas será que esse tipo de tratamento com o seu corpo não é agressivo demais? A resposta é sim!

Adotando esse método com regularidade você acaba desgastando seu sistema nervoso e danificando sua saúde.

Vantagens

A vantagem mais citada pelos adeptos é a facilidade em ganhar massa muscular, já que não existe nada regrado nesse tipo de alimentação. Você come à vontade e em teoria a dieta vai ajudar você a crescer.

Ela pode até ser verdade, como falamos, mas cobra um preço muito caro pelo ganho de massa que oferece. Portanto, é bom ficar de olho e pensar com muita calma se esse é o tipo de método que você quer adotar.

Desvantagens

É fato que esse processo traz mais desvantagens do que vantagens. Além do desgaste ao seu corpo, aumento de gordura a danos a sua saúde, ainda existem outros pontos negativos:

Seu corpo absorve somente o necessário para a hipertrofia

Não adianta nada sair comendo de forma desenfreada por aí. Pense qual é o benefício de comer 8.000 calorias todos os dias se o seu corpo precisa só de 4.000 para metabolizar tudo que é necessário para a hipertrofia?

Não se esqueça de que o que você coloca na sua boca é muito importante, mas não perca da mente que mais importante ainda é o que é absorvido pelo seu organismo.

Portanto, fuja dos excessos! Já que ele não vai trazer benefícios, vai acabar explorando muito o seu organismo para processar todos os alimentos e, de quebra, pode ter algumas gorduras corporais acumuladas.

Você pode desenvolver resistência à insulina

Considerando que você adotou uma dieta hipercalórica, fica muito mais difícil ganhar massa muscular, pois o seu corpo adquire resistência à insulina.

Pode parecer meio sem nexo, mas é verdade. Com essa resistência, seu corpo faz com que os alimentos adquiridos sejam estocados em forma de gordura e acabam não construindo a massa muscular que você esperava.

Exige um cut muito severo

O bulking sujo faz com que você tenha que adotar um cut muito severo para cortar todas as gorduras que adquiriu nesse período.

Para isso, você vai submeter o seu corpo a condições muito extremas: períodos em que você come muito e outros que você não come quase nada.

Adaptar-se a esse tipo de dieta muito restritiva pode ser muito difícil, principalmente depois de um período comendo tudo que você desejada, concorda?

Uma crescente dificuldade em eliminar as gorduras

Como a resistência à insulina vai se firmando no seu organismo, vai ficando cada vez mais difícil reverter seus resultados.

Sabe o que isso significa? Uma dificuldade maior em emagrecer e eliminar toda gordura que você ganhou enquanto fazia o bulking sujo.

Se não acreditar, arrisque perguntar para alguém que já adotou um bulking sujo se teve facilidade em ganhar massa muscular da maneira que esperava ou ainda se teve percentuais baixos de gordura. Mas vá preparado para a resposta!

Aumentar o peso pode não ser a melhor solução

A balança é uma das principais ferramentas usadas por quem quer ter hipertrofia. Eles pesam e, se aumentaram de peso, acham que já estão tendo um ganho de massa muscular. Ledo engano!

A balança não separa o que você tem no seu corpo como peso magro e como peso gordo. Por isso, pesar não significa que você tem um ganho de massa muscular. Não se iluda com os resultados demonstrados pela balança!

Pode comprometer o trabalho da tireoide

Ganhar gordura em grandes proporções pode diminuir e comprometer o trabalho da tireoide. E isso não é nada bom, já que a tireoide tem um papel muito importante para o corpo inteiro e para o controle e perda de gordura também.

Quanto menos hormônio é produzido pela tireoide, menos caloria o seu corpo consegue queimar naturalmente pela base diária. Assim, dependendo da quantidade de caloria que você ingerir, você pode ganhar muita gordura.

As calorias são diferentes

Os adeptos do bulking acreditam que o que vale é comer o que quiser desde que estejam batendo a meta calórica. Mas esquecem de considerar que o peso do que estão comendo pode ser muito diferente.

Afinal de contas, comer 300 calorias de peito de frango e salada é bem diferente de comer 300 calorias de pizza de calabresa com queijo, não é?

Esse é outro ponto importante a se considerar, já que fazer bulking sujo usando as calorias que não são saudáveis e não fazer bem para o seu corpo podem ser pior que você imagina.

Além de aumentar a quantidade de gordura no corpo, você pode aumentar a sua pressão e vários problemas de saúde. Portanto, olho aberto na sua alimentação!

E o que é um bulking limpo?

O bulking limpo tem o mesmo objetivo que o bulking sujo, mas usa mecanismos muito diferentes para cumprir a dieta hipercalórica.

O bulking limpo faz uma dieta regradinha para que a sua massa muscular tenha predominância sobre as gorduras.

Inclusive, se a massa muscular é maior, mais magro e atlético você está e, como consequência, você tem uma facilidade maior para ganhar massa muscular de qualidade.

Sabe por quê? Porque seu corpo tem uma divisão mais eficiente dos nutrientes que você ingere.

Ou seja, toda vez que você comer, seu corpo vai trabalhar transferindo os nutrientes para o músculo ou para o fígado.

E o melhor: uma parte pouco significativa vai para sua parede abdominal, se alojando como aqueles pneuzinhos que ninguém gosta. Então, ponto para o bulking limpo, pois com ele fica bem mais fácil se livrar delas!

Vantagens

A vantagem que você vai atingir com o bulking limpo, ou o clean bulk, é o ganho de massa muscular de forma gradual e consistente. Dessa maneira você vai acumular pouca gordura no seu corpo.

Depois de comer muito, quando chegar a hora de fazer o cutting, você terá um risco bem menor de perder massa muscular ou de ter algum problema relacionado ao estresse.

Tudo isso sem considerar o tempo que você vai economizar, já que o processo vai ser bem mais simples e rápido. Ou, caso os resultados demorem um pouco mais, eles são mais sólidos e trazem muitos benefícios para seu corpo.

Você com certeza vai ter uma base calórica e massa muscular mais consolidada que a pessoa que opta por fazer o bulking sujo.

Além disso, como você está optando por comidas limpas e naturalmente mais saudáveis, você está trazendo benefícios para todo seu corpo. Ele pode ter os melhores nutrientes e funcionar de uma maneira muito mais eficiente.

Algumas pessoas ainda acreditam que você pode limitar a forma de comer, fazendo uma dieta hipercalórica, mas sem que ela seja exagerada demais.

Desvantagens

A desvantagem de optar por um bulking limpo é ser obrigado a se privar de algumas coisas – por exemplo, você não poderá comer descontroladamente tudo que você quiser.

Mas isso não exatamente uma desvantagem, e sim um grande benefício para sua saúde e alimentação – o problema é que, obviamente, é mais trabalhoso e exige disciplina e dedicação.

Outro ponto é a possibilidade de ser um pouco mais caro que o bulking sujo, afinal de contas, comida boa, de qualidade e que faz bem para o seu organismo em geral custa mais caro – mas, pensando na relação custo-benefício, é mais uma desvantagem que pode virar vantagem!

Cuidados necessários com o bulking sujo

A perda de massa muscular pode ser um resultado do bulking sujo. Assustou? Pois é! Depois de todo esforço ainda ter que lidar com isso, né? Tudo isso acontece porque as pessoas superestimam os resultados, deixando de considerar os ganhos reais.

Depois de comer muito, o cutting faz você perder grande parte da massa muscular que você adquiriu durante o bulking. Isso significa que a massa é literalmente jogada fora, fazendo com que você tenha perdido todo o tempo e dinheiro que investiu.

Pare e imagine que você conquistou 3 quilos depois de um bulking sujo e 1 quilo de massa muscular. Depois da dieta, quando começar a fase do cut, você pode perder o ganho muscular que conquistou e ainda vai precisar suar muito para emagrecer os quilos que engordou.

Portanto, é bom pensar com muita calma e considerar bastante quais são os ganhos, o esforço que você precisa colocar, tempo de investimento, etc.

E não esqueça de se questionar quais são os possíveis ganhos desse tipo de dieta e se realmente vale a pena!

Não abra mão de um ganho de peso de forma gradual e saudável e, se tiver que escolher na hora de fazer bulking, opte sempre por realizar o limpo. Assim você preserva você e o seu corpo de diversos desgastes.

Comentários