carboidratos

5 dicas para fazer os carboidratos ajudarem no ganho de músculos

Tem muito maromba que acha que carboidrato é inimigo do shape insano. Mas eles estão muito enganados. Veja como usar os carboidratos a seu favor!

Não são poucos os marombas que acham que os carboidratos são inimigos de um shape insano. Mas eles estão errados.

É claro que exagerar no consumo deste macronutriente pode fazer você engordar. Por outro lado, se usar os carboidratos de uma maneira inteligente, ele vai te ajudar a ganhar músculos ao invés de gordura.

Porque SIM, carboidratos são essenciais para o aumento da massa muscular. Este macronutriente vai fornecer energia, ajudar na recuperação muscular, permitir que você treine mais pesado e tenha o corpo que você quer.

Quer mais? A proteína nunca vai conseguir cumprir seu papel se você não ingerir carboidratos.

Então, se liga nessas dicas aí embaixo para usar os carbs a seu favor!

5 dicas para fazer os carboidratos ajudarem no ganho de músculos

1- Carbs de alto índice glicêmico são importantes

carboidratos 1

É verdade que os carboidratos de alto índice glicêmico (IG) têm absorção rápida e causam picos de insulina, mas em alguns casos eles são importantes.

Batata, banana, pães brancos e afins podem ajudar no pós-treino, quando as reservas de glicogênio estão baixas.

A insulina transporta nutrientes do sangue para o fígado e os músculos. Assim, aumentar seus níveis pode ser interessante depois de uma sessão intensa.

Agora… claro que esse consumo deve ser moderado. Não é pra se empanturrar desse tipo de alimento!

2- Carbs de baixo IG são ótimos no pré-treino

carboidratos 2

Os carboidratos de baixo índice glicêmico têm absorção bem mais lenta, e por isso a duração do seu “efeito” é prolongada, garantindo uma fonte de energia para o corpo por mais tempo.

Diferente dos carbs de alto IG, alimentos como batata-doce, pães e massas integrais, entre outros, provocam liberação gradativa da glicose no sangue, e por isso são ótimos para consumir cerca de uma hora antes do treino.

Esses alimentos também aumentam a taxa de glicogênio nos músculos, que é essencial para o crescimento muscular e na prevenção da fadiga muscular.

3- Saiba calcular quanto consumir

carboidratos 3

Se o seu objetivo é o ganho de massa muscular, você deve consumir cerca de 5 gramas de carboidrato por quilo de peso ao longo do dia.

Isso só vale, claro, se você estiver treinando. Comer carboidratos e não se exercitar pode causar efeito contrário ao desejado.

4- Carbs para queimar gordura

carboidratos 4

Então você já passou da fase do ganho de peso, já está com a massa muscular desenvolvida e agora só precisa queimar gordura para fazer os músculos aparecerem? Corte os carboidratos de alto IG.

Isso mesmo: na hora de secar (cutting), você não deve cortar todos os carboidratos. Se fizer isso, vai obrigar seu organismo a tirar energia dos músculos, fazendo você perder parte do que conquistou.

Coma carboidratos de baixo índice glicêmico, que são uma ótima fonte de energia e não causam picos de insulina no sangue. E, claro, em uma quantidade menor, já que o seu objetivo não é mais ganhar massa muscular.

5- Controle a ingestão

carboidratos 5

O abuso de carboidratos pode colocar sua dieta – e seu esforço na academia – em risco. Mas, como falamos, com inteligência e controle, oferece muitos benefícios para o aumento de massa muscular.

E o controle não é apenas sobre as quantidades que você deve ingerir, mas também com relação à quando fazer isso.

A dica vale para todos os macronutrientes – carboidratos, gorduras e proteínas: saiba exatamente quanto você deve consumir e faça isso nos momentos adequados.

No caso dos carboidratos, que podem ser ruins se usados da forma errada, isso é ainda mais importante!

Comentários