beterraba

5 razões para colocar a beterraba no seu cardápio o quanto antes!

A beterraba tem uma série de benefícios úteis para quem treina pesado. Veja todos e entenda porque este vegetal tem que fazer parte da sua dieta

A beterraba é um vegetal bastante conhecido, mas, apesar de sua cor chamar atenção, muito gente a deixa de lado na hora de montar o prato.

Só que esse é um alimento poderoso, que pode beneficiar todas as pessoas e mais ainda aquelas que dão duro na academia como você.

Entre as várias vitaminas e minerais presentes na beterraba, vários oferecem benefícios que poderão te ajudar a chegar nos seus objetivos mais rapidamente – e tudo isso com poucas calorias.

Quer saber porque você deve colocar a beterraba imediatamente no seu cardápio, seja ele para hipertrofia, queima de gordura ou ganho de massa? Entãodá uma olhada aí embaixo!

5 razões para colocar a beterraba no seu cardápio o quanto antes!

1- Alivia a fadiga

beterraba - suco

A beterraba vem ganhando espaço na alimentação de quem treina principalmente porque ajuda a aumentar a performance.

Ela é rica em nitrato, que quando consumido é convertido em nitrito e posteriormente em óxido nítrico – um potente vasodilatador. Por ter efeito vasodilatador, otimiza a utilização do oxigênio e melhora a absorção de nutrientes dentro do músculo, o que gera mais energia e evita a fadiga muscular.

Com isso, a beterraba auxilia no aumento da resistência e na recuperação muscular.

Para aumentar o desempenho físico, o recomendado é consumir 500 ml de suco de beterraba, 2h30 antes do exercício. Se você consumir o suco todos os dias, mesmo em quantidades menores, você também consegue obter bons resultados.

2- Evita doenças cardiovasculares

beterraba - coração

A beterraba ajuda no controle da pressão arterial por causa do efeito vasodilatador do óxido nítrico que citamos acima. E a vasodilatação alivia a pressão nos vasos sanguínea, reduzindo e equilibrando a pressão arterial.

Isso evita o rompimento e entupimento dos vasos sanguíneos, que podem levar ao infarto e AVC (acidente vascular cerebral). A pressão arterial elevada também pode prejudicar e até paralisar a função renal, entre vários outros problemas.

O vegetal também é rico em fibras solúveis, flavonoides e outros potentes antioxidantes que previnem a oxidação do colesterol ruim, evitando que ele se deposite nas paredes da artéria. Assim, ajuda a proteger o coração de ataques cardíacos e AVC.

É claro que a beterraba não é um medicamento, mas pode sim ajudar no controle da pressão sanguínea, na redução do colesterol e a prevenir doenças cardiovasculares.

3- Ajuda na redução de peso

 

Como já falamos, a beterraba possui uma boa quantidade de fibras – a cada 100g estão aproximadamente 3,5g de fibras.

As fibras alimentares auxiliam na redução do peso corporal, pois aumentam a sensação de saciedade, diminuindo a fome. Ainda favorecerem o bom funcionamento intestinal, prevenindo a constipação intestinal, e ajudam no equilíbrio do sistema imunológico.

Vale ressaltar que a beterraba também é rica em diversas vitaminas e minerais que favorecem a perda de gordura. 

LEIA MAIS: Redução de gordura corporal: tudo o que você precisa saber a respeito 
LEIA MAIS: 4 estratégias essenciais para quem tem dificuldade em ganhar massa muscular 
LEIA MAIS: Suplementação de carboidrato durante o treino: quem (e quando) deve ser feita?

4- Melhora na corrida

Um estudo publicado no Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics mostrou que os corredores que consomem beterraba antes da atividade física podem correr mais rápido e com um menor esforço físico.

Este benefício também é proporcionado pelo óxido nítrico, citado lá no item 1. Porém, o estudo sugere que o consumo de nitrato seja feito somente através de vegetais como a beterraba, pois outras fontes podem ter efeitos nocivos à saúde.

Por isso, a beterraba é uma aliada dos corredores e praticantes de atividade física. Além de melhorar a resistência, traz inúmeros benefícios à saúde.

5- Médio índice glicêmico

 

Por ter médio índice glicêmico, não libera rapidamente o açúcar no sangue, o que previne o pico de insulina que pode causar um maior acúmulo de gordura corporal e hipoglicemia de rebote durante o treino se consumido antes do treino (oque pode provocar mal estar e perda de rendimento físico).

Em 100g de beterraba crua estão aproximadamente 11g de carboidrato e cerca de 50 calorias.

Como tem médio índice glicêmico e poucas calorias, o vegetal ainda pode substituir o consumo de alimentos mais calóricos e com alto índice glicêmico, como batata, milho, abóbora e etc.

Você já come beterraba frequentemente?

Comentários