marmita - dicas cortar calorias

9 hábitos que vão reduzir a sua ingestão de calorias ao longo do dia

Pare e reveja alguns hábitos seus do dia a dia. Você sai para beber, como qualquer coisa na rua. Neste texto você aprenderá a criar hábitos para cortar calorias indesejáveis que possam prejudicar sua dieta.

Não é fácil entrar em uma dieta. Muito menos seguir em frente com ela longe das tentações que aparecem no caminho.

Mas para obter os ganhos desejados, é preciso fazer sacrifícios, não tem jeito.

Mas também é necessário olhar para alguns hábitos comuns que muita gente tem e que prejudica o seu treino.

Por isso, atente-se para estes novos hábitos que estamos propondo a vocês e sigam firme com a dieta.

Veja!

9 hábitos que vão reduzir a sua ingestão de calorias ao longo do dia

1 – Use os temperos certos

Muitas vezes as pessoas pensam que estão comendo uma refeição saudável e de baixas calorias, mas na verdade estão enganadas.

Por exemplo, a pessoa escolhe uma carne magra para seu jantar e como acompanhamento um belo prato de salada. Esse seria uma prato saudável, rico em nutrientes importantes para à saúde e o acompanhado de baixo valor calórico.

Porém, para esse prato continuar uma opção light, a pessoa deve optar por temperos naturais e também baixos em calorias para temperar sua salada.

Diversas saladas vêm acompanhadas de molhos ricos em gorduras, aditivos, sal, até açúcar. Logo, esses molhos aumentam a quantidade de calorias ingeridas, favorecendo o ganho de peso.

Outros condimentos como ketchup, molho barbecue, mostarda e afins também podem acabar com a sua dieta. O ideal é que sua comida seja temperada com especiarias, pouquíssimo sal e, em caso da necessidade de molho, que seja um leve e caseiro.

2 – Beba água

atleta bebendo água

A sede pode ser confundida com a fome. Quando o corpo está desidratado, o cérebro entende os sinais que está recebendo como fome – mas na verdade é sede.

Como o cérebro é ‘enganado’, as pessoas comem mais do que devem e aumentam o número de refeições ao longo do dia.

Com isso, as pessoas aumentam a ingestão de calorias, levando à um aumento do peso corporal – se não houver um aumento do gasto calórico, é claro.

Se manter hidratado evita que o cérebro interprete a sede como fome e você evita a ingestão desnecessária de calorias.

Além disso, a água pode ajudar a reduzir um pouco o apetite. Logo, se você consumir um copo de água antes das refeições evita os exageros.

3 – Café preto puro

suplementação de cafeína 2

O café, quando consumido puro, contém baixa quantidade de calorias – em torno de 5 calorias por xícara.

Mas, se você adicionar um pouco de creme, alguns sachês de açúcar ou consumir com algumas bolachinhas isso muda completamente.

Além disso, pode ser uma boa opção de bebida para o café da manhã, pois além de não aumentar a ingestão calórica como um suco, por exemplo, ainda ajuda aumentar a sua disposição e de quebra pode ajudar na redução de gordura corporal, pelo seu efeito termogênico.

Outras opções de bebidas com baixa ou zero calorias são os chás.

4 – Álcool

alcool

As bebidas alcoólicas estão entre os primeiros inimigos da dieta, muitos até dizem que é a mudança mais difícil que deve ser feita. Mas, acredite, é fundamental.

O álcool contém cerca de 7 calorias por g, ou seja, mais calorias por grama que o carboidrato e a proteína.

Além disso, normalmente as bebidas alcóolicas não são consumidas sozinhas, vêm acompanhada de uma fruta, de açúcar, de energético, de refrigerante, entre outros. Isso aumenta ainda mais o número de calorias que você vai ingerir.

Fora que você não vai só beber, a bebida sempre vem acompanhada de um petisco, que normalmente é cheio de gordura, como bolinho de carne, pastel, salgados, etc.

Logo, se você diminuir o consumo dessas bebidas, você diminui o número de calorias ingeridas.

5 – Estabelecer porções

Muitas vezes as pessoas exageram na quantidade de comida que colocam no prato e para não jogar fora, acabam comendo mesmo sem vontade e fome. Isso significa que você ingeriu mais calorias que podia.

E quanto maior o prato, maior a chance de você exagerar na quantidade. Logo, se você optar por comer em pratos menores, você limita a quantidade de comida que vai colocar no prato e acaba reduzindo a ingestão de calorias.

Mesmo que você repita, seu cérebro tende a se acostumar que a quantidade de alimento daquele prato é a certa e você evita comer mesmo sem fome.

Uma boa dica para evitar os exageros também, é determinar o quanto você vai consumir daquele prato ou de alimentos naquela refeição antes de se servir. Mas, é claro que a quantidade não é tudo e você deve escolher alimentos saudáveis para suas refeições.

6 – Retire os produtos das embalagens antes de consumir

cookies

Com a vida corrida, o consumo de alimentos in natura diminiu muito, enquanto o consumo de alimentos industrializados só aumenta.

Para começar, quanto mais processado, menos saudável é um alimento. Os salgadinhos, as bolachas, cookies são alguns exemplos, isso porque são cheios de gordura, açúcar e aditivos químicos. Além disso, contém altas quantidades de calorias.

Para piorar, existem as versões econômicas, que são aquelas embalagens gigantes. Isso é um grande problema, pois estimula um maior consumo do alimento.

Para evitar que isso ocorra, o ideal é que você os retire da embalagem para ter ideia do quanto está comendo, pois dentro da embalagem as pessoas comem sem se dar conta da quantidade já consumida.

Você deve fazer isso mesmo para aquelas alimentos com menos calorias e mais saudáveis, pois isso evita o exagero e tudo em excesso é ruim.

7 – Cozinhe ou grelhe seus alimentos

Peito de Frango

Adicionar manteiga, azeite e óleos no preparo das suas refeições aumentam a ingestão de calorias, pois há um alto teor nestes ingredientes.

Se você deseja reduzir o número de calorias que está ingerindo, você não deve preparar seus alimentos com esses ingredientes. O ideal é que você os cozinhe com água, ao vapor ou então grelhe.

Se não tiver jeito, utilize o mínimo possível de óleos. Assim, você não agrega tantas calorias nas suas refeições.

Vão dizer que azeite é saudável e realmente é uma fonte de gordura boa, porém também contém alto teor de calorias e se o seu objetivo é cortar calorias, você também deve utilizar o azeite com moderação. Além disso, recomenda-se o consumo do azeite frio, ao fim da preparação.

8 – Coma mais salada

Quem nunca ouviu falar que comer salada antes da refeição ajuda a emagrecer? Pois é, consumir um prato de salada antes das suas refeições pode ajudar sim a diminuir o consumo de calorias.

A salada, composto principalmente por folhas cruas contém baixíssima quantidade de calorias, além disso contém alto teor de fibras alimentares. Logo, você vai encher seu estômago sem ingerir muitas calorias.

Quanto chegar no prato principal, você já não vai conseguir comer o que comeria, reduzindo a ingestão de calorias. Quanto mai salada, melhor.

Se não der para preparar dois pratos, separe metade do seu prato para os vegetais e folhas verdes. É claro que você deve se atentar ao molho desta salada, optando por molhos com poucas calorias.

9 – Leia rótulos

Normalmente quem está de dieta olha os rótulos dos alimentos, principalmente a quantidade de calorias. Isso é ótimo, pois evita o consumo de alimentos com muitas calorias.

Porém, muitas pessoas olham apenas o número de calorias, ignorando o tamanho da porção e com isso acabam ingerindo muito mais calorias.

Na tabela nutricional há uma informação chamada porção, que aparece no topo da tabela nutricional. Toda a tabela nutricional é referente à essa porção e normalmente ela não corresponde a quantidade total do alimento.

Por exemplo, você pode ver 100 calorias na tabela nutricional em um saco de bolacha, porém essa quantidade de calorias não é do pacote e sim de 3 bolachas. Logo, se o pacote tiver 12 bolachas e você consumir tudo, você vai ingerir em média 400 calorias.

A leitura incorreta de rótulos nutricionais pode ser motivo de preocupação, pois você deixa de ver o calórico real daqueles alimentos. E, claro, quanto menos alimentos processados você consumir, melhor.

LEIA MAIS: 7 hábitos que podem estragar a sua pele e você deve evitar
LEIA MAIS: 7 hábitos ruins que são capazes de causar ginecomastia
LEIA MAIS: 6 hábitos alimentares que são obrigatórios para todo atleta

Comentários